Translate

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Farol Santander apresenta exposição 
focada na diversidade cultural

A exposição “Etnos – Faces da Diversidade” aborda a diversidade cultural dos povos através de 153 máscaras usadas em diversos contextos, de objetos utilizados em ritos indígenas até os que representam a cultura pop da atualidade, o folclore e os costumes culturais de 42 países.
As peças levam o público a um verdadeiro passeio pelo mundo e a uma viagem no tempo conforme observa as referências. O expectador pode ir à ópera chinesa de Sichuan, passando pelo teatro Nô japonês, festas de Halloween dos Estados Unidos e eventos de cosplay.
Nas peças mais contemporâneas é possível observar referências no cinema e na música, como Darth Vader, Batman, Salvador Dalí, Hannibal Lecter, Jason, Daft Punk, entre outros, proporcionando uma experiência diferenciada e interessante para todas as idades.


Servico:
Exposição ETNOS – Faces da Diversidade
Quando: até 05 de janeiro de 2020
Horário: de terça a domingo, das 9h às 20h
Local: Farol Santander - Rua João Brícola, 24 (Estação São Bento), São Paulo
Ingressos: R$ 25 (visitação completa ao Farol Santander), na bilheteria ou no site:


Fonte: Site do Farol Santander 

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

terça-feira, 26 de novembro de 2019

Série SP Retrô: tour guiado 
pelo prédio da Prefeitura

O prédio em estilo neoclássico projetado por Severo e Vilares no final de 1930 foi sede das indústrias da família Matarazzo até 1972, quando foi vendido ao Grupo Audi. Depois, o edifício passou a pertencer à Prefeitura de São Paulo em um acordo da renegociação da dívida da Companhia Municipal de Transportes Coletivos, até que, em 2004, passou a abrigar a sede da administração municipal.
No passeio guiado, é possível observar um jardim com mais de 400 plantas, o pé direito alto, as paredes revestidas em mármore e diversas esculturas.


Serviço:
Série tour guiado por São Paulo
Local: Edifício Matarazzo – Prefeitura de São Paulo
Endereço: Viaduto do Chá, 15, Centro
Horário: de segunda a sábado: 10h30, 14h30, 16h30
Entrada gratuita

Fonte: Catraca Livre

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Poemas aos homens do nosso tempo, de Hilda Hilst
Olá, bom dia e excelente início de semana a todos nós.
A Coluna Cantinho da Poesia traz hoje poema de Hilda Hilst, espero que gostem, abraços.
Enquanto faço o verso, tu decerto vives.
Trabalhas tua riqueza, e eu trabalho o sangue.
Dirás que sangue é o não teres teu ouro
E o poeta te diz: compra o teu tempo.
Contempla o teu viver que corre, escuta
O teu ouro de dentro. É outro o amarelo que te falo.
Enquanto faço o verso, tu que não me lês
Sorris, se do meu verso ardente alguém te fala.
O ser poeta te sabe a ornamento, desconversas:
“Meu precioso tempo não pode ser perdido com os poetas”.
Irmão do meu momento: quando eu morrer
Uma coisa infinita também morre. É difícil dizê-lo:
MORRE O AMOR DE UM POETA.
E isso é tanto, que o teu ouro não compra,
E tão raro, que o mínimo pedaço, de tão vasto
Não cabe no meu canto.
Hilda Hilst

A polêmica autora paulista Hilda de Almeida Prado Hilst, mais conhecida como Hilda Hilst (21.04.1930-04.02.2004) foi poeta, ficcionista, cronista e dramaturga, sendo famosa por seus versos eróticos e apaixonados.
Publicado em 1974 no livro Jubilo Memória Noviciado da Paixão, num período de plena ditadura militar, "Poemas aos homens do nosso tempo" se debruça sobre o próprio ofício da escrita e sobre a condição do poeta.
Fonte: cultura genial e imagens Google

sábado, 23 de novembro de 2019


Série SP Retrô: visita à Catedral da Sé

A Catedral da Sé começou a ser construída em 1912, em uma iniciativa do Arcebispo Dom Duarte Leopoldo e Silva. A inauguração aconteceu em 1954, com 111 metros de comprimento, 46 metros de largura e 65 metros de altura (exceto as torres).
Além de conhecer a catedral, é possível visitar a cripta, que fica sob o altar-mor, escondida sete metros abaixo do nível da rua, exatamente onde passa a linha imaginária do Trópico de Capricórnio e perto do marco zero da cidade. Lá estão os restos mortais de todos os bispos de São Paulo ao longo de dois séculos de hierarquia, além dos túmulos do cacique Tibiriçá e do regente Feijó. Vale a visita!!


Serviço:
Série SP Retrô
Local: Catedral da Sé
Endereço: Praça da Sé, s/nº, Centro de São Paulo
Horários: segunda, 9h às 11h30 e 13h às 16h30; terça a quinta, das 9h30 às 16h30; sexta, das 10h às 20h30; sábado, das 9h às 15h30 e domingo, das 12h30 às 15h30

Fonte: catraca livre 

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Exposição imersiva leva você 
pra debaixo d’água!

A água é a protagonista da mostra “O Ser Humano e a Água”, uma experiência imersiva e lúdica para conscientizar sobre a importância da preservação dos recursos hídricos.
Saindo do comum, transcende a discussão superficial sobre economia hídrica, levando o debate aos bens de consumo e à quantidade de água utilizada em sua produção, assim como aos outros impactos por ela causados.
O conteúdo permitirá a você mergulhar em sete salas sensoriais e instagramáveis: Estados da água; Quanta água; Somos água; Matemática da água; Natureza; Da natureza para sua casa; e Oceanos.


 Serviço:
Exposição “O Ser Humano e a Água”
Quando: até 22 de dezembro 2019
Horários: de terça a domingo, das 10h30 às 18h30
Local: Unibes Cultural - Rua Oscar Freire, 2.500, Sumaré, São Paulo
Mais informações: (11) 3065-4333
Ingressos: R$ 20

quarta-feira, 20 de novembro de 2019


Hoje é Dia da Consciência Negra

Olá amigos, excelente feriado a todos nós!
No município de Santos hoje é feriado, Dia da Consciência Negra, mas não é comemorado em todas as cidades, já que é feriado municipal.
Deixo aqui um poema de minha autoria (Esperança) para comemorar a data e também alguns pensamentos de famosos sobre o dia.
Aproveitem, abraços.


Esperança!



Os olhos refletem a alma!
E com razão.
Mantermos os olhos sempre abertos é o que se espera
para absorvermos o mundo!
O dia hoje é para mantermos um olho fechado,
e bem cerrado para não deixar propagar ainda mais ignorância e racismo.
Olho selado para não deixar o passado voltar jamais
Para não lembrarmos o horror da escravidão, que, infelizmente, ainda não terminou!
Mas sou otimista.
Acredito em dias melhores para a Humanidade.
Creio que com apenas um olho, aberto, enxergaremos bem além do horizonte focando um mundo cheio de amor e esperança, um Mundo de Respeito!
Uns chamam esse sentimento de Utopia,
outros, de fantástico,
mas eu chamo de Esperança!

Espécie
Augusto Cury

Acima de sermos negros, brancos, árabes, judeus, americanos, somos uma única espécie. Quem almeja ver dias felizes, precisa aprender a amar a sua espécie (...)
Se você amar profundamente a espécie humana, estará contribuindo para provocar a maior revolução social da história.

O voo

Giovani Boccaccio

 

Num voo de pombas brancas, um corvo negro junta-lhe um acréscimo de beleza que a candura de um cisne não traria.


Dia Nacional da Consciência Negra


Esta data foi estabelecida pelo projeto lei número 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003. Foi escolhida a data de 20 de novembro, pois foi neste dia, no ano de 1695, que morreu Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares.
A homenagem a Zumbi foi mais do que justa, pois este personagem histórico representou a luta do negro contra a escravidão, no período do Brasil Colonial. Ele morreu em combate, defendendo seu povo e sua comunidade. Os quilombos representavam uma resistência ao sistema escravista e também uma forma coletiva de manutenção da cultura africana aqui no Brasil. Zumbi lutou até a morte por esta cultura e pela liberdade do seu povo.  

terça-feira, 19 de novembro de 2019

Série SP Retrô: tour guiado ao Theatro Municipal

O Theatro Municipal de São Paulo foi fundado em 1911 e reflete as aspirações cosmopolitas da época. O edifício é inspirado na Ópera de Paris, com traços renascentistas e barrocos na fachada e, no interior, com muitos adornos e obras de arte: bustos, bronzes, medalhões, afrescos, cristais, colunas neoclássicas, vitrais, mosaicos e mármores.
Além de assistir aos espetáculos no teatro, é possível fazer um passeio guiado pela construção, descobrindo detalhes históricos e curiosidades arquitetônicas do edifício e da Praça das Artes, instituição vizinha administrada pela mesma organização social.


 Serviço:
Tour guiado ao Theatro Municipal
Local: Praça Ramos de Azevedo, s/nº, República, São Paulo
Horários: de quarta a sexta: às 11h, 13h, 15h e 16h30; sábados: às 14h e 15h
Gratuita (é preciso ir ao guichê ao lado da bilheteria uma hora antes do horário da visita)

Fonte: Catraca Livre

segunda-feira, 18 de novembro de 2019


Futuros Amantes de Chico Buarque

Olá, excelente início de semana a todos nós.
O Cantinho da Poesia de hoje traz o músico, dramaturgo, escritor e ator Francisco Buarque de Hollanda, mais conhecido como Chico Buarque, um dos maiores nomes da música popular brasileira. Sua discografia conta com aproximadamente oitenta discos, entre eles discos-solo, em parceria com outros músicos e                                        compactos. 

Futuros amantes

Não se afobe, não
Que nada é pra já
O amor não tem pressa
Ele pode esperar em silêncio
Num fundo de armário
Na posta-restante
Milênios, milênios
No ar

E quem sabe, então
O Rio será
Alguma cidade submersa
Os escafandristas virão
Explorar sua casa
Seu quarto, suas coisas
Sua alma, desvãos

Sábios em vão
Tentarão decifrar
O eco de antigas palavras
Fragmentos de cartas, poemas
Mentiras, retratos
Vestígios de estranha civilização

Não se afobe, não
Que nada é pra já
Amores serão sempre amáveis
Futuros amantes, quiçá
Se amarão sem saber
Com o amor que eu um dia
Deixei pra você


sábado, 16 de novembro de 2019


Festival Geek 2019

Olá, bom dia e excelente sábado.
A cidade de Santos recebe o Festival até dia 17 de novembro.
Infelizmente não poderei conferir, por conta da gatinha que está se recompondo da cirurgia, mas deixo aqui a dica para quem tem condições de participar.



A vasta programação do Festival Geek pode ser conferida no site da Prefeitura de Santos. Atenção às atividades que acontecem até domingo com horários e inscrições.
O evento conta com exposição Batmóvel, Clube do Lego, Just Dance, Workshop, Exposição: A História do Videogame e Concurso de Cosplay, entre tantas outras atrações.

Acesse o site:



quinta-feira, 14 de novembro de 2019


Coluna Dicas da Língua Portuguesa
Relembrando o uso da crase

Bom dia e excelente quinta-feira a todos nós.
Tempo chuvoso aqui na Baixada Santista e segundo previsões climáticas, deve continuar.
A coluna desta semana traz algumas dicas para relembrar o uso da crase. Espero que sejam úteis, abraços.



Relembrando o uso da crase

- Antes de palavra masculina, não ocorre crase, exceto quando a expressão “à moda de” estiver implícita. Exemplos:
O pagamento das dívidas foi feito a prazo.
Eles viajaram a bordo de uma aeronave moderna.
Marcos foi a pé para o escritório.
Ele fez um gol à Pele. (Ele fez um gol à moda de Pelé).
Ele comprou sapatos à Luís XV. (Ele comprou sapatos à moda de Luís XV).

- Regra básica: ocorre crase antes de palavra feminina. Exemplos:
As amigas foram à confraternização de final de ano da empresa.
Substitua a palavra “confraternização” pela palavra “encontro”:
As amigas foram ao encontro de final de ano da empresa.

- A crase é utilizada em expressões que indiquem hora. Exemplos:
Às três horas começaremos a estudar.
Ele esteve aqui às 8h, mas foi embora porque não te encontrou.

Quando as horas estiverem antecedidas das preposições para, desde e até, naturalmente o artigo não receberá o acento indicador de crase.
Ele decidiu ir embora, pois estava esperando desde as 10h.
Marcaram o encontro no restaurante para as 20h.
Fique tranquilo, eu estarei no trabalho até as 9h.

- Crase opcional antes de substantivos femininos próprios. Exemplos: 
Carlos fez um pedido à Mariana / Carlos fez um pedido a Mariana.

- Depois da palavra até: Se depois da preposição até houver uma palavra feminina que admita artigo, a crase será opcional. Exemplos:
Os amigos foram até à praça General Osório / Os amigos foram até a praça General Osório.

Fonte de pesquisa: português.com

quarta-feira, 13 de novembro de 2019


As melhores crônicas de Rubem Alves
Dica de leitura


Olá pessoal, bom dia.
Mesmo com meu tempo muito corrido por conta da gatinha que adotei recentemente, comecei a ler o livro “As melhores crônicas de Rubem Alves”, e estou adorando.
Não tenho muito a comentar, apenas a indicação do livro, pois trata-se de um dos autores mais respeitados do Brasil, que publicou diversos textos em jornais e revistas, agradando leitores e crítica literária.

A obra, de 2008, primeira divulgação, reúne as melhores crônicas do autor, mas não segundo critérios literários. A edição apresenta um conjunto afetivo, selecionado pelo autor e pela editora considerando as manifestações dos leitores ao longo dos anos.
Um dos intelectuais mais respeitados do Brasil, Alves publicou diversos textos em jornais e revistas do país e atuou como cronista, pedagogo, poeta, filósofo, contador de histórias, ensaísta, teólogo, acadêmico, autor de livros infantis e psicanalista.


Espero que gostem da dica, abraços,
Míriam 

terça-feira, 12 de novembro de 2019


Mostra Stephen King, no CCBB São Paulo
Sessões por até R$ 5

Olá, excelente terça-feira a todos nós.
Dias difíceis de adaptação de uma linda gatinha que adotei no fim de semana e que tem me tomado muito tempo.
Aos fãs do espetacular autor Stephen King, segue mostra de cinema.
Abraços,



"Stephen King: O Medo é Seu Melhor Companheiro" já chegou ao Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) São Paulo permanecendo até 25 de novembro. O público pode conferir 41 produções, entre filmes, telefilmes e minisséries, baseadas nas obras do autor, além de cinco filmes que foram referência para seu trabalho.
Com ingressos a R$ 5 e algumas sessões gratuitas, a programação conta, ainda, com debates e masterclass com profissionais convidados, além de sessões com acessibilidade (libra e audiodescrição).

Serviço:
"Stephen King: O Medo é Seu Melhor Companheiro"
Quando: até 25 de novembro
Local: CCBB São Paulo – Rua Álvares Penteado, 112, Centro (próximo à estação São Bento do metrô)
Confira a programação:

Fonte: site CCBB

domingo, 10 de novembro de 2019

Cinema & Debate: Martyrs – com entrada franca

Organizado por Cinemateca de Santos

Neste domingo (10/11), às 19 horas será exibido o filme de terror Martyrs de 2008, escrito e dirigido por Pascal Laugier. Estreou no Festival de Cannes em 2008 e foi associado ao movimento New French Extremity.
Após a exibição haverá um bate-papo com Maximiliano Ujevic da UFABC. No término do evento os frequentadores poderão receber um certificado de participação.


Sinopse e Informações:
Martyrs

Lucie, uma menina de dez anos que desapareceu meses atrás, é encontrada em uma estrada, desorientada, sem lembrar de nada que aconteceu. Seu corpo está todo maltratado e as razões de seu desaparecimento são um mistério. Internada em um hospital pelos traumas causados, ela faz amizade com outra menina chamada Anna. Quinze anos depois dessa terrível experiência, Lucie embarca em uma sangrenta vingança contra os seus opressores, ou quem ela acredita que são.
(Dir:Pascal Laugier/99min/Cor/Leg/2008/Terror/18 anos)

Serviço:

Cinema & Debate: Martyrs

Quando: dia 10/11 (domingo) das 19h às 22h30
Local: Cinemateca de Santos
Endereço: Rua: Ministro Xavier de Toledo, 42
Telefone: (13) 3251-1613

Entrada franca

quinta-feira, 7 de novembro de 2019


Coluna Dicas da Língua Portuguesa

Olá, excelente quinta-feira a todos nós.
A coluna desta semana aborda sobre o plural das palavras ciúme e saudade, espero que seja útil na grafia.
Abraços.

"Faz tempo que não vejo minha irmã. Sinto SAUDADE ou SAUDADES dela?"
"Minha mulher é muito brava. Ela sente CIÚME ou CIÚMES de mim?"

A maioria das pessoas nestes exemplos se utiliza do plural: "sinto saudades de você" ou "sinto ciúmes de você".
No entanto, as duas formas estão corretas. Não há qualquer erro em usar ciúme e saudade, assim como também não há erro em usar ciúmes e saudades.

Fonte: site português de brasileiro