quinta-feira, 31 de outubro de 2019


Coluna Dicas da Língua Portuguesa
Enem 2019: "checklist" para a revisão da língua

Olá, bom dia!
Prova do Enem se aproximando e como alguns leitores da página que irão participar me solicitaram dicas sobre esse tema, segue material, que também pode ser utilizado para qualquer pessoa, já que o assunto é sobre a nossa rica Língua Portuguesa.
Pesquisei algo rápido e sucinto e mais abaixo disponibilizo o link do site, que, inclusive, tem ainda para complementar uma videoaula sobre acentuação.
Espero que seja útil a todos, abraços.


O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que será entre os dias 3 a 10 de novembro, é importante revisar os principais tópicos de cada disciplina. 
Para ajudar quem está na reta final da preparação para o Enem, o professor Antunes Rafael dos Santos, que também é diretor do colégio Oficina do Estudante, selecionou o que é imprescindível repassar. Confira a seguir. 

Na Redação: 
. Concordância nominal e verbal;  
. Regras de acentuação e uso da crase;  
. Ortografia.

Na prova de Linguagem: 
. Interpretação de textos gêneros variados, principalmente tiras, anúncios publicitários e gráficos.  

Este foi, segundo ele, um dos tópicos que mais caíram no Enem 2018. Também se destacaram:  
. Literatura regional e aspectos característicos da cultura popular; 
. Funções da linguagem. 

Mas é bom ficar atento também aos conteúdos que não caem há algum tempo. Entre eles estão:  
. Funções sintáticas das palavras;  
. Regras ortográficas. 

Acompanhe mais informações:

quarta-feira, 30 de outubro de 2019


Últimas semanas da exposição “Histórias das Mulheres” no Masp

A exposição Histórias das Mulheres, presente no Masp, apresenta quase cem trabalhos datados do século 1 ao 19, com obras feitas por mulheres que viveram no norte da África, nas Américas, Ásia, Europa e Índia.
A mostra conta essas histórias a partir de pinturas e têxteis, demonstrando que apesar de afastadas da academia onde a arte de fato era reconhecida, as mulheres sempre produziram arte.


Serviço:
Histórias das Mulheres
Local: Masp - Avenida Paulista, 1.578, São Paulo
Quando: até 17 de novembro
Horários: terça, das 10h às 20h (entrada gratuita). de quarta a domingo, das 10h às 18h  

Fonte: Masp


segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Charles Baudelaire no Cantinho da Poesia


Bom dia, excelente início de semana a todos nós.
A coluna Cantinho da Poesia traz para esta segunda a poesia e biografia de um dos maiores poetas franceses do século XIX.
Abraços.

Vampiro
Tu que, como uma punhalada
Invadiste meu coração triste,
Tu que, forte como manada
De demônios, louca surgiste,

Para no espírito humilhado
Encontrar o leito ao ascendente,
Infame a que eu estou atado
Tal como o forçado à corrente,

Como a seu jogo o jogador,
Como à garrafa o beberrão,
Como aos vermes a podridão
Maldita sejas, como for!

Implorei ao punhal veloz
Dar-me a liberdade, um dia,
Disse após o veneno atroz
Que me amparasse a covardia.

Mas não! O veneno e o punhal
Disseram-me de ar zombeteiro
Ninguém te livrará afinal
De teu maldito cativeiro

Ah! imbecil-de teu retiro
Se te livrássemos um dia,
Teu beijo ressuscitaria
O cadáver de teu vampiro!"


Biografia no site:

sábado, 26 de outubro de 2019


Vem aí exposição interativa sobre Leonardo da Vinci

Bom dia a todos, que o sabadão seja ótimo para nós. Tempo nublado aqui na Baixada Santista.
Quem gosta das belíssimas obras de Leonardo da Vinci, como eu, vá se preparando, pois no dia 2 de novembro começa exposição no MIS, em São Paulo.
Fica a dica cultural, abraços.

A Sabesp é patrocinadora do evento inaugural do MIS (Museu da Imagem e do Som) Experience, a exposição “Leonardo da Vinci – 500 Anos de um Gênio”. Trata-se da investigação mais completa e detalhada sobre o trabalho de Leonardo da Vinci já feita.
A mostra apresenta 18 áreas temáticas que contam a trajetória do grande gênio renascentista e trazem réplicas de máquinas desenhadas pelo artista italiano num espaço de 1,5 mil metros quadrados de áreas de exposição, dos quais 700 metros quadrados serão espaços interativos.
Traz também a área “Segredos de Mona Lisa”, uma análise profunda da pintura mais famosa do mundo, realizada no Museu do Louvre por Pascal Cotte, renomado engenheiro, pesquisador e fotógrafo de obras de arte.

Imagens públicas

Serviço:
“Leonardo da Vinci – 500 Anos de um Gênio”
Quando: de 02.11.2019 a 01.03.2020
Horários: terças a domingos, inclusive feriados, das 10h às 20h (permanência até 22h)
Local: MIS Experience - Rua Vladimir Herzog, 75, Água Branca, São Paulo
Ingressos: R$ 30 a R$ 40 (gratuito as terças, limitado à lotação do espaço)

IMPORTANTE: A exposição acontece em um novo espaço gerido pelo Museu da Imagem e do Som, o MIS Experience, localizado na Rua Vladimir Herzog, 75

Mais informações no site:

sexta-feira, 25 de outubro de 2019


Santos recebe o Sesc Jazz 2019
O evento conta com atrações de 12 países

O Sesc Jazz 2019, que percorre nove unidades no Estado, pode ser conferido até o dia 26 de outubro no Sesc Santos.
O evento reúne 26 atrações de artistas do Brasil, Cuba, Espanha, Estados Unidos, França, Hungria, Inglaterra, Israel, Nigéria, Noruega, Suíça e Tunísia que abrilhantam os palcos do Sesc.
A 2ª edição do festival conta com programação intensa de shows e palestras. Os ingressos custam a partir de R$ 15.


Nesta sexta-feira (25), o saxofonista John Zorn (EUA) apresenta a nova formação do projeto Masada, com repertório influenciado pelo free jazz e pelo gênero judaico klezmer. Encerrando a programação, no sábado (26), o baterista Edu Ribeiro, ganhador de dois prêmios Grammy com o Trio Corrente, apresenta músicas de seu segundo álbum solo, 'Na Calada do Dia' e, em seguida, aos 87 anos, Maurício Einhorn, que já tocou sua gaita com Sarah Vaughan e Nina Simone, apresenta músicas inéditas.
Além dos shows, atividades educativas com caráter de formação e difusão da linguagem do jazz somam à programação do festival. São encontros, workshops e palestras, que possibilitam contato próximo do público com importantes nomes nacionais e internacionais.
O Sesc Santos fica na Rua Conselheiro Ribas, 136, no bairro Aparecida.

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

O uso dos porquês
Coluna dicas da Língua Portuguesa

Ótimo dia a todos nós, férias terminaram, vamos trabalhar!
A coluna Dicas da Língua Portuguesa desta semana esclarece uma das mais corriqueiras dúvidas que é o uso dos porquês.
Para esclarecer de vez, consultei o professor Pasquale Cipro Neto por meio do site da BBC News Brasil.
Abraços,
Míriam

"Por que" separado 

“O ‘por que’ separado sempre pode embutir a palavra ‘razão’ ou a palavra ‘motivo’”, explica o professor.
Isso vale para perguntas diretas - “Por que você não foi?" vira "Por que razão você não foi?" e "Por que você não pagou a conta?" vira "Por que motivo você não pagou a conta?".
E também para frases terminadas com ponto final - “Você sabe por que eu ajo assim” vira “Você sabe por qual razão eu ajo assim” ou “Você sabe por qual motivo eu ajo assim”.
“E existe ainda um outro ‘por que’ separado", acrescenta Pasquale. “Lembra aquela música? ‘Só eu sei as esquinas por que passei’, lembra?”.
Com esse exemplo, ele explica que o “por que” também é separado quando equivale a "pelo qual", "pela qual", "pelos quais", "pelas quais".
No caso da música, a letra também poderia ser: “Só eu sei as esquinas pelas quais passei”.

 

"Porque" junto 

O “porque” junto é uma conjunção que indica causa, motivo, justificativa ou explicação.
Um exemplo: "Eu não fui porque estava doente".
De acordo com o professor, "Porque estava doente" é a oração que indica a razão pela qual ele não foi.
Nesses casos, o “porque” é junto e sem acento.
Com isso, é possível existir “porque” junto mesmo em frases que terminam com interrogação, como esta: “Será que ela está chateada comigo porque eu não fui ao aniversário dela?”
Alguns professores recomendam tentar trocar o "porque" junto por "pois". Se der certo, está correto o uso do "porque" junto.

 

Imagem pública
"Por quê" separado com acento 

O “por quê” separado e com acento é um “por que” separado localizado antes de uma pausa na fala ou na escrita.
“É preciso que haja uma pausa, um ponto final, um ponto de interrogação..." explica Pasquale.
Exemplo: “Por quê?”
Só isso. É o mesmo que perguntar "Por qual razão?", "Por qual motivo?".
De acordo com o professor, esse "quê" vira tônico na entonação. Assim, quando há um “por que” separado encerrando uma frase, ele ganha o acento e passa a ser “por quê”.

 

"Porquê" junto com acento

Nesse caso, o “porque” vira sinônimo da palavra "motivo".
O professor exemplifica: “Qual é o porquê de tanta tristeza?".
É o mesmo que perguntar “Qual é o motivo de tanta tristeza?".

Reportagem: Paula Reverbel / Imagens e edição: Isadora Brant  
11 abril 2017

quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Grupo Vozes - Canto da Praia
Gratuito na Pinacoteca Benedicto Calixto

Bom dia, excelente quarta-feira a todos nós.
Ontem terminei e enviei meu conto para a Revista Conexão Literatura de Novembro, espero que o Editor-chefe aprove.
Separei este evento cultural para disponibilizar aqui na página, para que os interessados possam se programar.
Abraços,
Míriam

CANTOS da PRAIA, repertório dedicado a compositores e poetas da Baixada Santista, será apresentado pelo grupo VOZES do Sindicato dos Bancários de Santos na Pinacoteca Benedicto Calixto.
Compositores: Canduta, Elenira Ribeiro, Julinho Bittencourt, Rogério Baraquet, Luiz Cláudio, Danilo Ribeiro, entre outros.


 Serviço:
Grupo Vozes - Canto da Praia
Quando: próximo sábado, dia 26 de outubro, das 18h às 19h30
Local: Pinacoteca Benedicto Calixto - Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, Boqueirão, Santos/SP
Mais informações: (13) 3288 - 2260
Entrada Franca

terça-feira, 22 de outubro de 2019


“A criança mais velha do mundo”
Dica de leitura do Sesi para o mês de outubro

Olá, excelente terça-feira a todos nós.
Para o mês de outubro uma dica de leitura muito interessante para que lembremos sempre da criança que nos habita.
Espero que gostem.
Abraços,
Míriam

O tempo é um elemento relativo. Coisas legais passam rápido demais e as chatas demoram a acabar. De forma poética e delicada, Marcelo Romagnoli narra em A criança mais velha do mundo a história de uma garota e o dia de seu aniversário, quando ela vê tudo acontecer novamente em sua vida. Por mais que isso se repita, nada é igual. Mas como uma menina chegaria a essas conclusões?
Livro por Camila Carrossine e Marcelo Romagnoli.
criança mais velha do mundo é baseada na peça teatral também de autoria de Marcelo Romagnoli, montada com sucesso absoluto em 2010 pela Banda Mirim, em São Paulo. Marcelo Romagnoli nasceu em São José do Rio Pardo, em 1971.
Editora Panda Books, ano 2013.

segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Tempo
“Primeiros Versos”, de Bernadete Bernardo

Bom dia e excelente início de semana. 
Nesta segunda, a coluna Cantinho da Poesia traz mais um poema do livro "Primeiro Versos", de Bernadete Bernardo, amiga querida e que já foi colunista da página com dias da Língua Portuguesa e Literatura.
Espero que gostem.
Abraços,
Míriam

Tempo

Nem tinha tempo para sofrer.
O dia transcorria,
distraidamente.
Sem tempo. Era a salvação!
Bendita salvação!
À noite descia, rota agonia,
sem amarra que lhe segurasse à terra,
sem laço que lhe segurasse o sonho.


Bernadete Bernardo

Aposentada da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo Bernadete trabalhou por mais de trinta anos em escolas de São Vicente e Praia Grande, tendo se aposentado em 2016, na Escola Estadual Professor Pedro Paulo Gonçalves Lopes, situada no Jardim Anhanguera, em Praia Grande.
Nasceu no interior do Espírito Santo e aos oito anos, no final da década de sessenta, veio com a família para São Paulo, permanecendo até os dias atuais. Residiu em São Vicente, e desde 2004, em Praia Grande.
Formada em Letras pela Universidade Metodista de São Paulo, participou do primeiro curso livre de Escrita Literária, de Santos, pelo Núcleo de Incentivo à Palavra (NIP), em 2017 e 2018.
Maria Bernadete também fez parte da “2ª Antologia de Poesias”, da Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande, como revisora da obra, juntamente com outros membros da instituição.
Atualmente ela aproveita os momentos mais tranquilos da aposentadoria para se dedicar totalmente à literatura e a eventos culturais da região, como por exemplo, a “Roda Literária”, evento promovido pela Casa do Poeta.

Contato com a autora: (13) 3471-4607 / 99161-3292 

Livro sobre texto e gramática Dicas da Língua Portuguesa Olá, tenha um dia iluminado! Para esta semana, destaco a indicação d...