Translate

terça-feira, 25 de dezembro de 2018


Conto: Natal especial


Eu o vejo, porém não agora;
Eu o contemplo, porém não de perto.
De Jacob nascerá uma estrela,
E de Israel se levantará um cetro,
Que esmagará as frontes de Moabe
E o crânio de todos os descendentes de Sete.
Profecia da Estrela - livro de Números

            Uma imensa luz cruzou o céu do oriente, Babilônia e Pérsia, os centros da astrologia na época, antes de Cristo, direcionando o mundo para a luz eterna. A Estrela de Belém ou Estrela de Natal revelou e indicou o nascimento do Messias, selando um caminho, um rumo para a Humanidade à verdade eterna da bondade e amor ao próximo.
            E a Terra recebeu essa luz que multiplica o amor há dois mil e dezoito anos no coração de quem crê em sua essência.
            ...
            Era dia 24 de dezembro de 2018, quando o telescópio espacial Hubble, assim como os demais que existem no mundo captaram um facho de luz se aproximando no Universo, vindo em direção à órbita da Terra.
A Cidade Astronômica de Pingtang, na província de Guizhou, sudoeste da China, local onde funciona o gigantesco telescópio FAST, assim como no Observatório Europeu, onde também existe o Espresso, os dois maiores telescópios da atualidade, detectaram essa luminosidade se aproximando, que, a princípio, se pensara num cometa qualquer ou mesmo no Halley, mas seria impossível já que sua “próxima visita” ainda está longe, calculada a 28 de julho de 2061, e essa possibilidade foi descartada.
A incógnita mexeu com cientistas, astrofísicos, astrônomos e tantos outros profissionais que estudam o Espaço, sem nenhuma resposta plausível. Especulações e notícias “fakes”, que estão em moda encheram os noticiários e todo tipo de mídia.
O facho de luz, no entanto, diminuiu sua velocidade, mas continuou avançando em nossa direção. Algo assim inexplicável!
- Pai, se nem os Estados Unidos têm uma solução, acho que devemos nos preocupar, disse meu filho de 10 anos.


Sentimentos e preocupações mexeram com a cabeça do ser humano, o fez sentir-se pequeno demais em relação ao Universo e o pior de tudo, a sensação da falta de proteção. Sim, estamos expostos a qualquer coisa, um meteoro que possa colidir, cair e devastar uma área ou cidade, um satélite ou o que mais entrar no campo gravitacional do planeta e nada poderá nos defender ou nos abrigar.
Nenhuma outra notícia fora tão fatal quanto essa de sabe-se lá o que. Os telescópios entraram em colapso quando a luz agora com total intensidade percorreu em sua velocidade máxima existencial e entrou na atmosfera terrestre no dia 25.
Como se fosse uma bola de fogo, ou facho quilométrico de luz ou ainda uma estrela reluzente, a intensidade de luz marcou o céu da Terra de ponta a ponta, indo à localização de Belém. Permanecendo por poucos segundos o facho de luz movimentou-se rapidamente para fora da Terra seguindo sua rota no Universo.
Muitas pessoas boquiabertas conseguiram enxergar o fenômeno, e muitos ainda continuaram na profunda “escuridão”. A luz, infelizmente, não é para todos!
Depois do sufocante acontecimento o mundo suspirou aliviado: estamos vivos! E os telescópios voltaram a funcionar normalmente registrando apenas a luz bem de longe seguindo rota celeste.
E aproveitando o início do dia de Natal senti, pela primeira vez, o mundo diferente, mais leve e aliviado. Na televisão, violência e notícias ruins contendo pessoas inescrupulosas deram vez ao amor sem barreiras e a humildade do espírito de solidariedade.
Utopia tudo isso? Sim, é claro, mas deixa essa força do bem entrar na Humanidade que seja apenas uma vez! Vamos sonhar um mundo colorido, sem preconceito quanto à cor da pele ou classe social, sem demagogia, inveja e maldade. Que venha a multiplicação do pão, que possamos beber numa única taça!


Desejo um Natal maravilhoso a todos os amigos e leitores e um feliz início de ano a todos nós!

...

Como se quisesse firmar que sua missão na Terra teria se cumprido com a Profecia da Estrela e que outros lugares celestes ainda carecem de luz, o facho incandescente continuou sua rota conforme detalhamento do Hubble, seguindo à Galáxia Olho Negro, ou como seus apelidos do “Olho Negro”, “Olho Mau” ou “Mancha Escura”.   

Feliz Natal a todos vocês queridos leitores do Histórias Fantásticas, abraços,
Míriam 

Nenhum comentário: