Translate

segunda-feira, 5 de março de 2012

Olá amigos, espero que tenham passado bem o final de semana.
O miniconto de hoje é “Flashes da Morte”, porque a morte chegará para todos... Aproveitem e espero que gostem.
Foi aberta ontem em São Paulo exposição sobre os 50 anos da morte da atriz americana Marilyn Monroe, fica aqui como sugestão de lazer e entretenimento.
Já para quem gosta de cinema, dá uma olhada nos traillers de filmes que estão nos cinemas em 3D e 2D, aqui no final da página.
Tenham um ótimo dia.
Beijão e até amanhã.
Miriam

Miniconto
Flashes da morte

Corro aqui e ali e o mesmo homem todo dia por ruas escuras e mal cheirosas do Centro da Cidade.
Ruas e avenidas quartos e motéis homens e mulheres vibrações negativas revoltas morte e cadáver.
Eu me deparo com ele em uma rua sem saída com grandes latões de lixo e o silêncio absoluto. O homem bem vestido e com um chapéu negro se aproxima de mim e pára na direção da rua, fechando minha saída. Não tenho para onde fugir. Ele calmamente se aproxima. Agora posso ver seu rosto; um sorriso sarcástico toma conta de todo aquele ser, que parece maior agora. Os passos lentos ecoam e as batidas de meu coração aumentam a cada passada. Ele parou. Lentamente tirou uma faca de dentro do terno. O brilho da lâmina ilumina todo o beco. Ele vem se aproximando de mim... não tenho como escapar...
-Enfermeira chefe, emergência no quarto 514.
-Sua filha fica agitada assim nesse horário todas as noites. Parece pesadelo, mas ainda não temos um diagnóstico concreto, senhora Klaus. Não sabemos se ela acordará desse coma.
Na noite seguinte, o monitor cardíaco apita novamente.
São 23 horas e 24 minutos...

----------------------------------------------
Exposição em São Paulo homenageia Marilyn Monroe


A celebração dos 50 anos da morte da atriz Marilyn Monroe vem recebendo atenções e comemorações, desde o lançamento do filme “Sete Dias com Marilyn”.

A Exposição

Quero ser Marilyn Monroe está na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, de 4 de março a 1º de abril, com entrada gratuita.
É a maior e mais completa exposição (125 obras) que retrata o brilho ofuscante da atriz e sex symbol do cinema americano através da arte de Andy Warhol, Peter Blake, Henri Cartier-Bresson, Cecil Beaton, Ernst Haas e outros grandes artistas.


Serviço:
Quero Ser Marilyn Monroe
De 04.03 a 01.04 na Cinemateca Brasileira
De segunda a domingo, das 10h às 21h
Largo Sen. Raul Cardoso, 207, Vila Mariana, São Paulo
Programação completa no site da exposição



Nenhum comentário: