quinta-feira, 28 de junho de 2018


Coluna Dicas da Língua Portuguesa
Uso da crase

Bom dia amigos, hoje é quinta-feira e dia da coluna Dicas da Língua Portuguesa.
Que tal recordarmos algumas dicas simples do uso correto da crase? Então vamos aos exemplos:

-A crase deve ser empregada apenas diante de palavras femininas: 
Caso você fique em dúvida sobre quando utilizar o acento grave, substitua a palavra feminina por uma masculina: se o “a” virar “ao”, ele receberá o acento grave.
As amigas foram à confraternização de final de ano da empresa.
Substitua a palavra “confraternização” pela palavra “encontro”:
As amigas foram ao encontro de final de ano da empresa.


-Lembre-se de utilizar a crase em expressões que indiquem hora: 
Antes de locuções indicativas de horas, empregue o acento grave.
Às três horas começaremos a estudar.
A partida de futebol terá início às 17h.
Ele esteve aqui às 8h, mas foi embora porque não te encontrou.
Não se usa crase:
Ele decidiu ir embora, pois estava esperando desde as 10h.
Marcaram o encontro no restaurante para as 20h.
Fique tranquilo, eu estarei no trabalho até as 9h.

-Antes de locuções adverbiais femininas que expressam ideia de tempo, lugar e modo.
Às vezes chegamos mais cedo à escola.
Ele terminou a prova às pressas, pois já passava do horário.

-A crase, na maioria das vezes, não ocorre antes de palavra masculina: 
O pagamento das dívidas foi feito a prazo.
Os primos foram para a fazenda andar a cavalo.
Tempere com pimenta e sal a gosto.
Eles viajaram a bordo de uma aeronave moderna.
Marcos foi a pé para o escritório.
-Se usa crase, expressão “à moda de”  implícita:
Ele cantou a canção à Roberto Carlos. (Ele cantou a canção à moda de Roberto Carlos).
Ele fez um gol à Pele. (Ele fez um gol à moda de Pelé).
Ele comprou sapatos à Luís XV. (Ele comprou sapatos à moda de Luís XV).

Fonte: UOL Educação  

Nenhum comentário: