quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Logo no Mês de Janeiro

Olá queridos amigos, excelente quarta-feira a todos nós!
E com “Logo no Mês de Janeiro” me despeço do livro “As palavras voam”, de Cecília Meireles que li e me encantei com esta obra-prima.
Abraços, até amanhã,
Míriam

Logo no Mês de Janeiro



Logo no mês de janeiro,
apertei a tua mão.
Vou passar o ano inteiro
nessa mesma posição.

Se queres, te prendo.
Se queres, te solto...
E se queres me arrependo,
e se queres ainda volto...

(Não rias,
porque é verdade,
tu parecias
a felicidade.)

As palavras voam

As palavras voam, livro de poesia de Cecília Meireles.
Composta por 55 poemas, a obra foi organizada por Bartolomeu Campos de Queirós, poeta e escritor que, como ela, sabia ver beleza na simplicidade.
Editora Global.
“Visitar os mistérios da existência guiados pela intuição poética de Cecília Meireles é um privilégio maior. Com sensibilidade e inteligência, sua poesia alivia nossas dúvidas, nos acorda para os encantos dos dias, nos enche de auroras como se o tempo todo inteiro só fosse feito de manhãs. “ É com essa delicadeza que Bartolomeu Campos de Queirós reuniu em As Palavras Voam, o que há de mais singelo na obra de Cecília. Ele, que como ela, sabia ver beleza na simplicidade e dedicou sua arte aos pequenos e aos nem tão pequenos assim.
Lançado pela Global Editora, a seleção de Bartolomeu nos revela a poeta que fala das coisas mais profundas e bonitas da essência humana. Com olhar leve e sincero, Cecília nos ensina a encarar o mundo de frente, um lugar em que não existem apenas flores e passarinhos, mas também lágrimas, noite e escuridão, sem nunca perder a ternura. “Nenhum aspecto a que está sujeita a alma, desde as incertezas até as provisórias verdades, ficou esquecido em sua obra”, diz Bartolomeu na apresentação do livro.
As palavras de Cecília Meireles voam e alcançam a todos, independente da idade e da cidade. E, ao final deste livro, vemos tudo com outros olhos, mais maduros e mais sensíveis, capazes de aproveitar a maravilha das pequenas coisas da vida.

Cecília Meireles

Cecília Benevides de Carvalho Meireles (1901 - 1964) foi poetisa, pintora, jornalista e professora, considerada umas das maiores escritoras brasileiras. 

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Cine Exposição de Arnaldo Pappalardo

A Cine Exposição de Arnaldo Pappalardo acontece na Galeria Millan que propõe uma reflexão sobre a ideia de movimento. O premiado fotógrafo adentra as dimensões etimológicas da palavra “cine” — cujo significado em grego é mexer, deslocar, movimentar — para conceber um conjunto de trinta obras inéditas que retratam situações fisicamente instáveis a partir de temas que vão desde a arquitetura, passando pela pintura, desenho até o cinema.
Com o intuito de buscar um novo recorte ao tema tratado, o artista optou por não apresentar "imagens em movimento", como o próprio título da exposição sugere. Para isso, Pappalardo recorre a diversos suportes: grandes livros impressos em tecido, longas peças de resina epóxi com imagens encapsuladas, chapas de vidro fotográficas realizadas em "dusting on", fotogramas em "goma bicromatada" — esses últimos envolvendo processos fotográficos do século XIX — bem como impressões jato de tinta sobre papel algodão, resultando num conjunto caleidoscópico.



Serviço:
Cine Exposição de Arnaldo Pappalardo
Quando: Abertura3 de fevereiro de 2018, sábado das 12h às 16h

Visitação:
3 de fevereiro a 3 de março de 2018, de terça a sexta das 10h às 19h, e aos sábados das 11h às 18h

Local: Galeria Millan - Rua Fradique Coutinho, 1360,São Paulo



segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Arquivo X em HQ

Olá queridos amigos, iniciamos mais uma semana, que seja proveitosa para todos nós.
Ontem pesquisando sobre ufologia, acabei encontrando um blog super legal que trás histórias do Arquivo X em HQ, deve ser o máximo, né? E ainda a matéria está muito boa, gostei da forma como está escrita. Achei legal disponibilizar aqui na página, pois sempre tem fãs da extinta serie, que foi relançada ano passado com alguns episódios atuais. Bem, fica a proposta.



Nenhuma série de ficção científica marcou tanto os anos 90 quanto Arquivo X. A frase epígrafe da série, “A verdade esta lá fora”, tornou-se um verdadeiro mantra para muitos fãs. Acompanhar as aventuras de Fox Mulder e Dana Scully nas noites de sexta-feira, na Record, era um programa indispensável, em uma época em que TV a cabo era uma raridade para a maioria das famílias no Brasil.
Arquivo X, ao longo de nove temporadas — ainda que as últimas três tenham sido bem fracas — apresentou ao telespectador uma gama de temas relacionados a ficção científica, ufologia, parapsicologia, religião, fronteiras da ciência e mistérios em geral.
Na série, os agentes federais americanos Fox Mulder e Dana Scully devem resolver casos sem explicações, seja por envolverem eventos paranormais, ou simplesmente por falta de vontade de outros agentes, que veem nesses casos poucas perspectivas de recompensa profissional. Mulder não se preocupa em agradar seus superiores, pois é guiado por uma busca particular: encontrar a irmã, possivelmente abduzida por alienígenas quando ainda criança, evento que Mulder presenciou.

Acesse e leia mais:


domingo, 28 de janeiro de 2018

Cooperativa da Invenção 2018
Curso com inscrições abertas

Olá queridos amigos, que o domingão seja excelente a todos nós.
Vejam o curso de formação poética gratuito com inscrições abertas na Casa das Rosas, acompanhe:



Cooperativa da Invenção é um laboratório de experimentação, criação e realização poética. No laboratório, os participantes trabalharão de forma colaborativa em torno de projetos, orientados por estimuladores. Os projetos explorarão novas possibilidades de criação poética a partir das artes e técnicas verbais e vocais; portanto, as atividades estarão voltadas para as capacidades expressivas da palavra, do som e da imagem. Os participantes poderão explorar interações possíveis da criação poética com recursos tecnológicos, além de aprofundar conteúdos da linguagem poética, do design gráfico, da criação intersemiótica e descobrir as potencialidades da voz.
O curso, que tem 25 vagas destina-se ao público a partir de 18 anos.

Inscrições:
Até dia 25 de fevereiro.
O interessado deverá apresentar três trabalhos poéticos de sua criação dentro dos formatos descritos abaixo, descrição das razões de seu interesse em participar e currículo (dez linhas).
Os trabalhos poéticos podem ser poemas (em verso ou prosa) em PDF (a soma dos trabalhos não deve ultrapassar 10 páginas), poemas visuais em JPEG (mínimo de 1.200 pixels de lado), poemas em vídeo nos formatos avi ou mp4 – se preferir enviar por Youtube ou Vimeo, deverá informar o link – (duração máxima de 3 minutos cada trabalho) ou, ainda, poemas sonoros em formato mp3 ou postados na plataforma Soundcloud (duração máxima de 3 minutos cada trabalho).
A disponibilidade do conteúdo inscrito nas plataformas virtuais é de responsabilidade do candidato.

Para enviar os trabalhos:
Os arquivos devem ser enviados compactados em formato rar ou zip e identificados com o nome completo do inscrito. Aqueles que optarem por enviar os arquivos na forma de links (nas plataformas citadas acima), devem colar os links no bloco de notas e enviar compactados em um desses formatos.

Curso:
O projeto será desenvolvido entre os meses de março e novembro de 2018, em dois encontros semanais (às terças, das 19h às 21h, e aos sábados, das 15h às 18h).

Seleção de trabalhos:
A seleção dos alunos é realizada por uma comissão de profissionais de literatura sob a coordenação do Centro de Referência Haroldo de Campos da Casa das Rosas.
Os elementos que servirão de base para a seleção dos candidatos são os seguintes, por ordem de relevância:
1) Trabalhos poéticos de autoria do candidato (item com maior peso na avaliação);
2) Breve currículo do candidato;
3) Declaração de interesse.

A partir destes elementos, a comissão de seleção levará em consideração, em primeiro lugar, a compatibilidade do perfil do candidato em relação à proposta do laboratório que explora a criação verbal em suportes digitais.
No minicurrículo e na declaração de interesse, será observado o nível de envolvimento do candidato com a criação poética de invenção. Nos trabalhos enviados, serão consideradas a técnica e a inventividade.

Resultado da seleção: 5 de março
Início das atividades: 13 de março
Local do curso: Casa das Rosas – Av. Paulista, 37, Bela Vista, São Paulo
Mais informações: (11) 3285-6986/3288-9447

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

21º Café Literário - Jane Austen


Olá meus amigos, feriado hoje aqui em Santos, aniversário da Cidade, esta folga veio a calhar!
Para quem curte este tipo de evento, o 21º Café Literário que acontece na Biblioteca Mário de Andrade será sobre o livro “Orgulho e Preconceito”, de Jane Austen, legal, né? Alguém de vocês já leu este livro ou assistiu ao filme?
Interessados em participar, o evento acontece neste domingo, dia 28/01, das 15h às 17h30.


Serviço:
21º Café Literário discute sobre Jane Austen, sobre o livro “Orgulho e Preconceito”
Quando: domingo, dia 28/01, das 15h às 17h30
Local: Biblioteca Mário de Andrade - Rua da Consolação, 94, Consolação, São Paulo (Próximo ao Metrô Anhangabaú)
Ingresso gratuito (retirado 1h antes na Recepção)
Telefone: (11) 3775-0002
Mais informações: jana.cafeliterario@gmail.com

Biblioteca Mário de Andrade
Fundada em 1925, é a segunda maior biblioteca do país, formada por livros, periódicos, mapas e multimeios, além de uma grande coleção de obras raras.
Edificada em estilo Art Déco, conta ainda com uma ampla programação cultural diária e gratuita. 


quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Museu da Energia de São Paulo 
é reaberto hoje

Nesta quinta-feira, aniversário de 464 anos de São Paulo, a capital paulista recebe de presente a reabertura de um relevante equipamento cultural localizado no Centro: o Museu da Energia de São Paulo.
Após um ano fechado, o espaço, mantido pela Fundação Energia e Saneamento, que tem como mantenedoras as empresas Cesp, Sabesp e Emae, reabre com patrocínio via Lei Rouanet da CTG Brasil, segunda maior geradora privada de energia do país, e traz novas salas e recursos audiovisuais que abordam temas como a história da iluminação pública na cidade e o uso sustentável da energia, além de um “Espaço das Águas”.
Aberto de terça a sábado, das 10 às 17 horas, o espaço tem entrada gratuita. Na data, serão oferecidas visitas monitoradas às 11, 14 e 16 horas.

Exposição temporária 
Além das novas salas e recursos audiovisuais, o museu inaugura a exposição temporária “Encontros improváveis de um lugar em comum”, que apresenta obras dos artistas multimídia Cadu, Guto Lacaz, Paulo Nenflídio e Regina Silveira. Espalhadas pelos dois andares do Museu, as obras dialogam, de forma particular, com os temas “água e energia”. “A proposta é trazer novas linguagens sobre os temas já abordados pelo museu com um olhar poético e crítico das artes visuais”, explica Luciana Nemes, curadora da mostra temporária e coordenadora do Museu da Energia. A exposição temporária estará aberta ao público até 24 de junho.
  
Imagem Google

Novas atrações
Instalada no andar térreo do Museu da Energia, uma nova sala apresentará ao visitante, por meio de vídeos, fotos e objetos museológicos, a história dos serviços de iluminação pública na Capital, desde os tempos dos lampiões abastecidos a óleo de peixe, no século XIX, até a chegada da energia elétrica e as mudanças que esta acarretou na vida cotidiana do paulistano, muitas vezes registradas pelo olhar de poetas como Oswald de Andrade.
No andar superior, o destaque fica por conta do “Espaço das Águas”, ambiente que aborda tanto a história da relação da cidade de São Paulo com suas águas como o caminho que esta percorre, dos reservatórios até a torneira, além de questões atuais sobre a necessidade do uso consciente dos recursos hídricos.
Na área externa do Museu, haverá um local permanente para exposições de grafites e pinturas murais com temática relacionada aos temas energia e água. 

Serviço:
Reabertura do Museu da Energia de São Paulo
Reinauguração: 25/01 - visitas monitoradas às 11, 14 e 16 horas
Local: Alameda Nothmann, 184, São Paulo
Horário: de terça a sábado, das 10 às 17 horas
Entrada gratuita 

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Aproveite o fim de semana para 
fazer curso online gratuito

Quem vai passar o fim de semana em casa também pode aproveitar o tempo livre para adquirir novos conhecimentos. Afinal, nunca é tarde demais para aprender.
Pensando nisso, acompanhe algumas opções de cursos gratuitos. São aulas oferecidas ou indicadas pelas instituições vinculadas ao Governo do Estado de São Paulo.



Confira abaixo:

Unesp: a universidade disponibiliza mais de 70 cursos online. O serviço é aberto ao público e os interessados podem fazer quantas disciplinas quiser, sem restrição de quantidade, gratuitamente;

Unicamp: oferece aprendizado on-line gratuito. Se o seu interesse é conhecer mais sobre negócios, o curso ideal é Modelagem de Negócios. A atividade é oferecida pela Agência de Inovação Inova Unicamp, em parceria com o Centro Paula Souza;

USP: disponibiliza seus cursos on-line e gratuitos por meio da plataforma Veduca. Escolha o curso de seu interesse e aproveite bem a oportunidade.


Fonte: portal do governo

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Aniversário de SP: 25 horas de festa

Na quinta-feira, 25 de janeiro, São Paulo comemora 464 anos e nada mais justo que uma festa daquelas, não é mesmo? Pensando nisso, a prefeitura anunciou a "Festa da Cidade", uma programação especial de 25 horas recheadas de música, arte, dança e muito amor!
Em palcos espalhados de norte a sul, a celebração conta com shows de Anitta, Rael, Orquestra Brasileira de Música Jamaicana, Karol Conká, Baiana System e muito mais. A entrada é gratuita.

Acompanhe a programação:


Imagem Google

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Curso Introdução à Filosofia Módulo I

Olá, excelente segunda-feira a todos nós.
Interessados em Filosofia, vejam o curso que acontece no próximo sábado.

O Centro de Estudos Filosóficos de Santos promove o Curso livre Introdução à Filosofia - Módulo I - Pré-socráticos.
São 4 aulas aos sábados, das 17 às 19 horas, com Luiz Meirelles, Mestre em Filosofia – PUCSP, iniciando no dia 27 de janeiro.
Valor: R$150,00.
O curso acontece na Escola de Filosofia – Rua Governador Pedro de Toledo, 102, sala 13, Santos.
Inscrições e mais informações: cefs2016@gmail.com




domingo, 21 de janeiro de 2018

CLIPE 2018 – Curso Livre de Preparação do Escritor 
Gratuito na Casa das Rosas

Bom domingo a todos nós. Tempo nublado aqui na Baixada Santista.
Quem tiver interesse em se inscrever, até dia 16/02, para o CLIPE 2018 – Curso Livre de Preparação do Escritor 2018, deixo aqui os links sobre o curso. Acompanhe detalhes:

O Curso é gratuito! 
O inscrito poderá se inscrever nos 03 gêneros desde que anexe uma mostra de cada ao mesmo formulário. A seleção será para apenas uma categoria. 
A apresentação do CLIPE 2018 para as 03 turmas será no dia 03 de março, sábado às 19h30, na Casa Guilherme de Almeida. 
As aulas terão início dia 08/03 (quinta-feira) nos seguintes endereços/turmas:
. Turma 1: Prosa - Casa das Rosas 
. Turma 2: Poesia - Casa das Rosas 
. Turma 3: Ensaios - Casa Mário de Andrade 
(Aulas as quintas, das 19h às 21h e sábados das 10h30 às 12h30) 
O resultado será divulgado até dia 27 de fevereiro no Site da Casa e meios de comunicação.

Ficha de inscrição:

CLIPE:
Clipe é o Curso Livre de Preparação do Escritor, criado em 2013 pela Casa das Rosas/Centro de Apoio ao Escritor- CAE.
A proposta do 
CAE é contribuir para a criação literária em todas as suas etapas e gêneros, propiciando aos autores iniciantes e às pessoas que queiram escrever e publicar obras literárias capacitação técnica e recursos de profissionalização. 
O curso não forma escritores no sentido profissional. Seu objetivo é o exercício livre do potencial criativo, por intermédio da palavra escrita.

Mais sobre o CLIPE:

sábado, 20 de janeiro de 2018

A Magia do Cinema – Parte I

Olá amigos, tenham um excelente sábado.
Vejam que evento legal acontece hoje na Pinacoteca, gostei.

A Magia do Cinema – Parte I acontece neste sábado, dia 20, das 17h às 20h, com entrada gratuita.  

Serviço:
Eventos na Pinacoteca: A Magia do Cinema – Parte I
Quando: neste sábado, 20/01, das 17h às 20h
Local: Fundação Pinacoteca Benedicto Calixto - Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, Boqueirão, Santos
Mais informações: Telefone (13) 3288-2260
WhatsApp (13) 98852-0873
Site:
www.pinacotecadesantos.org.br

Imagem site da Pinacoteca

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

1º Festival Literatura Fantástika: Um Brasil Irrealista


Olá amigos, tenham um dia diferente e excelente hoje.
Interessados em participar do 1º Festival de Literatura Fantástika já podem se programar, acompanhe sobre o evento.



Questionarmos o gênero pode possibilitar uma forma alternativa de encarar nossa realidade, com estranhamento, para além do realismo? A fantasia, a ficção científica e as ficções especulativas são revolucionárias?
O 1º Festival Literatura Fantástika: Um Brasil Irrealista trará essa discussão em eventos na Casa das Rosas e na Tapera Taperá. Haverá também uma programação on-line com chats e hangout.
Durante o festival, será lançada a primeira edição da Revista Fantástika 451, que trará justamente artigos e resenhas que abordam o tema “Um Brasil Irrealista”, além de assuntos relacionados com as Literaturas Fantástikas em geral.

Programação
O Festival acontece de 27/01 a 03/02, com vasta programação. O evento é gratuito e aberto ao público em geral. Não há necessidade de inscrição prévia.

Acompanhe a programação na íntegra:

Primeiro dia do evento
O primeiro dia do evento acontece no sábado, dia 27/01, das 11h às 13h, na Biblioteca, livraria e espaço cultural Tapera Taperá: Av. São Luiz, 187 – 2º andar, loja 29 – Galeria Metrópole, São Paulo.

Mia informações: (11) 3151-3797


terça-feira, 16 de janeiro de 2018

A garota no trem

Olá amigos, tenham uma excelente terça-feira.
A dica de leitura hoje fica por conta do leitor Claudio Diniz, que me enviou a sua sugestão por e-mail.
Quem tiver sugestão de leitura, cursos, eventos etc e quiser compartilhar é só passar por e-mail:

Agradeço a participação do Claudio e espero que ele nos envie mais indicações.

Livro:
“A garota no trem”, de Paula Hawkins, editora Record, 378 páginas.

Sinopse:

Todas as manhãs Rachel uma mulher solitária, divorciada, e alcoólatra, pega o trem de Ashbury para Londres, pois precisa sustentar a sua invenção de que esta trabalhando na cidade, quando na verdade esta desempregada.
Nos momentos de devaneios e frenagens do trem, ela se depara com uma casinha, e fica obcecada, passando a observar pela janela aquela família, todos os dias, e faz daquela curiosa rotina uma história em sua cabeça e chega até dar nomes: Jees e Janson, aos moradores, como se fossem marionetes de seus lunáticos contos.
Um dia em um tranco do trem, sem querer Rachel testemunha uma cena chocante, logo depois ela descobre que Jess, que fora da sua história, se chama na verdade Megan está desaparecida. Sem conseguir se manter em silêncio, ela vai à polícia e conta o que viu. E então se inicia uma onda de mistério e revelações, que passam de abuso psicológico, violência doméstica, emocional, chegando até a assassinato.
A garota do trem é um livro de suspense que prende o leitor até o fim, por ter sua narrativa ao estilo thriller psicológico, que foi muito bem colocado, aliás, deixando o espectador o tempo todo tenso, e sem saber os próximos passos.

Paula Hawkins

Escritora britânica nascida no Zimbabwe, mais conhecida pelo romance de suspense, o best-seller “A menina no trem”. Por volta de 2009, Hawkins começou a escrever comédia romântica de ficção sob o pseudônimo de Amy Silver, tendo escrito quatro romances, incluindo Confessions of a Reluctant Recessionista. Ela não conseguiu nenhum sucesso comercial até desafiar a si mesma a escrever uma história mais adulta e séria.

Em 2016, foi selecionada pela BBC como uma das 100 Mulheres mais importantes do ano.