quarta-feira, 31 de maio de 2017

Poemas de Rubem Alves

Bom dia meus amigos. Que tal iniciarmos a quarta-feira com dois poemas de Rubem Alves?
São maravilhosos e o bom é a sua leitura sem pressa, sentindo a imensidão das palavras em cada linha.
Abraços, até amanhã,
Míriam  

Era prazer? Era.
Mas era mais que prazer. Era alegria.
A diferença? O prazer só existe no momento.
A alegria é aquilo que existe só pela lembrança.
O prazer é único, não se repete.
Aquele que foi, já foi. Outro será outro.
Mas a alegria se repete sempre.
Basta lembrar.


Minha vida se divide em três fases.
Na primeira, meu mundo era do tamanho do universo
E era habitado por deuses, verdadeiros e absolutos.
Na segunda fase meu mundo encolheu,
ficou mais modesto e passou a ser habitado
por heróis revolucionários que portavam armas
e cantavam canções de transformar o mundo.
Na terceira fase, mortos os deuses,
mortos os heróis, mortas as verdades e os absolutos,
meu mundo se encolheu ainda mais
e chegou não à sua verdade final
mas a sua beleza final:
ficou belo e efêmero como uma jabuticabeira florida.


Rubem Alves
Rubem Alves (1933 – 2014) foi um dos educadores mais célebres e respeitados no Brasil e no exterior. Pensador incansável e naturalmente instigado pela vida, sempre quis que os outros vissem a beleza do mundo através dos seus olhos. Por isso semeou ideias e o seu olhar através de livros e palestras. Desejou que os olhos das crianças, ainda encantadas pela vida, fossem a luz inspiradora para os adultos e educadores.
Transitou em diversas áreas e consagrou-se como educador, teólogo, filósofo, psicanalista e autor de livros para crianças e adultos. Rompeu em todos os aspectos com as regras acadêmicas de escrita e dirigiu-se àquilo que lhe dizia o coração. Prova disso é que suas obras tocam a alma de seus leitores e muitas vezes transforma-os, gerando mais sensibilidade e humanismo.
Escreveu mais de 140 obras. Instigou a curiosidade e a inteligência, defendeu que o supremo se encontra nas coisas mais simples e encorajou aqueles que desejavam pensar por conta própria. Seu legado é, e será, sempre um patrimônio cultural inovador e cativante.

Conheça o Instituto Rubem Alves, acesse:

terça-feira, 30 de maio de 2017

Inscrições abertas: Mestrado e Doutorado em Educação

Olá pessoal, boa terça-feira a todos nós.
Como sou também formada em Letras pela Universidade Metodista recebo informações sobre cursos e até dia 5 de junho, tem inscrições abertas para Mestrado e Doutorado em Educação. Disponibilizo, caso alguém tenha interesse.
Abraços,
Míriam

Universidade Metodista com inscrições abertas para Mestrado e Doutorado em Educação


Estão abertas as inscrições para o processo seletivo até 5 de junho de 2017.
Número de vagas: 17 (Mestrado) e 7 (Doutorado)

Linhas de pesquisa:
- Políticas e Gestão Educacionais;
- Formação de Educadores.

Com 15 anos de existência e corpo docente qualificado e com inserção internacional, o Programa foi contemplado com a nota 4 nas últimas avaliações trienais da CAPES/MEC. Como diferencial, o programa possui o periódico Educação e Linguagem, com o conceito Qualis B2.

Saiba mais e faça a sua inscrição  

domingo, 28 de maio de 2017

Parque do Ibirapuera recebe exposição “Modos de ver o Brasil”

Bom dia amigos, excelente domingo para todos nós!
Vejam que exposição legal acontece no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, vamos conferir?

Exposição “Modos de ver o Brasil”
Foto divulgação -site do governo
O evento celebra os 30 anos de atividades do Itaú Cultural e
exibe cerca de oitocentas peças de um acervo de 15 mil obras do Banco Itaú.

Em cartaz até o dia 13 de agosto na Oca, a mostra tem curadoria de Paulo Herkenhoff, em colaboração com Thais Rivitti e Leno Veras, e ocupa os 10 mil metros quadrados do espaço.  Entre as obras expostas, “Povoado numa planície arborizada”, do pintor holandês Frans Post (1612-1680), e raridades como os mapas do século XVII: “Jodocus Hondius: AmericaSeptentrionalis” (1613) e “Henricus Hondius: Accuratissima Brasiliae Tabula” (1630).

Foto divulgação - site do governo
As peças foram organizadas em 20 núcleos espalhados pelos quatro andares do edifício, projetado pelo renomado Oscar Niemeyer. Cada piso tem uma organização temática por período: no térreo estão “São Paulo” e “De memória e matéria”; no subsolo fica “Da numismática à cibernética”; no primeiro andar, “Expressão e racionalidade”; e no segundo andar, “Uma invenção simbólica do Brasil: África e barroco”.

Entre as atrações, destaca-se uma escultura de mais de cinco metros de altura, de Ascânio MMM, que foi reconstruída para a ocasião. Obras antigas estão lado a lado com peças contemporâneas, de artistas como Adriana Varejão, Beatriz Milhazes, Vik Muniz, Berna Reale, Jaime Lauriano, Ayrson Heráclito e Eder Oliveira.

Serviço:
Exposição “Modos de ver o Brasil: Itaú Cultural 30 anos”
Quando: até dia 13/08,
Local: Parque Ibirapuera, São Paulo - Av. Pedro Álvares Cabral, 50
Mais informações: (11) 5082-1777 

sábado, 27 de maio de 2017

V Festa do Livro de Santos

Olá meus amigos, excelente sábado para todos nós. Mereço, depois de uma semana tumultuada como foi essa, ave!
Atenção leitores, vejam que notícia legal para hoje:

A V Festa do Livro de Santos é uma ação cultural do Fórum da Cidadania para difundir o hábito da leitura junto ao público em geral, bem como valorizar e divulgar o trabalho de criação literária dos poetas e escritores da cidade e região. O evento é aberto ao público gratuitamente. 
A Festa do Livro dentro do projeto Leia Santos – Um Incentivo à Leitura tem apoio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), evento que oferece à população as ações Adote um Livro, Adote um Gibi e o Baú de Letrinhas, com distribuição gratuita de livros, gibis e revistas.
O evento acontece neste sábado (27), das 14h às 18h.

Programação
-15h às 18h - Lançamento do livro:
Introdução à Filosofia e Outros Escritos
Autor: Sérgio Sérvulo 

-15h30 - Palestra - Poesia contra Estado de Sítio Agrícola 
com Ademir Demarchi 

-16h30 - Homenagem ao escritor santista João Taibo Cadórniga

-17h30 - Sessão - Contos na Tela do Cinema

-Outros destaques
. Tarde de autógrafos
. Gastronomia criativa
. Apresentações artísticas
. Doação e trocas de Livros

Serviço
V Festa do Livro – evento gratuito
Quando: hoje, das 14h às 18h
Local: Estação Cidadania – Av. Ana Costa, 340, Santos (na frente do Hipermercado Extra (o local não conta com estacionamento)
Informações: 3226-8000/ 3221-2034 

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Dica de lazer gratuito
Banda Biltre anima o SESI Santos neste sábado

Bom dia meus amigos, graças a Deus hoje é sexta-feira!
A Banda Biltre traz novidade para o SESI Santos neste sábado, dia 27 de maio, às 20h.
O grupo carioca apresenta estilo próprio e novas composições bem-humoradas, contrastando a sonoridade pop e batidas sintéticas de suas canções, que vão desde Alípio Martins, Mutantes a Fagner.
O show é gratuito e os ingressos podem ser reservados pelo sistema Meu SESI no www.sesisp.org.br/meu-sesi
O SESI fica na Av. Nossa Senhora de Fátima, 366, Jardim Santa Maria, Santos
Telefone: 3209-8210




quinta-feira, 25 de maio de 2017

Quando Saturno Voltar
Dica de leitura

Bom dia amigos, tenham uma excelente quinta-feira.
O dia hoje será corrido no serviço por causa do desfile de moda em prol da Campanha do Agasalho 2017 que estamos promovendo, na sede da Sabesp, no Centro Histórico de  Santos, estão todos convidados!

Li esse livro e achei muito legal e com uma trama bem interessante, vale a pena, fica a dica.

Sinopse:
Em seu novo romance, Laura Conrado conta a história de Déborah Zolini, uma jornalista sonhadora, que trabalha como assessora de imprensa em um clube de futebol da segunda divisão, e namora o médico Sérgio há quatro anos.
Ela faz planos de construir uma vida a dois, arrumar um emprego melhor e correr atrás de desejos que ainda não realizou. Só que a vida, ou as estrelas, guardam surpresas para Déborah.
Em uma viagem ao Chile, ela encontra uma mulher misteriosa que lhe fala sobre o retorno de Saturno. O planeta, que leva, em média, 29 anos para dar uma volta no sistema solar, voltará à posição em que se encontrava quando a jornalista nasceu. Para quem acredita em astrologia, esse é momento em que as pessoas passam por várias mudanças. Déborah não leva a moça muito a sério, mas pede ajuda às estrelas para realizar seus desejos.
No entanto, no voo de volta ao Brasil, um encontro inesperado começa a abalar a vida aparentemente certinha da protagonista. Aos poucos, Déborah começa a admitir que não gosta do rumo que as coisas estão tomando em sua vida. Será a hora de partir para novos desafios? Trocar aquele relacionamento confortável pelo frio na barriga? Sair de vez da zona de conforto e ver o que acontece?
Com uma prosa leve e bem humorada, Laura Conrado criou um romance cativante sobre perseguir os próprios sonhos e a coragem necessária para ser feliz. Leitores que ainda não chegaram ou já passaram pelo retorno de Saturno vão se emocionar com essa história. 

Páginas: 248
Formato: 14 cm x 21 cm
Data de lançamento: 24/05/2015
IBSN: 9788525060037
Onde comprar: Internet: 
Globo Livro; Saraiva (R$29,90)

Americanas.com (R$ 21,42)

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Fachadas do Abandono
Exposição fotográfica 

Bom dia amigos, uma ótima quarta-feira para todos nós.
Destaco para hoje uma exposição legal e cheia de história com entrada gratuita que acontece no SESI Santos, até o dia 4 de junho, espero que gostem.
Abraços, até amanhã,
Míriam


Fachadas do Abandono

A mostra apresenta casarões, sobrados e edifícios construídos na cidade de São Paulo no final do século XIX e início do século XX e que estão em processo de abandono.
O fotógrafo oferece um olhar poético, porém crítico, e estende a reflexão ao espectador na sua relação com a visualidade urbana e com a situação do patrimônio histórico-arquitetônico a sua volta.

Fotografia
O paulistano Antonio Ramirez Lopes começou a fotografar em 2004. Desde então, a partir de fotos registradas em viagens de férias ou simplesmente de seus familiares, teve despertado seu interesse pela arte da fotografia, não somente pelas técnicas, mas, principalmente, pelos encantos estéticos da imagem revelada.
Dentre os diversos temas, possui apreço especial para focar imagens do cotidiano, aparentemente simples, porém de rara beleza.

Serviço:
Exposição fotográfica Fachadas do Abandono
Quando: até dia 4 de junho – diariamente, das 9h às 17h
Local: SESI Santos – Av. Nossa Senhora de Fátima, 366, Jardim Santa Maria, Santos
Telefone: 3209-8210
Entrada gratuita



terça-feira, 23 de maio de 2017

Como dizia o poeta

Bom dia a todos vocês meus queridos amigos e uma excelente terça-feira, cheia de amor para dar com esta linda poesia de Vinicius de Moraes e Toquinho, que tal, gostaram?
É sempre bom recordar as boas palavras que vêm do fundo da alma para deixar fluir a vida e o amor.


Como dizia o poeta 

Imagem divulgação Google
Quem já passou
Por esta vida e não viveu
Pode ser mais, mas sabe menos do que eu
Porque a vida só se dá
Pra quem se deu
Pra quem amou, pra quem chorou
Pra quem sofreu, ai

Quem nunca curtiu uma paixão
Nunca vai ter nada, não

Não há mal pior
Do que a descrença
Mesmo o amor que não compensa
É melhor que a solidão

Abre os teus braços, meu irmão, deixa cair
Pra que somar se a gente pode dividir?
Eu francamente já não quero nem saber
De quem não vai porque tem medo de sofrer

Ai de quem não rasga o coração
Esse não vai ter perdão

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Pré-estreia beneficente de Z – A Cidade Perdida
Dia 30, no Cine Roxy

Olá meus amigos, uma excelente segunda-feira a todos nós.
Recebi o convite do amigo jornalista André Azenha e disponibilizo aqui na página para vocês. Trata-se de pré-estreia de filme beneficente, que acontece na próxima semana.

O Cine Roxy, em parceria com a distribuidora Imagem Filmes, realiza pré-estreia beneficente do filme “Z – A Cidade Perdida”, em prol da Associação de Ex-Alunos do Colégio Stella Maris. A sessão acontece em 30 de maio, terça-feira, 20h, no Cine Roxy 5 (Avenida Dona Ana Costa, 443, Gonzaga, Santos). O ingresso custa R$ 20 e todo o valor arrecadado será revertido à entidade.
Baseado no livro homônimo, “Z - A Cidade Perdida” conta a fantástica história real de coragem, obsessão e mistério do explorador inglês Percy Fawcett (Charlie Hunnam) em sua ousada jornada em busca do El Dorado.


 Sinopse
A verdadeira e incrível história do explorador inglês Percy Fawcett (Charlie Hunnam) que depois de se aventurar pelo mundo vai atrás de uma cidade perdida feita de ouro no coração da Amazônia, apoiado pela esposa (Sienna Miller), filho (Tom Holland) e seu ajudante (Robert Pattinson).
Duração: 2h21min.

Trailer: 

Serviço:
Pré-estreia beneficente “Z – A Cidade Perdida”, em prol da Associação de Ex-Alunos do Colégio Stella Maris 
Quando: Terça-feira, 30/05, às 20 horas
Local: Cine Roxy 5 – Avenida Dona Ana Costa, 443, Gonzaga, Santos 
Ingresso: R$ 20 (valor único)
Ingressos disponíveis com os voluntários da associação 


Colaboração: André Azenha, jornalista assessor de imprensa

domingo, 21 de maio de 2017

Era o Hotel Cambridge
Em cartaz no Cine Arte Posto 4

Olá meus amigos, um bom domingo a todos nós.
Que tal prestigiar o cinema nacional? Está em cartaz, até dia 24, “Era o Hotel Cambridge”, em três sessões com preços entre R$1,50 e R$ 3,00, confira:


O “Era o Hotel Cambridge”, dirigido por Eliane Caffé, coloca em discussão temas como a habitação no País e a imigração. No filme, refugiados recém-chegados ao Brasil dividem um velho edifício abandonado, no Centro de São Paulo, com um grupo de desabrigados. No elenco, José Dumont e Suely Franco, entre outros.
O filme está em cartaz No Cine Arte Posto 4, até a próxima quarta-feira, dia 24.

Serviço:
Era o Hotel Cambridge
Sessões às 16h, 18h30 e 21h
Local: Cine Arte Posto 4 – Av. Vicente de Carvalho, s/nº, Gonzaga, na orla da praia, próximo ao canal 3
Ingressos: R$ 1,50 (meia) e R$ 3,00 (inteira)
Informações e reservas: 3288-4009

Trailer:

sábado, 20 de maio de 2017

Virada Cultural Paulista 2017
Evento gratuito que acontece sábado e domingo

Bom dia e um ótimo sábado a todos nós.
Para quem ainda não sabe ou não leu o meu post da semana passada, neste final de semana tem mais Virada Cultural Paulista.
A edição de 10 anos continua nos dias: 27 e 28/05; e 03 e 04/06, nas seguintes cidades: Araraquara, Assis, Bauru, Botucatu, Caraguatatuba, Franca, Guarulhos, Ilha Solteira, Indaiatuba, Itapetininga, Limeira, Marília, Mogi das Cruzes, Piracicaba, Registro, Ribeirão Preto, Santa Bárbara D’oeste, Santos, São Paulo, Sorocaba, Taubaté e Votuporanga.

Acompanhe mais sobre o evento e a programação completa no site:



sexta-feira, 19 de maio de 2017

Festival Internacional de Dança

Olá meus amigos, espero que a sexta-feira seja excelente para todos nós.
Vá se programando, pois de 23 a 28 de maio acontece a 4ª edição do FIDIFEST – Festival Internacional de Dança, que acontece no Teatro Brás Cubas, em Santos, com entrada gratuita.


 FIDIFEST
Com o objetivo de promover o intercâmbio cultural e incentivar a criação de plateia, o FIDIFEST traz mais uma vez a Santos um importante espetáculo. Trata-se do Cia Tentáculo Jovem de São Paulo reunindo três trabalhos da companhia que são “O eu pele”, “Voyeur cena final” e “Onírico”.
A Cia. Tentáculo Jovem e sua sede Tentáculo Dança foram criadas em 2015 por Liliane de Grammont, bailarina, coreógrafa e diretora da Tentáculo Dança, Liliane fez parte do elenco do Balé da Cidade de São Paulo por nove anos. Antes disso, foi bailarina da Distrito Cia de Dança em Ribeirão Preto por cinco anos e aluna da renomada The Juilliard School em Nova York. Formada em Psicologia em 2006, se especializou em terapia corporal Neo-Reichiana e Psicanálise.
“A Tentáculo Dança vem para cimentar o caminho que trilho como coreógrafa e diretora cênica desde 2009 junto a diversas cias e grupos no Brasil. Agora minha pesquisa tem casa própria”, explica a diretora.
Com 50 minutos de duração e dividida em três partes, a apresentação reflete o autoconhecimento através da pele, o voyeurismo, retrata as fantasias e ilusões do indivíduo em estado de inconsciência. 

Serviço:
Festival Internacional de Dança - gratuito
Quando: de 23 a 28/05
Local: Teatro Brás Cubas – Av. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias, Santos
Abertura: dia 23, às 20h - retirada de ingressos uma hora antes do espetáculo
Dias 24, 25 e 26: mostra competitiva às 19h
Dias 27 e 28: às 18h30
Telefone: (13) 3226-8000  

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Ordem dos termos
Dicas da Língua Portuguesa

Bom dia amigos, hoje é quinta-feira e dia da coluna Dicas da Língua Portuguesa, com o tema sobre a ordem dos termos, que faz toda a diferença, acompanhe:

(1) Golfinho-de-dentes-rugosos (Steno bredanensis), espécie de águas profundas, encontrado no norte de ilha Comprida, litoral sul de São Paulo; animal foi removido já morto por biólogos do Projeto Boto-Cinza para análises 


(2) Parte do corpo tão ligada à sedução e à sexualidade, o formato das mamas sempre esteve submisso à ditadura da moda.
  
No texto escrito, é importante observar a ordem dos termos na frase. Se na linguagem falada a entonação cria a ênfase necessária ao entendimento, na linguagem escrita a situação é diferente. É preciso empregar os recursos de ênfase e clareza próprios da escrita.

No texto (1), uma legenda de foto, a construção “animal foi removido já morto por biólogos” convida à dupla interpretação. Por mais que o leitor deduza que o animal não foi morto pelos biólogos, o texto permite essa leitura, portanto é defeituoso. 

O que produz esse defeito é o fato de a expressão “por biólogos” vir depois de duas formas verbais, podendo estar ligada a qualquer uma delas (“removido por biólogos” ou “morto por biólogos”). A solução para o problema está na mudança de posição ou da expressão “por biólogos” ou de uma das formas verbais.

Se optássemos por aproximar “por biólogos” de “removido”, teríamos o seguinte:

“animal foi removido por biólogos do Projeto Boto-Cinza já morto para análises”, ou algo parecido:

“animal foi removido para análises por biólogos do Projeto Boto-Cinza já morto”

O problema dessas duas construções é que ambas deixam o complemento mais curto (“já morto”) depois de um elemento muito longo (“removido para análises por biólogos do Projeto Boto-Cinza”), o que não favorece a clareza.

O melhor, portanto, seria antecipar a forma verbal “morto”, e modo que ficasse distante do agente da passiva (“por biólogos”). Assim:

(1) Golfinho-de-dentes-rugosos (Steno bredanensis), espécie que vive em águas profundas, encontrado no norte de Ilha Comprida, litoral sul de São Paulo; já morto, animal foi removido por biólogos do Projeto Boto-Cinza para análises.

O segundo trecho apresenta um defeito comum: uma expressão de caráter predicativo aparece antes do sujeito ao qual se refere e faz referência não ao núcleo do sujeito, mas ao complemento dele.

Observe que a “parte do corpo tão ligada à sedução e à sexualidade” não é o formato das mamas, mas as mamas propriamente ditas. Assim, “mamas” deveria ser o núcleo do sujeito. Veja abaixo: 

Parte do corpo tão ligada à sedução e à sexualidade, as mamas sempre tiveram seu formato submisso à ditadura da moda.

Do ponto de vista da concordância, o texto acima está correto, pois “as mamas” são uma parte do corpo. Não há, portanto, necessidade de plural (“partes”).

Gostaram da dica de hoje? Pesquisei este termo “ordem dos termos”, pois noto essa deficiência na escrita diariamente no local de trabalho e sempre é bom ajudar com dicas úteis que podem ser seguidas por qualquer profissional.
Esta explicação foi pesquisada na UOL educação
Abraços,
Míriam