segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

A Grande Muralha - The Great Wall

Ontem fui assistir A Grande Muralha e gostei muito do filme, bem produzido, visual lindo, história legal, colorido, música e atores. Enfim, valeu a pena.

Filme de Zhang Yimou com Matt Damon, Willem Dafoe, Jing Tian, Pedro Pascal, Andy Lau e Lu Han.
A história começa com a perseguição de Damon e Pascal por um grupo de mercenários e na fuga, vão parar na muralha e logo são presos pela Nameless Order, um grupo de guerreiros de elite liderado pelo general Shao.
Gostei do filme e vale a pena assistir em 3D e legendado.

Acompanhe mais, assista ao trailer:



domingo, 26 de fevereiro de 2017

Oscar 2017

Olá meus amigos, tenham um excelente domingo.
E hoje acontece mais uma edição do Oscar 2017.
Acompanhe os vencedores dos prêmios dos sindicatos nas principais categorias em 2017 para você ter mais chances de acertar no bolão - confira aqui a lista completa de indicados ao Oscar:

A cerimônia acontece neste domingo, dia 26, e será realizada no Teatro Dolby, em Los Angeles, Califórnia, e transmitida pela emissora de televisão estadunidense ABC com sinal que chegará a emissoras de outros países. O anfitrião será o comediante Jimmy Kimmel.




sábado, 25 de fevereiro de 2017

Leonardo da Vinci – Espião ou Viajante do Tempo?

Leonardo da Vinci foi um dos maiores pintores e gênios que já existiu. Ele desenhava objetos engenhosos que só seriam criados séculos depois, como o esboço de uma bicicleta, isso no século XV, algo quase impossível. Daí vem uma das teorias que ele seria um viajante do tempo. Será?
O tema é legal, não é?
Então assista ao vídeo no Canal Conexão Nerd

Abraços meus amigos e até amanhã.
Míriam


sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Sebastião Salgado ganha mostra 
na Galeria Mario Cohen

Olá meus amigos, enfim, a sexta-feira chegou e véspera de Carnaval, melhor ainda, não é? Ficarei por aqui, não irei viajar e vocês?
Bem, para aqueles que dispensam a folia, tem Sebastião Salgado em São Paulo, mostra que fica até dia 03 de março, vejam que legal:

Sebastião Salgado, que é referência mundial no mundo da fotografia, à beira de seu aniversário, 73 anos, ganhou uma exposição com alguns de seus mais importantes cliques.
“Sebastião Salgado Muitas Histórias” traz como mote principal a reunião de diferentes épocas e acontecimentos sob o olhar de Sebastião. As fotografias foram retiradas dos livros Êxodos, Outras Américas, Gênesis, África, Trabalhadores e Kuwait: um deserto em chamas.


Serviço:
“Sebastião Salgado, Muitas Histórias”
Quando: até 3 de março, entrada gratuita
Horário: de segunda a sexta, das 11h às 19h e sábados, das 11h às 15h
Local: Galeria Mario Cohen - Rua Joaquim Antunes, 177,
conjunto 12, Jardim Paulistano, São Paulo  

Telefone: (11) 3062-2084

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Cheguei “em” ou “a”

Coluna Dicas da Língua Portuguesa

Olá meus amigos, hoje é quinta-feira e dia da coluna Dicas da Língua Portuguesa, escreva certo. Espero que gostem do exemplo da semana.
Obrigada, abraços,
Míriam

Escreva certo
A frase a seguir é muito usada, tanto na comunicação falada quanto na escrita: “Cheguei tarde em casa”
Mas, segundo as regras gramaticais de regência verbal, o verbo chegar, ao indicar destino, não admite a preposição em. Verbos que indicam movimento (como “ir”, “vir”, “voltar”, “chegar”, “comparecer”, “dirigir-se”) admitem três preposições:

DE: quando a circunstância apresentada for de procedência. Ex.: Cheguei de São Paulo ontem.

A: quando a circunstância for de destino. Ex.: Cheguei a Londrina ontem.

PARA: também quando a circunstância for de destino, porém na indicação de mudança definitiva. Então, quando se informa “Irei a São Paulo”, com sentido de “irei, mas voltarei em breve”.

Com base na explicação acima apresentada, pode-se concluir que a versão correta é “cheguei tarde a casa”, e não “em” como a maior parte das pessoas fala/escreve.


Consulta: CPDEC – Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Educação Continuada - fundado em 1996, com o intuito de atender a demanda de empresas dos mais diversos segmentos de mercado por instituições especializadas em desenvolvimento e capacitação de profissionais.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Mão de ferro - 

Contos sobre distopias

Muito bom dia a todos vocês queridos leitores amigos.
A Andross Editora está com inscrições abertas para coletâneas com recebimento de textos até dia 30/04/17; destaco nesta semana, “Mão de ferro”, organizada por Paola Giometti e Hugo Sales.

Sinopse: 
Lincoln disse que o caráter de um homem é colocado à prova assim que ele é alçado ao poder. E o coração, outrora macio e quente, se torna rijo e gélido, com sede de mais autoridade, conquistada com punhos cerrados e brados graves. Aos oprimidos, restam-lhes apenas esperança e resistência.

Se você tiver alguma dúvida, entre em contato com os organizadores do livro pelo e-mail:

Significado de Distopia e Utopia

Em Filosofia, através da mesma raiz etimológica surge o termo distopia (ou antiutopia) como o oposto de utopia. A distopia é um pensamento filosófico que caracteriza uma sociedade imaginária controlada pelo Estado ou por outros meios extremos de opressão, criando condições de vida insuportáveis aos indivíduos. Normalmente tem como base a realidade da sociedade atual idealizada em condições extremas no futuro.
Alguns traços característicos da sociedade distópica são: poder político totalitário, mantido por uma minoria; privação extrema e desespero de um povo que tende a se tornar corruptível.
Os romances "1984" de George Orwell (1903-1950) e "Admirável Mundo Novo" de Aldous Huxley (1894-1963) são exemplos de ficções distópicas. No cinema, o filme V de Vingança apresenta uma sociedade distópica, brutalmente constrangida por um regime totalitarista.

Para enviar o texto e mais detalhes, acesse:

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Dia Internacional da 
Língua Materna

Bom dia meus queridos amigos, espero que seja proveitosa a terça-feira.
Quando fiz Letras, muito se falava sobre a Língua Materna e hoje é o dia dela!
Pesquisei sobre a data e vejam a novidade para este ano, dedicado ao multilinguismo.


Comemoração
A décima-terceira comemoração do Dia Internacional da Língua Materna é dedicada ao multilinguismo para uma educação inclusiva. “O multilinguismo é nosso aliado na procura de garantir educação de qualidade para todos, na promoção da inclusão e no combate à discriminação. A construção de um diálogo genuíno é baseada no respeito pelas línguas”, afirma a Diretora-Geral da UNESCO, Irina Bokova, na sua mensagem para o Dia Internacional da Língua Materna.
Segundo dados da UNESCO, quase metade das mais de 6000 línguas faladas no mundo pode desaparecer no final do século.

A matéria é extensa e interessante, leia mais sobre o assunto, acesse o site:



segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Dracula é o indicado na coluna: Clássicos do Terror

 

Bom dia a você querido leitor e uma excelente segunda-feira a todos nós.

Na coluna Clássicos do Terror, destaco um dos melhores livros que li até hoje, “Dracula”, do escritor, poeta e contista irlandês Bram Stoker, que nasceu no dia 08/11/1847, em Dublin, Irlanda, e faleceu em Londres, Inglaterra, no dia 20/04/1912.



Bram Stoker publicou seu primeiro trabalho literário, “The Duties of Clerks of Petty Sessions in Ireland,” um livro de bolso sobre administração legal, em 1879. Mais tarde, ele se tornaria um escritor de ficção, e escreveria sua obra-prima “Dracula” em 1897. Considerada uma obra de terror clássica algum tempo depois de seu lançamento, “Dracula” continua a angariar elogios após mais de um século, inspirando a criação de centenas de filmes e adaptações para o teatro e literatura.

Antes de escrever Dracula, Stoker passou vários anos pesquisando folclore europeu e as histórias mitológicas dos vampiros.
Depois de sofrer uma série de derrames cerebrais, Stoker faleceu em Londres em 1912. Alguns biógrafos atribuem a um processo desencadeado por sífilis terciária como causa de sua morte. Foi cremado e suas cinzas estão numa urna no Crematório de Golders Green, em Londres, Inglaterra.

Livros de Bram Stoker

Inspirado pelo Lyceum e pelas viagens que fazia a trabalho, Stoker publicou sua primeira história de terror, ”The Primrose Path”. Ele continuou a publicar escritos, incluindo “Under the Sunset” (1882) e o romance “The Snake's Pass” (1890), com modesta fama. Ele era mais aclamado pela sua dedicação à arte em geral. 
Em 1897, Stoker publicou sua obra-prima “Dracula”. O livro ganhou sucesso instantâneo e é ainda aclamado após mais de um século, sendo utilizado em adaptações no cinema, no teatro e na literatura. Entre as mais famosas adaptações, está a do filme “Drácula” de 1931, com o ator Bela Lugosi, e “Nosferatu”, de 1922, de F.W. Murnau, com Max Schreck.
Destacam-se também “Miss Betty” (1898), “The Mystery of the Sea” (1902), “The Jewel of Seven Stars” (1904) e “The Lair of the White Worm” (1911).

Filme
Dracula é de 1992, baseado na obra literária de Bram Stoker, e dirigido pelo diretor Francis Ford Coppola, de The Godfather, Apocalypse Now, The Godfather Part II, Cotton Club e Peggy Sue Got Married.
Trata-se da história do líder romeno Vlad Tepes (Drácula), que, ao defender a igreja cristã na Romênia contra o ataque dos turcos, tem sua noiva Elisabetha enganada: esta crê que seu amado morreu e então atira-se no rio chamado "Princesa". Vlad, ao retornar da guerra e constatar a morte de sua amada, e condenada ao inferno (pelo suicídio), renuncia e renega a Deus, à igreja e, jurando só beber sangue a partir daquele momento, sendo assim condenado à sede eterna, ou seja, ao vampirismo.
Quatro séculos se passam, e ele redescobre a reencarnação de Elisabetha, em Londres, agora conhecida como Wilhelmina Murray (Mina). Jonathan Harker, noivo de Mina, parte a trabalho para a mansão do Conde Drácula, onde irá vender dez terrenos na área de Londres para este estranho Conde.
Lá é feito prisioneiro, enquanto o conde se encaminha à Inglaterra para reencontrar sua amada. Muitas coisas acontecem em Londres com a chegada do Drácula.
É um filme maravilhoso, que vale a pena locar e assistir.
Elenco: Vald Tepes/Drácula: Gary Oldman; Elisabetha/Mina Murray (Winona Ryder); Jonathan Harker (Keanu Reeves); Professor Abraham Van Helsing (Anthony Hopkins); Lucy Westenra (Sadie Frost); e R. M. Renfield (Tom Waits), entre outros.
O filme teve várias premiações, dentre elas, em 1993, o Oscar nas categorias de melhor figurino, melhores efeitos sonoros e melhor maquiagem, e também indicado na categoria de melhor direção de arte.

Trailer:


domingo, 19 de fevereiro de 2017

Filme John Wick 2

Olá meus queridos amigos, tenham um excelente domingo, dia nublado aqui em Santos.
Ontem fui ao cinema ver a sequência de John Wick, com o Keanu Reeves e assim como foi o primeiro, o segundo filme é muito bom para quem gosta de tiros, mortes, lutas e perseguições, bem, para quem está acostumado a ver muito sangue nas telinhas, lógico, mas com uma pitada de humor. Fica aqui a minha dica para hoje.
Beijão, até amanhã,
Míriam

John Wick, Um Novo Dia para Matar
John Wick, considerado a lenda, o mito e o Bicho-Papão dos criminosos, neste segundo episódio da franquia é forçado a deixar a aposentadoria em função de um criminoso que conspira para tomar o controle de um clã de assassinos internacionais.
Por causa de um pacto de sangue, John Wick viaja para Roma com este objetivo. O filme entrou em cartaz no Brasil na quinta-feira, dia 16.

Elenco:
Keanu Reeves (John Wick), Ruby Rose, Ian McShane, Common, Riccardo Scarmacio, Lance Reddick, John Leguisamo e Laurence Fishburne, entre outros, com direção de Chad Stahelski.

Trailer legendado:

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Semana de Arte Moderna 
no Museu do Café

Para celebrar a Semana de Arte Moderna de 22, um marco na cultura brasileira, o Museu do Café promove atividades gratuitas voltadas para as artes e literatura neste sábado (18). Mas fique atento às inscrições e entrada ao museu, que custa R$6.

Programação

-Desenhando o Museu do Café: 11h: intervenção artística  com o arquiteto e artista plástico Paulo von Poser e a professora Claudia Braga. Durante a atividade, os participantes serão envolvidos na produção de desenhos da fachada do edifício da Bolsa Oficial de Café.

-Oficina Construindo e Desconstruindo a Figura Humana: 14h: com o artista plástico Rodrigo de Carvalho. Baseada em artistas do movimento modernista brasileiro – como Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Lasar Segall, entre outros –, a atividade transmite noções básicas de desenho e construção da figura humana.

-Sarau Literário: 16h: roda de conversa sobre literatura e poesia com o professor Sergio Manoel Rodrigues.

 

Divulgação Google
Para participar
As atividades são gratuitas.
Para participar é necessário apenas se inscrever pelo e-mail: 
As vagas são limitadas, confirme a sua presença o quanto antes.

Serviço:
Semana de Arte Moderna no Museu do Café
Quando: sábado, dia 18/2, a partir das 11 horas
Local: Rua XV de Novembro, 95, Centro Histórico, Santos
Entrada: R$ 6, estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia-entrada Aos sábados, a visitação é gratuita

Fonte: Juicy Santos 

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Educação a distância ou Educação à distância, qual o certo?
Coluna Dicas da Língua Portuguesa

Olá meus amigos, tenham uma excelente quinta-feira.
Como hoje é dia da coluna Dicas da Língua Portuguesa, escreva certo, como você escreve: educação a distância ou educação à distância? Já reparou que encontramos essa expressão das duas maneiras? Mas qual delas é a correta?
Trouxe este exemplo para a página hoje porque ontem surgiu esta dúvida, já que preparei um texto sobre isso, então, acompanhe a explicação correta pesquisada no site Exame.com.

Escreva certo
Imagem Google
Muitas são as universidades que vêm promovendo cursos EAD, ou seja, educação a distância. Ou será educação à distância?
Tão importante quanto entender como a tecnologia pode aperfeiçoar o processo de ensino também devemos cuidar para que a comunicação seja de qualidade, precisa e correta.
O uso da crase na expressão em questão quase sempre traz dúvidas e ela acaba permanecendo na maioria das vezes. Acompanhe o exemplo:

Diante da palavra distância, emprega-se crase se a mesma estiver especificada.
a)   As caixas amplificadoras de som estavam à distância de 200m do público. 
b) O detetive vigiava o suspeito a distância.

No primeiro exemplo usa-se crase, pois a palavra distância está especificada (200 m). Já no segundo exemplo a expressão apresenta-se sem crase porque não há especificação da distância.
Logo, a dúvida sobre a frase apresentada (Educação a distância ou Educação à distância), pelo código padrão, não pode ter o acento indicador de crase, pois não há especificação, então o correto é: Educação a distância.

Consulta Reinaldo Passadori
Professor e CEO do Instituto Passadori, especialista em Desenvolvimento Humano e Comunicação Verbal. Conferencista requisitado em seu segmento no Brasil. É autor dos livros: “Comunicação Essencial – Estratégias Eficazes para Encantar seus Ouvintes” – “As 7 Dimensões da Comunicação Verbal”; “Media Training” – Comunicação Eficaz com a imprensa e a Sociedade – Editora Gente e “Quem não Comunica não lidera” – Editora Gente. 

Fonte: Exame.com

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Ode ao Tempo
Poesia de Pablo Neruda

Bom dia meus amigos, espero que seja sereno e proveitoso.
Ontem relendo algumas poesias de Pablo Neruda, um dos poetas de que mais gosto, li Ode ao Tempo, poema que ainda não conhecia e disponibilizo aqui na página para quem ainda não conhece também.
Abraços, até amanhã,
Míriam

Ode ao Tempo
Imagem divulgação
A tua idade dentro de ti
crescendo,
a minha idade dentro de mim
andando.
O tempo é resoluto,
não faz soar o sino,
cresce e caminha
por dentro de nós,
aparece
como um lago profundo
no olhar
e junto às castanhas
queimadas dos teus olhos
um filamento, a pegada
de um minúsculo rio,
uma estrelinha seca
subindo para a tua boca.
Nos teus cabelos
enreda o tempo
os seus fios,
mas no meu coração
como uma madresilva
está a tua fragância,
incandescente como o fogo.
Envelhecer vivendo
é belo
como tudo o que vivemos.
Cada dia
para nós
foi uma pedra transparente,
cada noite uma rosa negra,
e este sulco no meu ou no teu rosto
é um pedra ou uma flor,
recordação de um relâmpago.
Gastaram-se-me os olhos na tua formosura
mas tu és os meus olhos.
Sob os meus beijos talvez tenha fatigado
os teus seios,
mas todos viram na minha alegria
o teu resplendor secreto.
Amor, o que importa
é que o tempo,
o mesmo que ergueu como duas chamas
ou espigas paralelas
o meu corpo e a tua doçura,
amanhã os mantenha
ou os desgarre
e com os mesmos dedos invisíveis
apague a identidade que nos separa
dando-nos a vitória
de um único ser final sob a terra.

Conheça “outros Odes” de Neruda no blog Bouquet de Cravos & Conchavos, de Michèle Christine, aliás, muito interessante este blog, acho que vale a pena visitá-lo.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Cursos gratuitos de Iniciação Teatral no SESI

Olá, tenham uma excelente terça-feira.
Amigos, para quem tiver interesse, o SESI-SP está com inscrições abertas para curso de teatro. Eu já fiz curso há uns anos e é muito bom, vale a pena.

Curso
Estão abertas inscrições para os Cursos de Iniciação Teatral oferecidos nos Núcleo de Artes Cênicas (NAC) do SESI-SP.
O objetivo do NAC é desenvolver os processos de aprendizagem teatral por meio da prática e da experimentação cênica e sensibilizar seus participantes para que a criação teatral desenvolva habilidades como criatividade, expressão, autoconhecimento, percepção coletiva, entre outras.
Os cursos serão ofertados em dois módulos: Semestral, voltado a alunos com idade a partir de oito anos interessados na experimentação da linguagem teatral, e Anual, também conhecido como Múltiplas Linguagens, direcionado a alunos com mais de 18 anos. Outras modalidades oferecidas são as oficinas temáticas, que abrirão o período de inscrição ao longo do ano.

 

Cursos Semestrais

Destinado a pessoas que buscam o aprendizado das artes cênicas, por meio da experiência do teatro, como vivência individual e coletiva. A proposta é provocar o potencial criativo do aluno a partir dos exercícios cênicos, atividades lúdicas e jogos.
Alunos da rede SESI e beneficiários da indústria, devidamente identificados, terão prioridade no número de vagas disponíveis no curso Semestral e poderão efetuar a inscrição até dia 17/02. As vagas remanescentes estarão disponíveis para a comunidade em geral a partir do dia 20/02. Serão ofertadas 75 vagas, divididas em três turmas.
As aulas estão previstas para iniciarem em março, com carga horária de 32h, sendo um encontro semanal até junho.

 

Curso Anual - Múltiplas Linguagens

Tem como objetivo proporcionar ao aluno a experiência de um grupo de montagem teatral que percorre de forma conjunta todas as etapas que contemplam a criação de um espetáculo: pesquisa teórica e prática, concepção de cenário e figurino, produção, ensaios e apresentações públicas. Para essa modalidade, as inscrições podem ser feitas até dia 03/03 para beneficiários e público geral. Todos os inscritos passarão por processo seletivo, composto por análise da ficha de inscrição, observando as experiências prévias do candidato e sua intenção em realizar o curso, e possível entrevista ou prova prática, que selecionará os 20 alunos que irão compor a turma.
As aulas iniciam em março e têm carga horária de 220h, distribuídas em duas aulas semanais até o mês de novembro. Ao final do módulo Múltiplas Linguagens, os alunos participarão das apresentações do programa Cena Livre.


Cronograma:
SEMESTRAL
de 8 a 12 anos
- aulas as quartas, das 12h20 às 14h20 e 14h30 às 16h30
de 12 a 15 anos - aulas as terças, das 14h às 16h

ANUAL | Múltiplas Linguagens
Período para realização do processo seletivo - dias 7 e 9 de março de 2017, às 19h. Início das aulas 13 de março.

Os interessados devem procurar a Secretaria Única da unidade mais próxima, munidos dos seguintes documentos originais: RG, CPF e comprovante de residência. Menores de 18 anos devem estar acompanhados de um responsável e ambos devem apresentar RG e CPF, ou certidão de nascimento, no caso do aluno.
SESI Santos: Av. Nossa Senhora de Fátima, 366, Jardim Santa Maria
Telefone: (13) 3209-8210
Capital e Grande São Paulo: (11) 3528-2000
Outras localidades: 0800 55 1000

Núcleos de Artes Cênicas (NACs) do SESI-SP
Realizam atividades gratuitas de difusão cultural e ações pedagógicas de iniciação teatral por meio dos cursos livres promovidos anualmente. Os NACs estão localizados em diversas unidades do SESI-SP na capital e interior do Estado. O programa, criado em 1987, tem como objetivo melhorar a qualidade de vida dos participantes e colaborar com o exercício da cidadania – especialmente pela expansão de ideias que a produção artística proporciona.

Mais informações: