quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Dicas da Língua Portuguesa
O francês no português

Muito bom dia a todos vocês. Hoje é quinta-feira e dia da coluna Dicas da Língua Portuguesa.
Espero que gostem.
Abraços,
Míriam


Museu da Língua Portuguesa de São Paulo destacou exposições especiais de grandes pintores franceses como Matisse e Léger e de escultores como Rodin. Concertos dedicados à música francesa ou com a participação de artistas franceses, publicações dedicadas às influências culturais francesas, cardápios de restaurantes com novas sugestões de influência francesa e até acordos comerciais (quase) firmados entre Brasil e França.
Mas, na verdade, em 2009, a presença da França foi maior, já que as influências francesas fazem parte da história do nosso país e tiveram papel importante na formação da identidade brasileira nos campos político, econômico, social e cultural. Algumas provas disso são: as influências da Revolução Francesa em nosso processo de Independência; a belle époque, que mudou nossa arquitetura e a moda; a fundação da USP, que contou com a presença de intelectuais franceses; o próprio modelo de universidade pública brasileiro, semelhante ao francês.
Os vestígios dessa presença da cultura francesa em nosso país podem ser comprovados também pelas palavras emprestadas (os galicismos), que foram sendo incorporadas à nossa língua. Por exemplo, em vez de as mulheres vestirem “porta-seios”, vestem“soutien” (sutiã – aportuguesado). E quem nunca teve um déjà-vu (aquela impressão de já ter visto algo ou vivido uma situação, que, na realidade, não aconteceu)?
Mas, diferentemente de soutien ou déjà-vu, há galicismos que foram incorporados no Brasil com outro sentido do utilizado na França. Marchand, no português, designa o comerciante de obras de arte, ao passo que, em francês, refere-se a comerciante em sentido abrangente. Abat-jour (abajur – aportuguesado), em português, designa a luminária toda, enquanto em francês indica apenas a cúpula da luminária.
Como são inúmeros os exemplos da influência da língua francesa na portuguesa, apresentamos a seguir um quadro com os principais vocábulos. Por meio dele, ficará mais evidente como o francês está muito presente no português.

Fonte: Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Educação Continuada 

Nenhum comentário: