terça-feira, 31 de maio de 2016

Novo link da Revista Conexão Literatura
Baixe gratuitamente todas as edições

Olá pessoal, muito bom dia. Se você ainda não conhece a Revista Conexão Literatura, a edição é mensal voltada exclusivamente para o mundo dos livros, entrevista com escritores e diversas atividades literárias.

Apresentação da revista
O organizador, escritor e ativista cultural Ademir Pascale explica como surgiu a produção da revista, que a cada mês ganha mais adeptos.
“Tudo começou com uma simples ideia em julho de 2015, sendo lançada de forma experimental a edição de nº 01 destacando o grande escritor Oscar Wilde. Hoje a Revista Conexão Literatura é um grande canal digital de entretenimento e informação para autores, leitores, editores, blogueiros e profissionais do meio literário. Sua pontualidade, seriedade e profissionalismo permitiram que suas edições chegassem até milhares de internautas por meio das redes sociais Facebook e Twitter. Os leitores podem ler a revista digital baixando gratuitamente”, diz Pascale.


segunda-feira, 30 de maio de 2016

Um pouquinho de Pablo Neruda

Para iniciar a segunda-feira com muito amor, que tal uma poesia de Pablo Neruda?
Espero que vocês gostem porque ele é o meu poeta favorito.

Chileno, Pablo Neruda nasceu na cidade de Parral em 12 de julho de 1904 e faleceu em Santiago em 23 de setembro de 1973, com nome de Neftalí Ricardo Reyes Basoalto, adotou o pseudônimo quando adolescente inspirado no escritor checo Jan Neruda, nome esse que utilizaria durante toda a vida, tornando-se seu nome legal, após ação para modificação do seu nome civil. 
Um dos poetas sul-americanos mais aclamados pela crítica e público, é dono de um texto sensível, simples, forte e completamente apaixonante.

Soneto VII

Não te amo como se fosses rosa de sal, topázio
ou flecha de cravos que propagam o fogo:
te amo como se amam certas coisas obscuras,
secretamente, entre a sombra e a alma.

Te amo como a planta que não floresce e leva
dentro de si, oculta, a luz daquelas flores,
e graças a teu amor vive escuro em meu corpo
o apertado aroma que ascender da terra.

Te amo sem saber como, nem quando, nem onde,
te amo diretamente sem problemas nem orgulho:
assim te amo porque não sei amar de outra maneira,

senão assim deste modo em que não sou nem és
tão perto que a tua mão sobre meu peito é minha

tão perto que se fecham teus olhos com meu sonho.

sábado, 28 de maio de 2016

Virada Cultural em Santos

A Virada Cultural Paulista completa dez anos de existência e promete movimentar diversos pontos de Santos com uma programação eclética e democrática entre sábado e domingo, que inclui opções para todos os gostos e espaço para os artistas da região.
Com Alceu Valença, Maria Gadú, Vania Bastos e Angela Ro Ro como principais nomes, o evento contará ainda com os santistas Bula (rock) e Preta Rara (hip hop). Isso sem contar na programação da Frontaria Azulejada, que funcionará como espaço oficial dos artistas independentes.

Legal, né?
Acompanhe a programação completa para os dias 28 e 29/5, acesse:

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Horror em Amityville
Um dos livros mais apavorantes da literatura

Olá pessoal, muito bom dia a todos.
Finalmente terminei e enviei ontem ao organizador da Revista Conexão Literatura, o meu conto para a próxima edição. Pronto, missão cumprida!!!
E ontem mesmo, à noite, curtimos um caldo verde na casa de meu irmão, uma delícia com esse friozinho e entre uma conversa e outra, surgiu comentário de filmes e livros, e, como um dos livros mais tenebrosos, a indicação dele foi “Horror em Amityville”, de Jay Anson, quem se lembra?
E para quem ainda não leu o livro ou assistiu o filme, eis a dica de hoje, ainda mais com essa chuvinha, dia nublado... ajuda a entrar no clima da história, mais cuidado se você é medroso (a) porque o livro é sensacional e muito bem escrito.

Sinopse: Horror em Amityville
Em 13 de novembro de 1974 a polícia do condado de Sufolk encontrou um crime brutal, o assassinato de uma família inteira enquanto dormia. Poucos dias depois, Ronald Defeo Júnior admitiu que usou um rifle para matar os pais e seus 4 irmãos, alegando ter ouvido vozes que vinham de dentro da casa e que o influenciaram a cometer os crimes.
Um ano depois George e Kathy se mudam com os filhos para a antiga casa dos Defeo. Não demora muito para que estranhos eventos comecem a acontecer, afetando a vida da família e indicando que uma presença maligna está oculta na casa.

Na Livraria Saraiva, a edição digital sai por R$19,90.

Bem meus amigos, fica aqui a dica de hoje.
Espero que tenha agradado.
Obrigada, beijos, até amanhã.
Míriam 

terça-feira, 24 de maio de 2016

OVNIs

Até que enfim assisti uma matéria verdadeira sobre os OVNIs, pois tudo o que foi falado por pilotos em vídeos de 30 anos, eu vi também, quando morava em São Paulo. Descrevi o ocorrido e enviei a um jornal da época, que publicou o meu relato.
Adorei, enfim, para quem nunca acreditou no que eu contei, tá aí o Fantástico de domingo passado que não me deixa mentir: eles existem sim. 
Boa Fantástico!

E para descontrair sobre o assunto, deixo o miniconto Luzes Brilhantes, espero que gostem, pois a história fez parte de uma das últimas edições da Revista Eletrônica TerrorZine.

Luzes Brilhantes

Anna retornava da escola num fim de tarde nublado naquele começo de inverno de 1982. Ela entrou pelo corredor da vila particular onde morava, no Jardim da Saúde, em São Paulo e viu que estava sozinha no lugar. Anna caminhava devagar quando viu algo estranho no céu. 
A luz alternava do branco para o amarelo claro. A luz era brilhante e imóvel, como um círculo reluzente. O que chamou mais a atenção da moça foi o fato da luz se esconder nas nuvens ao passar um avião; e quando a aeronave se afastava, lá estava ela brilhando no mesmo lugar. 
A jovem ficou ali imóvel observando até a luz desaparecer.
O fato seguiu-se por alguns dias.
Numa certa noite, a jovem retornava do colégio quando viu o círculo luminoso reinar no céu. Seus olhos ficaram hipnoticamente fixos naquele brilho, que começou a mover-se e a ficar maior. Estava se aproximando, vindo devagar, e ficando mais reluzente. Anna, trêmula, permanecia imóvel com seus olhos arregalados. A luz desceu mais e mais em sua direção, até ela ser totalmente absorvida... A estudante nada contou a ninguém.
Agora quando a luz desponta no céu, Anna sente-se fazer parte dela.  

domingo, 22 de maio de 2016

Tocando Santos 2016
Hoje, no SESC Santos

Em sua 22ª Edição, o projeto Tocando Santos - realizado em parceria entre SESC e o Governo do Estado São Paulo - traz uma série de concertos com grupos sinfônicos do Estado.
Nesta edição, homenageia a Pinacoteca Benedicto Calixto por seus 30 anos de fundação, trajetória de sucesso e grande contribuição cultural para a Baixada Santista. Além deste concerto, o 'Tocando Santos' apresenta mais 10 durante o ano oferecendo ao público música sinfônica de qualidade e encerrando o ano com a tradicional apresentação na Praia do Gonzaga da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp).


Serviço:
22ª Edição Tocando Santos
Quando: dia 22 de maio,  às 18h
Local: Teatro do SESC Santos: Rua Conselheiro Ribas 136, Aparecida
Ingressos: de R$ 5, a R$ 17,

Gostaram da dica cultural de hoje?
O Tocando Santos é um evento muito bom e vale a pena.
Espero que gostem. Abraços,

Míriam 

sábado, 21 de maio de 2016

Picasso: mão erudita, olho selvagem
Começa domingo no Instituto Tomie Ohtake

O Instituto Tomie Ohtake abre neste domingo (22) uma exposição do artista espanhol Pablo Picasso, em São Paulo. A mostra "Picasso: mão erudita, olho selvagem" é composta por mais de 150 peças pertencentes ao acervo do Musée National Picasso-Paris, a maioria inédita no Brasil e que traçam um percurso cronológico das principais fases do artista, desde os anos de formação até os últimos de produção.
Ao todo, são 116 trabalhos de Picasso – 34 pinturas, 42 desenhos, 20 esculturas e 20 gravuras –, além de uma série de 22 fotogramas de André Villers realizados em parceria com artista espanhol. Completam a mostra, 12 fotografias de autoria de Dora Maar, três de Pirre Manciet e filmes sobre os trabalhos e seus processos de realização. A curadoria da exposição é de Emilia Philippot, curadora também do Musée National Picasso-Paris.

Pessoal, não é demais esta mostra?
Leia a matéria completa, com horários e local.
Acesse:

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Virada Cultural Paulista 2016
Começa hoje e termina domingo

Olá pessoal, vejam que legal, nos dias 20, 21 e 22 acontece a Virada Cultural Paulista 2016.
Em sua 12ª edição, o evento é um dos maiores festivais de rua do Brasil e atrai milhares de pessoas todos os anos.
Com programação gratuita, shows acontecem em  diversos bairros da capital paulista.
Além de shows musicais, a Virada conta com apresentações de artes visuais, cinema, circo, teatro e dança.

Foto divulgação

Saiba mais sobre o evento e a programação completa, acesse:

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Admirável Mundo Novo
Aldous Huxley

Olá meus amigos, tenham uma excelente quinta-feira.
Admirável Mundo Novo, simplesmente amo essa história, que apenas assisti a minissérie há alguns anos na TV, antes de ler o livro; daí que emprestei o romance e ele sumiu.
Acabei me lembrando desse livro hoje, e claro que irei comprá-lo novamente, e, desta vez, sem empréstimos!
Bem, fica aqui a dica, caso alguém tenha interesse.

Uma sociedade inteiramente organizada segundo princípios científicos, na qual a mera menção das antiquadas palavras “pai” e “mãe” produzem repugnância. Um mundo de pessoas programadas em laboratório, e adestradas para cumprir seu papel numa sociedade de castas biologicamente definidas já no
nascimento. Um mundo no qual a literatura, a música e o cinema só têm a função de solidificar o espírito de conformismo.
Um universo que louva o avanço da técnica, a linha de montagem, a produção em série, a uniformidade, e que idolatra Henry Ford. Essa é a visão desenvolvida no clarividente romance distópico de Aldous Huxley, que ao lado de 1984, de George Orwell, constituem os exemplos mais marcantes, na esfera literária, da tematização de estados autoritários.
Se o livro de Orwell criticava acidamente os governos totalitários de esquerda e de direita, o terror do stalinismo e a barbárie do nazifascismo, em Huxley o objeto é a sociedade capitalista, industrial e tecnológica, em que a racionalidade se tornou a nova religião, em que a ciência é o novo ídolo, um mundo no qual a experiência do sujeito não parece mais fazer nenhum sentido, e no qual a obra de Shakespeare adquire tons revolucionários. Entretanto, o clássico de Huxley não é um mero exercício de futurismo ou de ficção científica. Trata-se, o que é mais grave, de um olhar agudo acerca das potencialidades autoritárias do próprio mundo em que vivemos.

Aldous Leonard Huxley 
Escritor inglês e um dos mais proeminentes membros da família Huxley. Passou parte da sua vida nos Estados Unidos, e viveu em Los Angeles de 1937 até a sua morte, em 1963. 
Mais conhecido pelos romances, Admirável Mundo Novo e diversos ensaios, Huxley também publicou contos, poesias e literatura de viagem.

Obra:
·       1920 - Limbo, contos de estreia
·       1921 - Crome Yellow (Férias em Crome), romance
· 1923 - Antic Hay (Ronda Grotesca), romance
·       1926 - Two or Three Graces (Duas ou Três Graças), contos
·       1928 - Point Counter Point (Contraponto), romance
·       1929 - Do What you will (Satânicos e visionários), ensaios
·       1932 - Brave New World (Admirável Mundo Novo), romance
·       1936 – Eyeless in Gaza (Sem Olhos em Gaza), romance
·       1937 - Ends and Means Despertar do Mundo Novo), ensaios
·       1939 – After Many Summers (Também o Cisne Morre), romance
·      1941 – Grey Eminence (Eminência Parda), biografia romanceada
·       1943 – The Art of Seeing (A arte de ver), ensaios
·       1945 - Time Must Have a Stop (O Tempo Deve Parar), romance
·       1946 – The Perennia Philosophy (A filosofia perene), ensaios
·       1949 – Ape and Essence (O Macaco e a Essência), romance
·       1952 – The Devils of Loudun (Os Demônios de Loudun)
·  1954 – The Doors of Perception (As Portas da Percepção), ensaios
·       1956 - Heaven and Hell (Céu e Inferno), ensaios
·  1959 – Brave New World Revisited (Regresso ao Admirável Mundo Novo), ensaios
·       1962 – Island (A Ilha), romance
·       1978 – The Human Situation (A Situação Humana), ensaios 

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Poesia Anjos do Céu
Álvares de Azevedo

As ondas são anjos que dormem no
mar,
Que tremem, palpitam, banhados de
luz...
São anjos que dormem, a rir e sonhar
E em leito d´escuma revolvem-se nus!
E quando de noite vem pálida a lua
Seus raios incertos tremer, pratear,
E a trança luzente da nuvem flutua,
As ondas são anjos que dormem no

mar!
Que dormem, que sonham- e o vento
dos céus
Vem tépido à noite nos seios beijar!
São meigos anjinhos, são filhos de
Deus,
Que ao fresco se embalam do seio do
mar!
E quando nas águas os ventos
suspiram,
São puros fervores de ventos e mar:
São beijos que queimam... e as noites
deliram,
E os pobres anjinhos estão a chorar!
Ai! quando tu sentes dos mares na
flor
Os ventos e vagas gemer, palpitar,
Por que não consentes, num beijo de
amor
Que eu diga-te os sonhos dos anjos
do mar?

Maravilhosa, não é?
Bem, sou suspeita porque adoro Álvares de Azevedo, escritor da segunda geração romântica brasileira e que morreu tão novo, aos 20 anos de idade.

Um pouco de Álvares de Azevedo
Manuel Antônio Álvares de Azevedo apesar da pouca idade deixou expressiva obra: Poesias diversas, Poema do Frade, o drama Macário, o romance O Livro de Fra Gondicário, Noite na Taverna, Cartas, vários Ensaios (incluíndo "Literatura e civilização em Portugal", "Lucano", "George Sand" e "Jacques Rolla") e Lira dos vinte anos.
O autor foi muito lido até as duas primeiras décadas do século XX, com constantes reedições de sua poesia e antologias. As últimas encenações de seu drama Macário foram em 1994 e 2001.

Bem queridos amigos, espero que gostem da poesia.
Grande beijo e até mais.

Míriam

terça-feira, 17 de maio de 2016

Orson Welles e a autoria na indústria do cinema
Programação até dia 31

Mr. Faker - A Mostra traz alguns filmes importantes do universo do cineasta norte-americano Orson Welles, com exibição no Cine Arte Posto 4 (Av. Vicente de Carvalho, s/nº, Santos, no jardim da orla da praia, ao lado do canal 3).
Os filmes, com ingressos a R$1,50 e R$3,00, acontecem nos dias 17, 18, 24 e 31/5.
Foto divulgação

Confira a programação, acesse:

Olá pessoal, espero que gostem da mostra, eu achei muito legal e irei conferir.
Grande abraço,

Míriam

segunda-feira, 16 de maio de 2016

12ª edição da Revista Conexão Literatura
Saiba como participar

Interessado em participar da 12ª edição da Revista Conexão Literatura? As inscrições estão abertas e até o final do mês você pode anunciar, enviar conto ou crônica para o organizador da revista, o escritor e ativista cultural Ademir Pascale.
Saiba como, veja o anúncio abaixo.

Aproveite para conhecer, se você ainda não leu a edição especial de maio que traz o autor Stephen King, tá muito legal. Acesse:


Bem é isso!
Obrigada por sua visita em minha página, agradeço a todos vocês leitores, que estão sempre presentes.
Abraços,

Míriam

domingo, 15 de maio de 2016

Semana Nacional de Museus
Armando Sendin na Pinacoteca Benedicto Calixto

Muito bom dia a todos nós e que o domingão seja proveitoso.
Ontem, muitos afazeres, também comecei a escrever minha história para a próxima edição da Revista Conexão Literatura e o tempo foi curto, não consegui disponibilizar material para a página.

Estamos na Semana Nacional dos Museus  e participando desta 14ª Semana, a Pinacoteca Benedicto Calixto, em Santos, realiza monitoria especial sobre paisagens urbanas e marítimas aos olhos do artista Benedicto Calixto. A proposta é analisar os significados da paisagem cultural na obra do pintor com orientação das curadoras do museu.

Mostra Armando Sendin
Foto divulgação
Uma trajetória entre o onírico e a abstração. Dessa maneira é descrita a mostra que promove uma retrospectiva do ceramista, escultor, desenhista e pintor carioca Armando Moral Sendin, um dos mais expressivos representantes do realismo brasileiro.
Os trabalhos, exibidos pela primeira vez em seu conjunto, fazem parte da coleção particular do artista, doada para a Pinacoteca Benedicto Calixto em 2015.
A mostra pode ser visitada até o dia 6 de junho.

Serviço:
Semana Nacional dos Museus
Mostra Armando Sendin
Quando: até dia 6 de junho
Horário: de terça a domingo, das 9h às 18h
Local: Pinacoteca Benedicto Calixto – Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, Boqueirão, Santos (em frente a praia, com estacionamento aos fundos)
Entrada gratuita

Gostaram da dica cultural? Espero que sim, pois eu pretendo conferir.
Até amanhã pessoal. Abraços,

Míriam