sexta-feira, 3 de julho de 2015

Tenham uma excelente sexta-feira, ufa, até que enfim chegou!

Ontem tive alguns problemas técnicos com a internet e estive sem condições de colocar a coluna da revisora Bernadete Bernardo, que nos traz hoje um assunto muito importante sobre Denotação e Conotação.

“Quando a palavra é utilizada com seu sentido comum (o que aparece no dicionário) dizemos que foi empregada denotativamente. Quando é utilizada com um sentido diferente daquele que lhe é comum, dizemos que foi empregada conotativamente. Este recurso é muito explorado na Literatura”, explica Bernadete.

Bem, espero que gostem do assunto.

Obrigada, abraços,

Miriam

 


Denotação e Conotação

 

Nos textos literários nem sempre a linguagem apresenta um único sentido, aquele apresentado pelo dicionário. Empregadas em alguns contextos, elas ganham novos sentidos, figurados, carregados de valores afetivos ou sociais.
Quando a palavra é utilizada com seu sentido comum (o que aparece no dicionário) dizemos que foi empregada denotativamente.
Quando é utilizada com um sentido diferente daquele que lhe é comum, dizemos que foi empregada conotativamenteEste recurso é muito explorado na Literatura.
A linguagem conotativa não é exclusiva da literatura, ela é empregada em letras de música, anúncios publicitários, conversas do dia a dia etc.
“Os donos soltaram os cachorros para que eles pudessem passear na fazenda.”
“Eles soltaram os cachorros quando perceberam que foram enganados!”
Você diria que a expressão “soltaram os cachorros” foi empregada com a mesma intenção nas duas orações? Na primeira, a expressão “soltaram os cachorros” foi utilizada em seu sentido literal, isto é, no sentido denotativo, pois de fato os animais foram liberados para passear. E na segunda oração? Qual sentido você atribuiu à expressão “soltaram os cachorros”? Provavelmente você percebeu que ela foi empregada em seu sentido conotativo, pois naquele contexto representou que alguém ficou bravo e acabou se exaltando, perdendo a paciência.

ConotaçãoSentido mais geral que se pode atribuir a um termo abstrato, além da significação própria. Sentido figurado, metafórico.


Calvin e Haroldo, criação de Bill Watterson. O uso da conotação confere o efeito de humor da tirinha
Denotação: Significado de uma palavra ou expressão mais próximo do seu sentido literal. Sentido real, denotativo.


Na tirinha acima, as expressões estão em seu sentido denotativo, e o humor é obtido pelo enunciado do segundo quadrinho e a expressão de desaprovação de Helga, esposa de Hagar.

Fonte: Brasilescola.com/ Português.com.br
Foto: Português.com.br/ Blog Veredas da língua

Nenhum comentário: