quarta-feira, 6 de maio de 2015

Olá meus amigos.

Hoje é dia da coluna da revisora Bernadete Bernardo sobre dicas da Língua Portuguesa, Literatura e diversidades. E para esta semana, temos os Ditados populares, muito falados e que vale a pena colocá-los, afinal, fazem parte de nossa cultura.

Espero que vocês apreciem.

Grande abraço e até amanhã,

Miriam

 


Ditados populares

 Os ditados populares ou provérbios são frases, expressões comumente usadas para expressar aspectos sobre a vida comum, as situações cotidianas e acrescentarem um ensinamento filosófico e /ou moral.

Muitos de nós já ouvimos esses ditados, e até já fizemos uso dos mesmos. Como parte importante de uma cultura sofrem ao longo do tempo muitas modificações e aí entram os historiadores e escritores para tentarem descobrir a origem e seus significados, que por vezes chegam a nós totalmente diferentes em sua essência.

Vejamos alguns que conhecemos e aproveitemos para falar de modo correto:

Batatinha quando nasce, se esparrama pelo chão.
Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão.

Cor de burro quando foge.
Corro de burro quando foge.

Cuspido e escarrado.
Esculpido em Carrara (Carrara é um tipo de mármore)

Quem não tem cão, caça com gato 
Quem não tem cão, caça como gato (Ou seja, sozinho)

Quem tem boca vai a Roma.
Quem tem boca vaia Roma. 

Fonte: Correio24horas / Sua pesquisa./ ibahia.com 

Nenhum comentário: