quinta-feira, 23 de abril de 2015

Muito bom dia a todos vocês queridos amigos.

Hoje é dia da coluna Dicas da Língua Portuguesa da revisora Bernadete Bernardo.

É este, esse ou aquele? Vamos escrever certo? Então siga as regras dos Pronomes Demonstrativos.

Bem, por hoje é só.

Grande abraço,

Miriam

 

 

Pronomes Demonstrativos

 

Os pronomes demonstrativos demonstram a posição de um elemento qualquer em relação às pessoas do discurso, situando-os no espaço, no tempo ou no próprio discurso.
Eles se apresentam em formas variáveis (gênero e número).  

Primeira Pessoa
Este, estes, esta, estas, isto
Segunda Pessoa
Esse, esses, essa, essas, isso
Terceira Pessoa
Aquele, aqueles, aquela, aquelas, aquilo

- As formas de primeira pessoa indicam proximidade de quem fala ou escreve:

Este - quando o objeto estiver próximo. Quando estiver ao seu "alcance".
Este carro aqui é meu. (o carro está tão próximo que posso tocá-lo). 
Este senhor ao meu lado é o meu avô.
Os demonstrativos de primeira pessoa podem indicar também o tempo presente em relação a quem fala ou escreve.

Esse - quando o objeto estiver distante. Quando não estiver ao seu "alcance". As formas de segunda pessoa indicam proximidade da pessoa a quem se fala ou escreve:
Esse carro é do meu tio. (o carro não está tão próximo a ponto poder tocá-lo).
Essa foto que tens na mão é antiga?

Aquele - quando o objeto está mais distante ainda. Os pronomes de terceira pessoa marcam posição próxima da pessoa de quem se fala ou posição distante dos dois interlocutores.
Aquele carro no final da rua é bonito. (o carro está bem distante).

Aquela foto que ele tem na mão é antiga.


Os pronomes demonstrativos, além de marcar posição no espaço, marcam posição no tempo.

- Este (e flexões) marca um tempo atual ao ato da fala.
Neste instante minha irmã está trabalhando.
- 
Esse (e flexões) marca um tempo anterior relativamente próximo ao ato da fala.
No mês passado fui promovida no trabalho. 
Nesse mesmo mês comprei meu apartamento.
- 
Aquele (e flexões) marca um tempo remotamente anterior ao ato da fala.
Meu avô nasceu na década de 1930. 
Naquela época podia-se caminhar à noite em segurança.


Fonte: site Brasil Escola
Fotos: Blog Miss Carbono/ Pinterest/ Blog Raquel Reis 

Nenhum comentário: