domingo, 13 de julho de 2014

Olá meus amigos, um bom domingo a todos nós. Depois do fiasco, novamente, quem será que levará a taça, Argentina ou Alemanha?
Bem, deixando o futebol de lado, um espetáculo que um amiga me indicou aqui para o blog, por ser cultural, é a Dama de Negro, que está em cartaz no teatro Nair Bello, até dia 27/7.
Espero que gostem da dica de hoje.
Abraços,
Miriam

A Dama de Negro

Causa surpresa e um pouco de desconfiança uma montagem enquadrada no gênero drama de horror. Incomum, essa definição é aplicada à peça A Dama de Negro, adaptação de Stephen Mallatratt para o romance escrito por Susan Hill.
O espetáculo, com direção de Roberto Lage, tem 80 minutos e é recomendado para um público acima de 12 anos.
Ben-Hur Prado interpreta um homem que precisa revelar uma antiga história e, assim, segundo acredita, ficar livre de uma maldição. Contrata, então, um encenador (Josafá Filho) para ajudá-lo na tarefa. No outro plano, Josafá representa um jovem advogado londrino encarregado de cuidar da documentação de uma mulher falecida num lugar inóspito. Por lá, ele enfrenta situações intrigantes que desafiam sua coragem. Prado e Gabriella Aly se revezam nos demais tipos.
O espetáculo, que é baseado no romance original “The Woman in Black”, estreou no dia 3 de maio e fica em cartaz até 27 deste mês, no teatro Nair Bello.

Serviço:
A Dama de Negro
Quando: até dia 27/7 - sexta, 21h30; sábado, 21h; domingo, 19h
Local: Teatro Nair Bello - Rua Frei Caneca, 569 - Shopping Frei Caneca, 3º piso, Consolação, São Paulo
Telefone: (11) 3472 2414
Bilheteria: 13h30/19h30 (terça a quinta); a partir das 15h (sexta a domingo). Estacionamento (R$ 9,00 por duas horas)
Sexta e domingo: R$ 50,00
Sábado: R$ 60,00 

Nenhum comentário: