domingo, 23 de fevereiro de 2014

Olá! Um bom domingo a todos vocês e aproveitem ao máximo.
Estou lendo o livro “Diabólica e outras histórias”, do Ademir Pascale e estou adorando. E ele é o meu convidado especial de hoje, que conversa com os leitores do Histórias Fantásticas sobre o livro.
Espero que gostem da dica de leitura.
Grande abraço,
Miriam

Diabólica e outras histórias
Livro de Ademir Pascale

Como mencionei, estou lendo o livro do escritor Ademir Pascale “Diabólica e outras histórias” e simplesmente adorando!
São histórias extraordinárias que mesclam cenários sobrenaturais, de ficção científica e históricos, mas com uma pitada de romantismo, que destaco em alguns contos como Draculea, que sai da tradicional “mordida do vampiro” para se eternizar em doce amor.
Assim como o romance está presente no sensacional conto de ficção A Velha Canção do Marinheiro do Futuro, que vai do ano de 2457 até 1851, sempre mantendo o mesmo ritmo do protagonista, um simples marinheiro de 1943.
Amor Liberto é outra grande história que narra trechos de Jesus e tem um final surpreendente.
O livro tem 14 contos, são eles: “Diabólica”; “Alegoria da Maldade”; “Amor Liberto”;  “O olho que tudo vê”; ‘Cassandra Corbu”; “Metamorfose”; “A Velha Canção do Marinheiro do Futuro”; “Draculea”; “Mr. Sheol”; “Frei François”; “O Lado Oculto de Rose”; “A Estranha”; “Assassina de Sonhos” e “O Brinquedo de Ramurak – O Deus-Menino”.

Ademir Pascale fala sobre o livro

O convidado muito especial é o ativista cultural, linguísta, crítico de cinema e escritor Ademir Pascale.
Ademir tem uma vasta biografia no gênero fantástico e é um grande inovador na área. 
Já publicou dois romances, Encruzilhada e O Desejo de Lilith, além de organizar várias coletâneas, que já fizeram parte do bate-papo aqui da página.
Hoje, vou conversar sobre a publicação do livro Diabólica e outras histórias, que estou lendo depois de ser presenteada por ele no dia do lançamento da antologia Nevermore – contos inspirados no autor Edgar Allan Poe, do qual também faço parte.

Ademir, seja muito bem-vindo, mais uma vez, ao Histórias Fantásticas.

HF: Estou lendo o seu livro publicado em 2013 “Diabólica e outras histórias” que reúne vários contos sobre ficção, suspense e terror e também de amor sobre Jesus – “Amor Liberto”, história fabulosa e com um final surpreendente. Como foi reunir esses contos para mais essa coletânea? Nos fale também sobre Amor Liberto.

Olá, agradeço pela oportunidade em poder falar um pouco sobre o meu trabalho. Tenho inúmeros contos publicados e tinha alguns ainda sem publicação. “Diabólica” foi meu primeiro livro de contos. Tive a ideia de reunir alguns para esta coletânea e o trabalho final ficou muito bom, mesclando ficção científica, terror e fantasia. Já “Amor Liberto” foi uma novela que publiquei em e-book e que foi comercializado no site Amazon, mas depois achei que ele seria mais lido se fosse incluído nesta coletânea. Apesar de “Amor Liberto” ser uma fantasia, tem coisas que escrevi ali que acredito fielmente.

HF: Nos conte sobre o livro e sua inspiração para tantos gêneros diferentes.

Acho que um gênero é interligado a outro gênero, como ficção científica, terror e fantasia.
Um grande exemplo é a obra “Frankenstein”, de Mary Shelley. Pura ficção científica mesclada ao terror. Gosto disso e tive grande influência de Robert L. Stevenson, Edgar Allan Poe, Mary Shelley, Oscar Wilde e outros. Inicialmente o título deste livro seria “Alegoria da Maldade”, mas o editor não gostou e preferiu “Diabólica”. Até hoje eu ainda prefiro “Alegoria da Maldade”...(rs).


HF: Me fale sobre seu extraordinário conto “A Velha Canção do Marinheiro do Futuro”, que é maravilhosa e uma das histórias de ficção que mais gostei até hoje, e com um final também para lá de bom.

Muitos leitores elogiam este conto. Escrevi tão rápido e inclui tantas coisas loucas que passavam na minha mente em como deveria ser o futuro que sinceramente, achava que não iria agradar. Mesmo assim, com as ideias loucas que escrevi, acredito que viagens no tempo são possíveis e que já devem estar acontecendo.

HF: Você pretende publicar mais coletâneas desse gênero? Já tem alguma a caminho?

Sim, mas será uma com cerca de 20 autores. O título ainda é segredo, mas pende para o gênero terror. Outra também está a caminho, com sete autores e será do gênero ficção científica.

HF: Sempre o escritor quando publica coletâneas tem uma ou duas histórias que mais gosta. Você tem alguma nessa antologia? Por que da(s) escolha(s)?

Gostei de “Amor Liberto” e de “O Brinquedo de Ramurak – O Deus Menino”. Incrivelmente são contos de ficção científica, pois escrevo mais terror. É provável que por isso tenha gostado tanto, ficaram diferente dos demais contos.

HF: Como os leitores podem adquirir o livro? Deixe seus contatos e seus blogs literários.

Vou deixar um link onde estão todos os meus livros e links para compra: http://www.odesejodelilith.blogspot.com.br/p/livros-publicados.html


Estou no Twitter: www.twitter.com/ademirpascale

HF: Ademir, muito obrigada por mais essa participação aqui no Histórias Fantásticas.
Um grande abraço,
Miriam

Eu que agradeço, Miriam, forte abraço.
Ademir Pascale


Nenhum comentário: