terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Bom dia. Tenha uma excelente terça-feira.
Só para recordar hoje é dia do aniversário do saudoso ator Jack Palance, protagonista do filme Drácula o demônio das trevas, de 1973.
A data não podia passar em branco para os amantes de Drácula, pois é sempre bom recordar.
Grande abraço,
Miriam

Aniversário de Jack Palance
Protagonista do filme 
Drácula o demônio das trevas

O Conde Drácula (Jack Palance) deixa seu castelo na Hungria e vai para Londres, na Inglaterra, para ficar mais próximo de seu amor reencarnado, a bela Lucy Westenra (Fiona Lewis). Mas o caçador de vampiros Dr. Van Helsing (Nigel Davenport) está à espreita de Drácula. Adaptação da obra de Bram Stoker assinada por Dan Curtis e feita originalmente para TV, lançado em 1973, mas exibida nos cinemas brasileiros com o título "Drácula, Maldição do Demônio".
O roteiro de Richard Matheson serviu de inspiração para o drama dirigido por Francis Ford Coppola em 1992, "Drácula de Bram Stoker".

Elenco

 Dracula's Wife
 Priest
 Innkeeper
 Innkeeper's Wife (como Hanna-Maria Pravda)
 Dracula
 Jonathan Harker
 Van Helsing
 Mrs. Westenra
 Zookeeper
 Whitby Inn Clerk
 Dracula's Wi

Trailer do filme:

Jack Palance
Jack Palance (nome artístico de Vladimir Palahniuk; Lattimer Mines, 18 de fevereiro de 1919 - Montecito, 10 de novembro de 2006) foi um famoso ator norte-americano, o qual é lembrado pelos diversos papéis representados através de vários filmes de muitas décadas de trabalho, englobando realizações nos anos 1950, 1960, 1970, 1980, 1990 e 2000.
Antes da carreira artística, Jack Palance foi lutador de boxe profissional.
Palance, um dos cinco filhos de seus pais, nasceu com o nome de "Volodymyr Palahniuk" (em ucraniano: Володимир Палагнюк) na região de Lattimer Mines da cidade de Hazel, estado da Pensilvânia (EUA), filho de Anna Gramiak e Ivan Palahniuk, um mineiro.
Palance largou a carreira no boxe quando foi convocado para atuar na Segunda Guerra Mundial. No retorno da guerra iniciou sua carreira artística, caracterizando-se pelos papéis de vilões nos filmes
western dos anos 50 e 60. Apesar de ter sido indicado ao Óscar anteriormente, com Shane (Os Brutos Também Amam, 1953) só obteve sua primeira estatueta em 1992, pelo filme City Slickers (Amigos, Sempre Amigos).
Palance surpreendeu a audiência da cerimônia ao mostrar seu vigor físico, ao fazer flexões com apenas um braço, mesmo já tendo 73 anos na época.
No Brasil, indiscutivelmente, seu maior sucesso não foi nenhum de seus filmes, mas sim a série Ripley's Believe It or Not! (Acredite se Quiser), produzida na década de 1970, e exibido no país pela extinta Rede Manchete de Televisão nas décadas seguintes.
À época, chegou até a ser contratado pela gestão da então prefeita Luíza Erundina para divulgar as ações da prefeitura paulistana, num comercial inspirado na série.


Nenhum comentário: