quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Olá, um bom dia para todos nós.
Hoje tem mais um longa na Mostra Cine Brasil Cidadania – Encontros, Sonhos e Realizações, que teve estreia no dia 9/1, e termina no dia 23/1.
As apresentações são gratuitas e acontecem no Sesc Santos, em parceria com o CineZen.
É muito bom poder prestigiar o cinema brasileiro.
Grande abraço,
Miriam

 Cine Brasil Cidadania
Encontros, Sonhos e Realizações

A região da Baixada Santista tem festivais que promovem a produção audiovisual local, com curtas e workshops. Também possui festivais temáticos e neste mês, passa também a contar com um projeto que visa exibir, promover e discutir longas do cinema nacional especificamente, sempre com a presença dos cineastas. Trata-se da Mostra Cine Brasil Cidadania, que está ocorrendo às quintas-feiras, dias 9, 16 e 23/1, às 19h30, com entrada franca, na sala 1 do Sesc Santos.

O projeto é realizado pelo CineZen em parceria com o Sesc, e já exibiu o filme “Bollywood Dream – O Sonho Bollywoodiano”, no dia 9; hoje,  “Encontros, Sonhos e Realizações”, que terá sua première no evento, de Eliza Capai e o premiado “Os Melhores Anos de Nossas Vidas”, de Andrea Pasquini (dia 23).

Desta forma, o público poderá saber mais sobre a produção nacional contemporânea que nem sempre chega ao circuito comercial da região.

 “Encontros, Sonhos e Realizações” (2012), seguido de
bate-papo com a diretora Eliza Capai; mediação de Waldemar Lopes
Duração do filme: 52 minutos
Sinopse: O programa Guerreiros Sem Armas, que deu origem ao filme, é uma formação vivencial de jovens em liderança e empreendedorismo social e já recebeu cerca de 343 participantes de 32 países, que são treinados em tecnologias para transformação de realidades em qualquer lugar do mundo. Dirigido por Eliza Capai e Patrick Vanier.


 O lançamento ocorre justamente durante a realização do Guerreiros Sem Armas 2014.

 Eliza Capai

 Eliza Capai é jornalista formada pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP). Desde 2001 atua como videomaker, repórter, câmera e editora – em reportagens e documentários relacionados a cultura, natureza e sociedade. Em 2010 viajou por sete meses pela África realizando quadro para o programa Saia Justa do GNT a partir de Marrocos, Cabo Verde, Mali, Etiópia e África do Sul. Em 2008, viajou do Panamá aos Estados Unidos produzindo uma série de reportagens sobre migração de mulheres para a Revista Fórum. Em paralelo realizou o quadro Central das Artes (sobre cultura centro americana) para a Televisão América Latina, TAL e o quadro Saia por Aí para o programa Saia Justa/GNT. Foi correspondente internacional de vários veículos de imprensa. Já dirigiu e editou diversos documentários independentes, tendo complementado sua formação neste campo na Escuela de Documentalistas e no Centro Cultural Rojas, em Buenos Aires, no ano de 2006.

Nenhum comentário: