sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Olá amigos, hoje sim é um grande dia, pois é sexta-feira!
Está em cartaz uma exposição na Pinacoteca do Estado que achei muito interessante e disponibilizo para vocês. Espero que gostem da dica cultural.
Um grande beijo e aproveitem o dia.
Miriam

Fato aberto, exposição na Pinacoteca do Estado


A Pinacoteca do Estado de São Paulo apresenta, até dia 23 de março, a exposição “Fato aberto: o desenho no acervo da Pinacoteca do Estado”, que é patrocinada pela Sabesp via Lei Rouanet.
O título da mostra foi inspirado em um texto de Mário de Andrade intitulado “Do desenho”. Segundo ele, o desenho é “uma transitoriedade e uma sabedoria” e que ele é “por natureza, um fato aberto”.
Composta por cerca de 140 obras, a exposição, que tem como objetivo apresentar ao público um grupo de desenhos do acervo da Pinacoteca, contará com obras sobre papel de mais de 60 artistas. O mais antigo de autoria, de Henry Chamberlain, data de 1820 e o mais recente, de Alex Cerveny, de 1991.
Fato aberto: o desenho no acervo da Pinacoteca do Estado é apresentada em quatro eixos temáticos, distribuídos ao longo das salas de exposições temporárias do segundo andar do museu, que são:
-Mapear o mundo, o desenho como ponto de partida para a compreensão do mundo, a tentativa de entender o mundo a partir do traço sobre o papel;
-Corpo e personalidade, a intimidade possibilitada pelo meio do desenho para o espelhamento do corpo e da personalidade, retratos, tipos, sugestões do corpo;
-Os prazeres do ócio, os desenhos produzidos em momentos de ócio e/ou que reproduzem a sensação do ócio, o rabisco de artistas, e o desenho de telefone;
-Convite ao raciocínio, o desenho como exercício mental e intelectual, produzindo/reproduzindo narrativas, significações, conceitos e modos de pensar.
A exposição contará com um catálogo editado em quatro volumes com capas dos artistas Rivane Neuenschwander, Jac Leirner, Tunga e Nicolás Robbio, assim como textos inéditos do escritor Bernardo Carvalho, da antropóloga e historiadora Lilia Moritz Schwarcz, do crítico Guy Brett e do psicanalista Tales Ab’Saber, além de textos do curador Giancarlo Hannud.

Serviço:
Fato aberto: o desenho no acervo da Pinacoteca do Estado
Quando: de 5/12 a 23/3/2014
Endereço: Praça da Luz, 2, São Paulo
Estação Luz do Metrô
Telefone: (11) 3324-1000
Outras informações: Site:


Nenhum comentário: