sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Olá, tenham uma excelente sexta-feira! Ufa, até que enfim chegou!
Para quem gosta de exposições, deixo aqui uma dica excelente. A artista Tomie Ohtake completou 100 anos ontem, e duas exposições acontecem em São Paulo e Rio de Janeiro, Gesto e Razão Geométricas e Pinturas Cegas, respectivamente.

Grande beijo,

Miriam


Tomie Ohtake completa 100 anos
Duas exposições comemoram a data

Ontem, a artista plástica Tomie Ohtake fez 100 anos. E para comemorar, o instituto que leva o nome da artista inaugura no sábado (23) a exposição “Gesto e Razão Geométrica”.
Na mostra, o crítico e curador Paulo Herkenhoff reúne cerca de 80 trabalhos de Tomie, a maioria pinturas. Nas obras é possível ver a mistura da construção geométrica com a pincelada gestual e linhas orgânicas, uma das características importantes do trabalho da artista.
Tomie Ohtake veio do Japão na década de 30 e é considerada uma dama das artes plásticas brasileiras. Famosa pelas esculturas gigantescas, suas obras estão espalhadas por diversos lugares públicos da cidade. Caso do painel do hall de entrada do auditório do Ibirapuera, do conjunto de painéis de pastilha na estação Consolação do metrô, e no Emissário Submarino de Santos (foto). A obra mais recente dela foi inaugurada em setembro, em Santo André.
A artista centenária tem uma carreira brilhante. Já conquistou 28 prêmios e fez 50 exposições individuais e 85 coletivas, no Brasil e no exterior.
Algumas vezes, Tomie Ohtake resolveu pintar de olhos vendados e não era para alcançar a perfeição. Não deveria haver linhas retas e corretas, pois, no caso, o pincel da artista não buscava demarcar território. Para ela, interessava também a experiência do “não saber”, da intuição.
Tomie começou a pintar aos 40 anos de idade. Já era mãe do arquiteto Ruy Ohtake e de Ricardo Ohtake, presidente do instituto que leva o nome dela. A japonesa naturalizada brasileira é discreta, mas bem ousada na arte, pintura, gravura, escultura, seja o que for. Para o curador da mostra, Paulo Herkenhoff, a artista consegue projetar a “imperfeição” em suas obras.

Serviço: Exposições:
Gesto e Razão Geométrica – São Paulo
Quando: abre amanhã, às 20h; de terça a domingo, das 11h às 20h, até 2/2 - gratuita
Local: Instituto Tomie Ohtake - rua Coropés, 88
Telefone: (11) 2245-1900

Pinturas Cegas – Rio de Janeiro
Quando: de terça a domingo, das 10h às 17h, até 2/2
Local: Mar - praça
Mauá, 5

Telefone: (021) 3031-2741
Ingresso: R$ 8

Nenhum comentário: