domingo, 15 de setembro de 2013

Amigos, acabei de ver no facebook, a divulgação, pelo organizador Ademir Pascale, do booktrailer do livro Nervermore – Contos Inspirados em Edgar Allan Poe, segunda antologia da qual fui convidada a participar.

Veja também entrevista do organizador sobre a antologia.

Abraços,

Miriam

 

Booktrailer do livro "Nevermore - Contos Inspirados em Edgar Allan Poe


É uma homenagem ao mestre do horror, gênio da literatura que morreu precocemente sem conhecer completamente a felicidade.

Assista o booktrailer do segundo livro que enaltece os contos de Edgard Allan Poe, antologia da qual fui convidada a participar. Acesse:

 

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=xl_Jya7u3_c

 

 

Entrevista do organizador Ademir Pascale para Estronho e Esquesito

 

No estudo denominado "Edgar Allan Poe, sua vida e sua obra", o poeta francês Charles Baudelaire afirmou: "Existem destinos fatais, homens que trazem escrita, em caracteres misteriosos, nas rugas sinuosas de sua testa, a palavra 'azar'".

Acredito que Baudelaire analisou apenas Poe em vida, destacando sua vida financeira e amorosa. Realmente ele teve uma vida sofrida, mas teve muito êxito em seus textos, tanto que repercutem até hoje, mais de 160 anos depois de sua morte. Conheci a vida do autor antes mesmo de ler uma das suas obras. O primeiro texto lido do Poe foi "O gato preto", o segundo foi "A queda da casa de Usher", e o terceiro "A filosofia da composição". Depois não parei mais.

Assim como Baudelaire e tantos outros autores, identifiquei-me com Poe. Iniciei no mundo da literatura graças aos seus textos e hoje dificilmente consigo escrever num outro estilo.
Em 2009 o escritor Maurício Montenegro ficou sabendo da minha paixão pelos escritos do Poe. Ele fez o convite para que eu organizasse com ele o livro comemorativo "Poe 200 Anos - Contos Inspirados em Edgar Allan Poe" (All Print, 2010), que foi uma obra que comemorou os 200 anos do nascimento do escritor.
Neste meio tempo, criei o blog "Poe's Club", que hoje posso considerar o blog brasileiro mais completo sobre a vida e obra de Edgar Allan Poe, com informações diversas e diárias: www.poesclub.blogspot.com.
Inquieto e sempre querendo mais, entrei em contato com o editor Marcelo Amado, outro fã de Edgar Allan Poe. Falei sobre minha vontade em fazer um novo livro e sugeri o título "Nevermore", palavra pronunciada inúmeras vezes pelo corvo do poema "O Corvo", escrito pelo Poe em 1845, quatro anos antes do seu prematuro falecimento.
Já fui incompreendido por familiares por escrever o gênero gótico, horror e até um pouco de ficção científica. É o que eu aprendi a fazer. É o que gosto de escrever. É como um artista, um pintor que pincela sua arte e seu estilo nas telas, deixando transparecer algumas influências de outros artistas e de sua vida pessoal. Acredito que estudarei a vida do Poe até o fim da minha vida e tenho até alguns estudos e palpites sobre a sua misteriosa morte, mas isso escreverei numa outra oportunidade e em seu tempo certo.
Sobre "Nevermore - Contos Inspirados em Edgar Allan Poe", escrevi: (Sinopse) é uma homenagem ao mestre do horror, gênio da literatura que morreu precocemente sem conhecer completamente a felicidade. Poe teve uma vida difícil, tanto amorosa como financeira, pois foi um dos primeiros escritores que tentou viver somente da escrita, mas que jamais deixou de acreditar em seu talento.
Poe é considerado o criador do gênero ficção policial e autor de inúmeros contos. Nevermore, título desta obra, celebra a repetida palavra pronunciada pelo corvo do poema “The Raven”, escrito em 1845.
Dez autores brasileiros mergulham no mundo gótico de Poe, dando continuidade ao seu primoroso trabalho de suspense e horror.

Sobre os autores convidados:
Eu já conhecia amplamente o trabalho dos autores convidados. Kathia Brienza publicou no livro “Poe 200 Anos”, assim como Miriam Santiago e Marcelo Amado. Leon Nunes eu conheci através do Facebook e gostei dos seus textos rebuscados.
Daniel Borba e Marcelo Bighetti eu já conhecia de longa data, tendo publicado vários trabalhos com eles. Luciana Fátima foi sugestão do editor Marcelo Amado, mas mesmo se não fosse, eu também a convidaria, pois gosto muito dos seus textos. Celly Borges também faz parte do time de autores. E claro, eu não poderia deixar de escrever um conto para esta obra, intitulado “A casa maldita dos Usher”.
O livro tem prefácio do Paulo Biscaia Filho (da Vigor Mortis) e será publicado pela Editora Estronho, com previsão para outubro/2013. Será formato bolso e terá capa dura. Um luxo numa capa incrível, trabalho primoroso que tudo que leva o nome “Edgar Allan Poe” merece ter.

Ademir Pascale
Escritor, organizador e ativista cultural 

Nenhum comentário: