segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Dia dos Vampiros

Olá queridos amigos, tenham um excelente dia.

Nesta terça-feira, 13 de agosto, é o Dia dos Vampiros!

Neste ano, a data completa 10 anos! Com muito evento e doação de sangue.

 

13 de agosto - Dia dos Vampiros 

A data intensifica a doação de sangue 

A Campanha do Dia dos Vampiros é realizada com muita batalha desde 2002. O Dia dos Vampiros (13 de agosto) se tornou lei na capital paulista em 23 de setembro de 2003. O intuito da data é incentivar a doação de sangue. 
A campanha vem sendo realizada pela escritora e idealizadora da data Liz Marins, que promove o evento contando com a presença de artistas de diversas áreas e escritores de literatura fantástica, que se reúnem a caráter para doar sangue ao Hemocentro Fundação Pró-Sangue (Clínicas), em São Paulo. 
Atualmente, a data está sendo celebrada em várias cidades do Brasil e mundo, como Eslovênia e Nova York! 

O Dia dos Vampiros tem três bandeiras essenciais: 
. Incentivo à Doação de Sangue
. Luta contra Preconceitos e Discriminações
. Incentivo à Diversidade Artística




Dia dos Vampiros completa 10 anos

O Dia dos Vampiros completa 10 anos no dia 13 de agosto, porém, o evento foi realizado no sábado, dia 10, para que todos pudessem comparecer, principalmente estudantes.
Se você perdeu, fica para o próximo ano, mas nada impede que hoje você faça sua doação  ao banco de sangue de qualquer hospital, que necessitam de sangue.

Vampiros

 

O mais famoso deles é Drácula, do romance homônimo de Bram Stoker, mas quem procura por um Drácula “real”, geralmente ouve falar de um certo príncipe romeno, Vlad Tepes (1431-1476), que teria inspirado o escritor.
Só que Tepes só é vampiro para o ocidente. Na Romênia, ele é visto como um herói nacional, também chamado de Vlad Dracula (“filho do dragão”), graças ao seu pai, que era membro da Ordem do Dragão, cavaleiros que protegiam o cristianismo e defendiam o império dos ataques dos turcos otomanos.
Mas os vampiros que as pessoas estão mais familiarizadas são fantasmas – cadáveres humanos que “voltam” da tumba para prejudicar os vivos.
Estes vampiros, por sua vez, têm origem eslava de pouco mais de cem anos. Ainda assim, há outras versões muito mais antigas, de vampiros que não eram imaginados como humanos, e sim como criaturas sobrenaturais, possivelmente demônios, entidades que não eram semelhantes a nós.
Matthew Beresford, autor de “From Demons to Dracula: The Creation of the Modern Vampire Myth” (“De Demônios à Drácula: A Criação do Mito Moderno dos Vampiros”) aponta que o mito do vampiro nasceu no mundo antigo, e é impossível provar quando foi que surgiu pela primeira vez. Alguns autores sugerem que os vampiros apareceram com a feitiçaria no Egito, como um “demônio” que teria sido convocado para este mundo, vindo de outro.
A dificuldade de determinar um ponto de origem aumenta porque existem muitas variedades de vampiros, entre eles os vampiros asiáticos, como os jianshi chineses, espíritos maus que atacam as pessoas e sugam sua energia vital, ou as deidades coléricas que bebem sangue e aparecem no livro dos mortos tibetanos.

Achei esse site muito legal sobre vampiros. Se você quiser saber mais, acesse:

Nenhum comentário: