quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013


Bom dia amigos! Tenham uma ótima quinta-feira!
Agradeço a todos vocês amigos e leitores pelo carinho no aniversário de um ano do meu blog. Compartilho nesta semana alguns depoimentos! Agradeço a todos!

Depoimentos:

AMO VISITAR O BLOG HISTÓRIAS FANTÁSTICAS. VIAJO AO LER AS HISTÓRIAS. ESTOU COMEMORANDO JUNTO COM VOCÊ, MIRIAM, ESSE PRIMEIRO ANO DO BLOG. DESEJO TUDO DE BOM PARA VOCÊ E QUE DEUS LHE DÊ MUITO MAIS SABEDORIA A CADA DIA; PARA QUE VOCÊ POSSA ESCREVER POR MUITOS E MUITOS ANOS ESSAS MARAVILHOSAS HISTÓRIAS FANTÁSTICAS! BEIJO GRANDE E MUITO, MUITO, MUITO MAIS SUCESSO!
BERNADETE MARIA – formada em Letras pela Universidade Metodista de São Paulo


Miriam com seu delicado e rebuscado trabalho faz arte e divulga a produção cultural que respira e que inspira a alma. Contribui através de seu blog de forma significativa, com um carinho especial sem comparativo com os demais trabalhos que são vinculados. Navegar em sua produção é uma experiência mais que gratificante! Parabéns pelo seu trabalho e pela forma com a qual conduz a difusão artística xará! Um beijo enorme em teu coração.”
Mirian Marclay – advogada e poetisa, autora do E-book Julieta & Romeu Romance em forma de poesia


“Miriam querida! Amiga minha e de muitos!
Jornalista brilhante, uma tenaz pesquisadora, comunicadora e escritora, que apresenta neste espaço o bom gosto pela Cultura e, gentilmente, nos oferece um mecanismo de comunicação inteligente, que atrai público de variadas idades.
Seu Blog, fundado em 25/02/2012, está aniversariando. Um ano! Um ano de confiabilidade prestada aos amigos, aos seus frequentadores, um canal de Comunicação aberto a Comunidade.
Aniversariar implica em celebrar, comemorar experiências, assinalar conteúdos por caminhos que levam ao progresso, à edificação.
A cultura move as pessoas e com ela fazemos o mundo. Neste sentido, cultura é tudo o que é produzido pelo ser humano.
Desde seu nascedouro você com dedicação esmerada, trouxe-nos a excelência da informação.
No Blog, com segmentos diversificados, espalham-se as “boas novas”, com programações de cinema, música, teatro, dança, literatura, dados sobre workshops, vernissages de artistas plásticos, pintores, escritores.
Deste modo, as informações nos chegam previamente, o que permite em tempo hábil, participações em eventos, cursos que abrangem a nossa Região Metropolitana e até mesmo em São Paulo, sugerindo e sinalizando oportunidades culturais.
Sinceros agradecimentos, pelas suas “chamadas culturais” em que não só atualizo–me , como disponho-me a, vez ou outra, participar de eventos.
Parabéns ! O Blog é excelente e revela Você !
Ao seu Sucesso, sempre!”
Ana Augusta de Andrade – Jornalista


É com todo o prazer que escrevo essas linhas.
Obrigado pela honra e poder escrever algo para teu blog.
O blog Histórias Fantásticas dá ativista cultural Miriam Santiago (espero poder chamá-la dessa forma) foi um achado inestimável para mim. Tem qualidade, ajuda a novos escritores e poemas a serem lidos e é uma deliciosa salada de frutas, dessas que você prova uma vez e nunca mais deixa de degustar.
Vida longa a Miriam, essa incansável guerreira das expressões artísticas, que o “Histórias Fantásticas” tenha vida longa, pois precisamos de espaços como esse cantinho, que é um coração de mãe, que minha amiga Miriam Santiago criou e compartilha com todos.
Felicidades e vida longa!”
Marcos Martins – Jornalista, poeta e escritor, autor do livro “O Lado Avesso – Nornes, o Mago”
=================
Ontem foi aniversário de falecimento do escritor Moacyr Scliar, e deixo aqui uma crônica que gostei muito, Ler faz bem à saúde.

Dois anos de falecimento de 
Moacyr Scliar

Moacyr Jaime Scliar nasceu em Porto Alegre, no dia 23 de março de 1937 e faleceu no dia 27 de fevereiro de 2011. Formado em medicina, trabalhou como médico especialista em saúde pública e professor universitário.
Scliar foi autor de contos, romances, ensaios e literatura juvenil.
Também ficou conhecido por suas crônicas nos principais jornais do País, como a Folha de SP.

Livro de Scliar é plagiado por escritor canadense

Com a festa do Oscar 2013, uma polêmica veio à tona, o escritor canadense Yann Martel, autor do premiado filme A Vida de PI, plagiou o livro Max e os Felinos, de Moacyr Scliar.
O escritor canadense ganhou os principais prêmios de língua inglesa antes da descoberta do plágio. O caso foi bastante rumoroso nos EUA e na Europa, tanto que o canadense teve que fazer um novo prefácio admitindo a influência do livro do brasileiro sobre sua obra.

Compartilho a crônica Ler faz bem à saúde
De 06/11/2007

Uma vez vi, no Canadá, um filme sobre a história daquele país. Uma cena e não mais me esqueci. Mostrava os colonizadores franceses desembarcando na costa canadense. A um deles, que falava a língua indígena, um dos nativos perguntou, intrigado, que história era aquela de rabiscar coisas num papel. Qual a utilidade deste costume? O francês então se propôs a demonstrar que escrever servia, sim, para alguma coisa. Apontou um soldado que estava à distância e disse que queria a pistola do homem. Em seguida escreveu num papel: “Manda-me tua pistola”, ou coisa que o valha, e pediu ao índio que entregasse a mensagem. Para surpresa do nativo, o soldado entregou-lhe a pistola. E assim o membro de uma cultura ágrafa, de uma cultura que não escrevia, descobriu que escrever serve, sim, para alguma coisa: serve para comunicar pessoas entre si. Coisa acerca da qual não temos mais dúvidas.
Mas continuamos descobrindo aspectos benéficos da leitura.
Numa entrevista recente, a jornalista perguntou a este notável neurocientista que é o professor da UFRGS Ivan Izquierdo qual a melhor forma de manter o cérebro ativo. Ivan Izquierdo foi taxativo: a leitura. Uma opinião compartilhada por praticamente todos que trabalham na área. Exercitar o  cérebro não é a mesma coisa que exercitar os músculos; estes nós podemos ver trabalhando e se desenvolvendo. O cérebro está lá dentro do nosso crânio, e é ativado de outras maneiras, entre as quais a leitura tem papel de destaque. A que recomendam os especialistas? Aquilo que o bom senso nos recomendaria. Em primeiro lugar, que a gente leia coisa interessante. Uma outra recomendação: participar num grupo de discussão de livros – já existem vários por aí. E, finalmente, escrever. Ninguém precisa obrigatoriamente fazer uma carreira de escritor, mas escrever um diário, ou as próprias memórias, ou manter contato com outras pessoas através de e-mails ou cartas (sim, ainda existe quem escreva cartas) é um ótimo estímulo para as nossas células cerebrais.
Tudo isto a propósito, claro, da Feira do Livro. Onde tudo que é prazer e emoção em matéria de leitura está reunido à espera de vocês. E a escolha é de cada “fortificar o cérebro” ou escolher um bom livro. Como escritor e como médico, recomendo esta última opção. É mais eficiente, mas barata, dá mais prazer e, a menos que a pilha de livros na mesa de cabeceira caia em cima de vocês, não tem efeitos colaterais.
==================
Vejam que evento legal bem após o Oscar 2013:

Vencedores do Oscar são visitados em exposição de caricaturas

Até 3/3, diversas caricaturas desenhadas por 70 brasileiros e estrangeiros ficam reunidas na exposição “OSCARtoons”, no Boa vista Shopping, em São Paulo.
A mostra traz 74 desenhos de atores, atrizes, diretores e filmes que marcaram a história do Oscar.
Woody Allen é o grande homenageado dos desenhistas, com um total de 16 caricaturas trazendo “Django Livre” e “Lincoln”. Longas indicados à premiação deste ano, também estão presentes. Cameron Diaz (foto) é retratada na noite de gala da entrega do prêmio, enquanto o italiano Roberto Benigni ganha roupa e nariz de palhaço, referências a seu bom humor característico.
Entre outros homenageados, estão Tarantino, Marlon Brando, Penélope Cruz, Almodóvar, Whoopi Goldberg, Jack Nicholson, Hitchcock, Meryl Streep, George Clooney, Leonardo DiCaprio, James Dean, Johnny Depp, George Lucas, Daniel Radcliffe, Stanley Kubrick, Clint Eastwood, Eddie Murphy e Brad Pitt.
Além de artistas da Argentina, Uruguai, Espanha e Estados Unidos assinam a mostra cartunistas brasileiros como Dálcio Machado, Baptistão, Carvall e Amorim.
A mostra ainda expõe uma estatueta do Oscar de 1,80 metros de altura que seguirá para a Universidade de Alcalá, na Espanha, onde fica o Museu de Humor Gráfico do país.

Serviço:
Exposição de caricaturas
Boa Vista Shopping
Data: até 3/3
Horário: segunda a sexta, das 10h às 22h e domingos das 11h às 22h
Local: Rua Borba Gato, 59, Santo Amaro, São Paulo
Telefone: (11) 4003-7310
Quanto: Gratuito 
Fonte: Catraca Livre  


domingo, 24 de fevereiro de 2013


Bom dia amigos! Vamos torcer para que o domingão seja bom para todos.
Compartilho com vocês uma matéria do Estadão muito boa feita pela jornalista Maria Fernanda Rodrigues sobre o destino das bibliotecas. Essa dica foi de um colega, Mario H. Prado que gostei e trouxe para a página.

Templo do livro, modelo em xeque

Bibliotecários do Reino Unido ficaram em polvorosa com uma recente declaração do escritor inglês Terry Deary. Autor de obras infantis e juvenis, publicadas inclusive no Brasil, ele disse: "As bibliotecas tiveram seu momento. Elas são uma ideia vitoriana e estamos na era digital. Ou mudam e se adaptam ou deverão ser fechadas. Muito da chiadeira atual é sentimentalismo". A realidade de seu país em crise, onde as bibliotecas sofrem com corte de verba e encerramento de atividades e brigam com editoras pela questão do empréstimo de e-books, é bem diferente da brasileira.
Aqui, a briga é para zerar o déficit de bibliotecas. De acordo com o Censo Nacional de Bibliotecas Municipais, de 2010, 20% das cidades não contam sequer com uma sala de leitura. O dado é ainda mais preocupante nas escolas públicas. O Censo Escolar mostrou que 72,5% ficam devendo esse espaço para seus alunos - existe uma lei que determina que até 2020 essa questão seja resolvida. Outro desafio é a conquista de novos leitores. Segundo a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, 75% dos brasileiros jamais pisaram numa biblioteca. O mesmo levantamento mostrou que 20% dos entrevistados frequentariam uma, se houvesse livros novos. Mas nada convenceria 33% a fazer isso.
"A biblioteca não é um organismo à parte na constituição de uma sociedade: a biblioteca é reflexo dela e responde a ela. Por isso é que temos tão poucas bibliotecas no Brasil", comenta Maria Antonieta Cunha, especialista no assunto e desde 2012 à frente da Diretoria do Livro, Leitura e Literatura, órgão subordinado à Fundação Biblioteca Nacional. Mas o Brasil é, claro, um país grande e desigual, e também no que diz respeito ao acesso a livros vive, simultaneamente, passado, presente e futuro. Enquanto uns correm para resolver essas questões básicas e urgentes, outros veem o momento em que será possível emprestar um livro digital de uma biblioteca e lê-lo no e-reader, tablet ou celular.

Leia a continuação da matéria na página do Estadão, acesse:
=======================
Exibição do Oscar 2013

O Cine Roxy promove exibição ao vivo da cerimônia do Oscar 2013 – 85ª edição -, hoje, às 22h, na sala 3, recomendação livre.
O ingresso é um quilo de alimento não-perecível em prol da ACAUSA.
O Cine Roxy fica na Av. Ana Costa, 443, Gonzaga, Santos.
Informações, site: WWW.cineroxy.com.br

Veja os concorrentes deste ano:
 Fonte: jornal Boqueirão news
======================
Lendo o Boletim Eletrônico da Federação Nacional dos Jornalistas, achei muito interessante o livro do jornalista Audálio Dantas, que toca num tema político e histórico que faz parte da História da ditadura militar em nosso país.

Lançamento do livro As Duas
 Guerras de Vlado Herzog
Do jornalista Audálio Dantas

O presidente da Comissão da Verdade, Memória e Justiça dos Jornalistas Brasileiros, Audálio Dantas, estará em Fortaleza, no dia 27 de fevereiro, para participar da instalação da Comissão da Verdade dos Jornalistas do Ceará, grupo responsável pelo levantamento dos casos de violações dos direitos humanos cometidos contra integrantes da categoria no Estado no período de 1964 a 1988. Durante a solenidade, que ocorrerá às 19 horas, no auditório do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Audálio lançará seu novo livro "As Duas Guerras de Vlado Herzog", que aborda o papel histórico do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, tendo à frente o próprio Audálio, na denúncia da prisão e morte de jornalistas durante a ditadura, culminando com a acusação do assassinato de Herzog pelos militares. 
A instalação da comissão cearense faz parte do programa de comemorações dos 60 anos do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado (Sindjorce). Composto por Messias Pontes e Eliézer Rodrigues, integrantes da Comissão de Ética do Sindjorce; Nazareno Albuquerque, jornalista da TV O Povo; Iracema Sales, repórter do Diário do Nordeste; e a documentarista Marilena Lima, o grupo de jornalistas tem a missão de resgatar, através de pesquisa ou depoimentos, a história dos colegas perseguidos e mortos, e de tantos outros que tiveram suas vidas pessoais e profissionais expostas e alteradas. Ou seja, o principal foco do trabalho é fazer o mais amplo levantamento identificando os profissionais de imprensa vítimas da ditadura militar. 
Além de Audálio Dantas, presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de São Paulo em 1975, ano em que Vladimir Herzog foi torturado e morto no DOI-CODI, também integram a Comissão Nacional da Verdade dos Jornalistas Sérgio Murillo de Andrade, diretor de Relações Institucionais da FENAJ; Rose Nogueira, representante do Grupo Tortura Nunca Mais na Comissão da Verdade de São Paulo; Carlos Alberto Caó, ex-presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro; e o deputado federal Nilmário Miranda (PT/MG), primeiro ministro dos Direitos Humanos do Brasil.
====================
Nanoconto de Fernando Fiorese






sábado, 23 de fevereiro de 2013


Bom dia amigos. Tenham um excelente sábado!

Hoje as novidades agradam a todos os gostos literários.

Tem lançamento do site Quotidianos - Histórias Fantásticas; o 1° Porre Literário Erótico, que acontece neste sábado em São Paulo e o 33° Sarau dos Pensadores, evento que reúne escritores e poetas da Baixada Santista, veja mais.

 

Vem aí Quotidianos! 

O Quotidianos é uma plataforma multimídia que surgiu com o propósito de unir diferentes vertentes da literatura fantástica [ficção cientifica, fantasia, horror e seus subgêneros], das HQs, ilustrações e artes em geral para criar um ponto de referência que se apoie nesses vários caminhos criativos, além de apresentar novos nomes ligados tanto à literatura quanto à arte.

No entanto, mais do que contar histórias fantásticas e enfeitá-las com traços e designs inovadores, o Quotidianos quer vir a público como um diferencial, quer apresentar um conceito totalmente distinto do que é feito hoje: assim, cada história, cada autor/ilustrador irá buscar o mais simples e corriqueiro de seus mundos, porém não o banal no sentido depreciativo, mas aquelas histórias únicas que muitas vezes são deixadas de lado em detrimento do acontecimento maior: a visão do servo, do cuidador de dragões, do coelho fugitivo, do soldado raso, e também o experimentalismo do traço, a forma a princípio incoerente, a colagem, a arte inovadora e fora do padrão dito convencional.

O Quotidianos irá apresentar histórias|artes que primem pelo tom cotidiano, porém fantástico, que busquem valorizar o mínimo que se esconde por detrás de grandes aventuras e, a partir delas, criar uma arte totalmente inovadora. Para tanto, ambas as correntes, literária e artística, deverão estar devidamente bem casadas, desenho e texto soando como uma espécie de extensão, um complemento um do outro!

Participantes:
• Escritores:
o Alliah
o Sumaya Sarran
o Tânia Souza
o Felipe Castilho
o Jim Anotsu
o Cirilo S. Lemos
o Fernando Salvaterra
o Osíris Reis
o Cláudio Parreira
o Rober Pinheiro

Ilustradores:
o Matheus A. Quinan
o Fernando Salvaterra
o Carlos Cruz
o Alliah
o Carolina Mancini
o Rafael Narchi
o Lucas Zavagli
o Rogério Geo
o Pedro Felipe
o Felipe Mascarenhas 

Histórias:
Contos, minicontos, microcontos, crônicas, minicrônicas, microcrônicas, poemas, poemetos, haicais, histórias seriadas e/ou únicas, cartas, diálogos intrapessoais e interpessoais ou qualquer outra forma de escrita, inventada ou por inventar que abordem todos os aspectos da ficção especulativa [ficção científica (soft e hard, Space Opera, retro & futurismo, time travel, distopia etc), fantasia (medievalismo, alta fantasia, fantasia moderna, fantasia urbana, dark fantasy etc), horror (terror, suspense etc), punks (steampunk, dieselpunk, solarpunk, clockpunk, stonepuck etc), New Weird e ficção alternativa (história alternativa, xenoficção etc)].

Artes:
Ilustrações monocromáticas, bicromáticas ou coloridas, artes sequenciais (HQs), desenhos, charges, cartuns, recortes, colagem, montagem, fotografia, aquarelas, grafismos, photoshopismos ou quaisquer outras formas criativas, inventadas ou por inventar, que referenciem o texto ao qual estão vinculadas, porém, que não se prendam às suas fronteiras, mas que, ao contrário, as extrapole, apresentando ao leitor uma visão totalmente nova, complementar ao texto. E, também, artes que convidem o escritor a refletir sobre sua história não contada. 
O experimentalismo, nas artes e nas letras, será fortemente encorajado!

Site
As histórias ilustradas serão publicadas de forma continuada, a partir do dia 2/3, com entrada diária [exceto aos domingos] e contando sempre com uma dupla de escritor e ilustrador, de segunda a sexta-feira, e um escritor convidado, aos sábados. O endereço do site é: www.quotidianos.com.br 



Lançamento 
Para marcar o lançamento do Quotidianos, vai rolar uma balada literária sábado (2/3), no Espaço Terracota, que fica na Av. Lins de Vasconcelos, 1886 [próximo à estação Vila Mariana do Metrô], em São Paulo, com música, dança, mash ups musicais, leitura dramática dos textos que comporão o site, vernissage e venda de livros e artes dos participantes.


====================

33° Sarau dos Pensadores

 

A Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande-SP em parceria com a Nobel Livraria Boqueirão convida para o 33° Sarau dos Pensadores, que se realiza hoje, a partir das 16 horas.

Dentre as performances e atrações destacam-se:

Bate-papo e tarde de autógrafos com Sonia Maria Piologo, autora do livro infantil “A história de Rico e Rex", um exemplo de amor, amizade e lealdade entre um garoto de seis anos e um cãozinho de rua. Uma grande amizade cresceu entre os dois e perdura até os dias de hoje!!
Declamação e performances de Poesia, Música e muito mais.

 

Saiba mais, acesse: www.casadopoetapg.com.br

 

Serviço:

33º Sarau dos Pensadores

Dia: hoje (23/2), a partir das 16h

Local: Livraria Nobel Boqueirão - Av. Pres. Costa e Silva, 532, Boqueirão, Praia Grande-SP

======================

Porre Literário Erótico

 

O 1º Porre Literário do ano, que vai desde Marquês de Sade à E.L James, acontece hoje, na FNAC Paulista, das 17h às 19h. 
No evento muito livro pra todos os gostos literários dentro do gênero erótico! 
Desde os "clássicos" até as publicações que estão na moda e em evidência no mercado editorial. 
Terá também debate com direito a concurso cultural. O Porre Literário conta com a participação da escritora Vanessa de Cássia, que falará sobre como é escrever sobre o gênero. 

Serviço:

Porre Literário Erótico

Dia: hoje (23/2), das 17h às 19h

Local: FNAC Paulista – Av. Paulista, 901, térreo e 1° solo, Bela Vista, São Paulo/SP

Concurso: porreliterarioconcurso@gmail.com


terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Estou em luto!

O meu Príncipe partiu nesta segunda-feira, foi em paz e deve estar batendo suas asinhas lá no Céu. 
Estou arrasada, muito mal. Hoje a tarde fizemos o enterro dele e Ditinho foi para um lugar maravilhoso, uma chácara em Agenor de Campos, Mongaguá. 
Que saudades sinto dele, nossa, vai ser duro me acostumar sem esse pequeno maravilhoso, meu fofinho eterno!

Homenagem de Adilson Luiz de Sousa:

Hoje foi um dia muito triste para mim e Mirinha.

Deus levou meu querido Ditinho!

Os ventos que as vezes tiram
algo que amamos, são os
mesmos que trazem algo que
aprendemos a amar...
Por isso não devemos chorar
pelo que nos foi tirado e sim,
aprender a amar o que nos foi
dado.Pois tudo aquilo que é
realmente nosso, nunca se vai
para sempre...



segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013


Lançamento do blog Acervo Saturnino de Brito

Olá amigos, tenho uma novidade para vocês.
Lancei o blog Acervo Saturnino de Brito, local que abriga as obras do engenheiro sanitarista Francisco Rodrigues Saturnino de Brito. O acervo fica no palácio de mesmo nome.
Resolvi construir o blog porque o acervo tem muita procura tanto por quem vai ao local visitá-lo como também por pessoas que telefonam em busca de material sobre o assunto. Espero que ajude estudantes e interessados.
Obrigada, abraços,
Miriam



sábado, 16 de fevereiro de 2013


Atrações no Centro de Santos para o 
final de semana
Palácio Saturnino de Brito e Descida das Escadas de Santos


Palácio Saturnino de Brito: O local, que é uma das paradas do circuito do Bonde Histórico de Santos, concentra ainda o acervo do saneamento, com objetos utilizados pelo engenheiro Francisco Rodrigues Saturnino de Brito e plantas históricas da implantação do saneamento na região, todos abertos à visitação.

Além disso, da sua grande porta de entrada, em ferro batido, a visão é grandiosa: uma escadaria em mármore nacional emoldura um imponente vitral multicolorido, que retrata a escalada da Serra do Mar pelos Bandeirantes. Esta é a primeira impressão que o visitante tem do Palácio Saturnino de Brito. A beleza do prédio, construído em 1936, se integra perfeitamente à paisagem do Centro Histórico de Santos, onde está localizado.

Outra atração é a Sala de Fotos, com imagens da construção dos canais de drenagem, da Ponte Pênsil, do Emissário de Itaipu, do Sistema de Abastecimento de Água da antiga empresa City Of Santos, de equipamentos tombados como a Centenária Usina Terminal situada na Estação de Precondicionamento de Esgotos no José Menino e a Estação Elevatória de Esgoto localizada na área portuária, além de instrumentos de desenho e hidrômetros antigos.

O acervo abre de terça a domingo, das 11h às 17h, com entrada gratuita e guias bilíngues.

O endereço é Avenida São Francisco, 128, Centro Histórico de Santos – próximo ao Monte Serrat.


Descida das Escadas de Santos: Neste final de semana, 100 ciclistas de sete países se reúnem para descer em cerca de um minuto os 415 degraus do Monte Serrat para tentar o título da “Descida das Escadas de Santos”, a partir das 10 horas.

O percurso é difícil. Pois quando se fala em descida das escadarias, significa que os atletas passarão mesmo pelos degraus. Tablados de madeira só são usados em alguns pequenos trechos para que os atletas consigam mais velocidade e tenham segurança em curvas mais fechadas do morro.

Ano passado o campeão foi o eslovaco Filip Polc, que terminou o percurso de 650 metros de extensão em 58,21 segundos, o que equivale a cerca de 40 Km/h. Parece pouco quando se está dentro de um veículo motorizado, mas é como despencar dos 157 metros de altitude, percorrendo mais de 11 metros de escadaria por segundo. 

Neste sábado, os treinos começaram às 10 horas. Às 16 horas, teve inicio o qualifying. Após, a premiação dos melhores em cada categoria. Já no domingo, às 9 horas, tem treino livre e, às 10 horas, com transmissão da TV Tribuna entram em disputa os lugares no pódio da categoria Pró (elite) masculina e feminina.
 
====================
Termina hoje o Horário 
Brasileiro de Verão
Iniciado no dia 21 de outubro de 2012, o Horário Brasileiro de Verão termina à meia-noite deste sábado. Para isso, atrase os relógios em uma hora. 
O Horário de Verão acontece no Distrito Federal e nos estados  do Tocantins, Goiás, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.
Desta vez, a economia nestes estados foi de 2.477 megawatts (MW) no período entre as 18h e as 21h, considerado horário de pico. Isso equivale a 4,5% da demanda máxima nos três subsistemas onde houve a mudança de horário.
O Horário de Verão surgiu para beneficiar a segurança operacional do sistema elétrico do país, pois acontece a diminuição dos carregamentos na rede de transmissão. Desde o dia 21 de outubro de 2012, o Horário de Verão esteve em vigor. A estimativa do governo é de que a medida tenha gerado uma economia de R$ 280 milhões. Ainda uma redução média de cerca de 5% na demanda por energia nessa faixa horária. 

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013


Bom dia amigos.
Esses dias estou ausente aqui da página, pois estou trabalhando em um projeto e tão logo fique pronto, será compartilhado com todos.
Abraços,
Miriam


quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Bom dia amigos. Tenham uma excelente quarta-feira! Hoje entro no serviço às 13 horas, poderia ser folga, que pena!

Eu leio Brasil é uma campanha que está nas redes sociais que incentiva a leitura de escritores brasileiros e também a divulgação merecida nas livrarias, conheça mais sobre a campanha.

Nau que jamais afunda, poesia de André Anlub no Cantinho da Poesia, veja mais.


Eu leio Brasil

A literatura nacional pede socorro.
O que está acontecendo é que as obras brasileiras não estão recebendo o trato que merecem. Basta entrar em qualquer livraria para perceber a diferença de tratamento. Em destaque, apenas as obras que vêm de fora. Nas listas dos mais vendidos, nomes estrangeiros pipocam e somente de vez em quando surge uma Paula ou um Eduardo para diversificar.
Os marketings das grandes editoras apontam todos os seus canhões para 50 tons de estrangeirismo, enquanto o verde e amarelo fica ofuscado sob o cinza.
Ora, não podemos esquecer que para cá já vêm os best-sellers, testados e retestados no exterior, que já passaram por uma pesada campanha de publicidade.
Mas os daqui ficam relegados a segundo plano, sem que os leitores sequer tenham o direito de escolher se vão comprar ou não. A dinâmica é clara: o consumidor comum entra em uma livraria procurando uma capa que lhe chame atenção, ou uma história que se destaque no meio das outras. Impossível que um livro escondido no meio da prateleira ganhe a parada. Isso, quando pelo menos fica em um canto escondido na livraria, pois na maioria das vezes os títulos nacionais nem chegam às estantes das grandes redes.
Por isso, criei este manifesto. Longe de mim pedir para que as pessoas só leiam os nacionais. Adoro Marians, Sophias e Stephanies e quero muito continuar a lê-las. Mas quero chegar no shopping e ter o direito de escolha entre elas e as Vanessas, Lucianes, Leilas e Carinas. Ah, e Janainas também!
Precisamos reunir 10.000 assinaturas para mandar este manifesto para a mídia. Vamos fazer o nosso barulho!

Saiba mais, acesse:


======================
Nau que jamais afunda
André Anlub
Poesia do amor é colossal
Vive mil afetos e paixões
Indizíveis nas puras emoções
Faz da amada a imortal.

Navega em lugar desconhecido
Na nau do porvir inesperado
Sentimento na quimera ancorado
Cobiça o anseio correspondido.

Face e sorriso na essência
Delírio da memória registrada
Afeto que se perde na estrada.

Mas se há ínfima clemência
Refaz-se o mar antes navegado
Renascendo o amor desamparado.


Conheça o poeta, acesse:





segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013


Bom dia amigos. Hoje tem novidades para quem gosta de literatura fantástica e poética e tem também um congresso que acontece em Ouro Preto. Veja mais:


Editora Estronho Publica Ebook Sobre Viagens No Tempo


A Editora Estronho acabou de disponibilizar no site Amazon o ebook "A velha canção do marinheiro do futuro", do autor Ademir Pascale. Preço: R$ 1,99.

 
Sinopse: No ano de 1943, algo surpreendente aconteceu ao destróier Eldridge e seus geradores de invisibilidade. Ele não desapareceu apenas 
nos radares inimigos. Ele e sua tripulação passaram inexplicavelmente paraoutra dimensão.
Há dezenas de anos físicos e cientistas trabalham em projetos ultra-
secretos relacionados a viagens no tempo, e hoje você será convidado a 
conhecer TIME OUT – OS VIAJANTES DO TEMPO, por alguns dos melhores autores de ficção científica do Brasil.
Saiba mais, acesse:
http://www.dino.com.br/releases/editora-estronho-publica-ebook-sobre-viagens-no-tempo-dino890298131

ouhttp://www.odesejodelilith.blogspot.com.br/2013/02/meu-conto-velha-cancao-do-marinheiro-do.html

Sobre Ademir Pascale
Ademir Pascale é ativista cultural, linguísta, crítico de cinema e escritor.  
Já publicou dois romances, Encruzilhada e O Desejo de Lilith. Organizou as coletâneas Draculea: O livro secreto dos vampiros, Invasão; Metamorfose: A Fúria dos Lobisomens,  Poe 200 Anos: Contos Inspirados em Edgar Allan Poe,  No Mundo dos Cavaleiros e Dragões,  Zumbis: Quem disse que eles estão mortos?,  Draculea: O retorno dos vampiros, volume 2 Sobrenatural: Contos Fantásticos; Metamorfose II: Os filhos de Licaão; Estranhas Invenções; Passado Imperfeito e Time Out: Os Viajantes do Tempo. 
É também coautor das coletâneas Contos Imediatos, Paradigmas, Volume 2, Caminhos do Medo e Anno Domino: Manuscritos Medievais.
Autor do áudiolivro: Cinema: Despertando seu olhar crítico. 
Participa regularmente das edições da Revista Scarium, de literatura fantástica.
=======================
Oficina de Criação Poética
Com Edson Cruz

O que é a poesia? Partindo da questão que ele fomentou e instigou vários poetas a responder, o escritor e editor do Portal Musa Rara, Edson Cruz, elaborou uma oficina que tem como centro a criação poética abordada na perspectiva triádica que a fundamenta e a justifica: o poema, a poesia e o poeta.


O curso é formado sobre dois eixos:
1. Características da poesia: do que é feita? (material); Com o que se parece? (aspectos formais); Para que serve? (causa final); Quem a faz? (causa poética).
• As distinções fundamentais entre a prosa e a poesia.

• As formas fixas na poesia. A estrutura do soneto. A canção. A oralidade.

• Definições para quem gosta delas. O que os poetas dizem sobre o fazer poético.
• Exemplos práticos (análise e construção). Sonetos de Petrarca, Camões, Augusto dos Anjos e Glauco Mattoso.
• A poesia moderna. Temática. A métrica. O Verso branco. O enjambement.
• Análise de alguns poemas emblemáticos (Ferreira Gullar, Drummond, Manuel Bandeira, Augusto de Campos, Fernando Pessoa, João Cabral, Manoel de Barros, Leminski, Borges)
• Haicai: uma homenagem a síntese. O caso Matsuo Bashô.
• A Poesia Concreta e a Internet.
• Função poética e Jakobson.


2. Exercícios e discussões em grupo: a abordagem do módulo é eminentemente prática, mas sem prescindir dos aspectos teóricos. Escrever é antes de mais nada aprender a pensar e a questionar.
• Como analisar um poema. Exemplos e exercícios.

• O soneto como a forma fixa mais tradicional. Exercitar.

• Transformando um texto de jornal em poema.
• Criação de metáforas. O som e o sentido.
• Concisão. O haicai como exercício poético. A renga.
• Composição de poemas a partir de sugestões imagéticas.
• Poema com repetição de uma definição.
• Fazer um poema do sonho alheio.
• A importância do blogue como exercício de criação.
• O mercado editorial: sua lógica e especificidade.
• Dicas para a primeira edição.


Será publicada uma coletânea dos melhores poemas compostos pelos alunos pela Terracota editora.

quem se destina o curso:
Escritores, redatores publicitários, jornalistas e blogueiros interessados em saber mais sobre o gênero e trabalhar intensivamente em seus textos.
Vagas disponíveis: 18
Quando: 2 meses, 8 encontros. Início: 23 de fevereiro de 2013.
Horário: sábados, das 10h às 13h.
Investimento: 1+2 R$225,00 (boleto, cheque) ou em 6 vezes no cartão.
(desconto para ex-alunos e pagamento à vista).
Local: Espaço Terracota – Av. Lins de Vasconcelos, 1886, Vila Mariana, São Paulo.
(saiba como chegar aqui)
Inscrições: Clique aqui.

Sobre o curador
Edson Cruz (Ilhéus, BA) é poeta, editor e revisor publicitário. Graduou-se em Psicologia, Música , Violão e Letras. Foi fundador e editor do site de literatura Cronópios (até meados de 2009) e da revista literária Mnemozine. Fez entrevistas para TV Cronópios e Programa Bitniks com grandes escritores contemporâneos.
Lançou em 2007, Sortilégio (poesia), pelo selo Demônio Negro/Annablume; como organizador, O que é poesia? pela Confraria do Vento/Calibán; em 2010, uma adaptação do épico indiano, Mahâbhârata, pela Paulinas Editora. Em 2011, lançou seu poemário contemplado com Bolsa de Criação da Petrobras Cultural, Sambaqui, pela Crisálida Editora.
====================
Ouro Preto sedia 9º Encontro Nacional de História da Mídia

O 9º Encontro Nacional de História da Mídia será realizado de 30 de maio a 1º de junho de 2013, no Centro de Artes e Convenções de Ouro Preto (MG), com o tema “História da Comunicação ou História da Mídia? – Fronteiras conceituais e diferenças”.
A organização do evento é do curso de Jornalismo da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) que realizou ano apssado, com grande sucesso, o Intercom Sudeste 2012. A Comissão Organizadora está preparando uma densa programação acadêmica e cultural com o objetivo de realizar um congresso de qualidade.
Já estão sendo finalizadas parcerias com a rede hoteleira de Ouro Preto para facilitar a hospedagem dos congressistas. Para quem preferir ficar nas tradicionais repúblicas da cidade, muitas delas receberão os participantes do evento pela diária de R$15, incluindo o café da manhã.
As inscrições estarão abertas de 1º de março a 19 de maio de 2013 e o valor da taxa varia de acordo com a data, titulação e filiação à Alcar. A submissão de trabalhos estará aberta de 1º de março a 22 de abril de 2013.
O evento também realizará a segunda edição do Prêmio José Marques de Melo de Estímulo à Memória da Mídia, uma exposição de trabalhos científicos para alunos de graduação.
Os artigos para apresentação no evento podem ser inscritos em um dos Grupos de Trabalho da Alçar.
Todas as informações sobre o 9º Encontro Nacional de História da Mídia  estão disponíveis no site e Twitter (@HistoriaMidia).