sábado, 3 de novembro de 2012


Valsa n° 6
Peça homenageia Nelson Rodrigues

A montagem da Companhia do Elefante é fruto de pesquisa sobre os aspectos da montagem teatral contemporânea. Em cena, as atrizes Dafne Carina, Luma Eckert e Tatiana Corrêa dão vida a uma menina de quinze anos que se vê num quebra-cabeça nebuloso ao tentar se recordar de passagens de sua vida.
Com direção de Marcus Di Bello, o espetáculo fica em cartaz nos dias 3, 9 e 10 de novembro, sempre às 21 horas, no Espaço Tescom.

Serviço:
Valsa n° 6
Quando: dias 3, 9 e 10/11, às 21h
Classificação: 14 anos
Local: Espaço Tescom – Av. Rodrigues Alves, 195, Macuco,
Santos
Ingressos: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia-entrada, para estudantes, idosos, classe artística e venda antecipada)
Reservas pelo telefone: (13) 3233-6060 ou pelo e-mail:

Nelson Rodrigues

Nelson Rodrigues (1912-1980), autor de Valsa nº6, é tido como o mais influente dramaturgo brasileiro. Escreveu as peças “A Mulher Sem Pecado”, “A Falecida”, “Perdoa-me Por Me Traíres”, “Toda Nudez Será Castigada”, “Vestido de Noiva”, entre outras. Valsa nº6 foi o único monólogo escrito pelo autor.

Livros:
Romances:
- Meu destino é pecar,"O Jornal" - 1944 / "Edições O Cruzeiro" - 1944 (como "Suzana Flag")
-
 Escravas do amor, "O Jornal" - 1944 / "Edições O Cruzeiro" - 1946 (como "Suzana Flag")
-
 Minha vida, "O Jornal" - 1946 / "Edições O Cruzeiro" - 1946 (como "Suzana Flag")
-
 Núpcias de fogo, "O Jornal" - 1948. Inédito em livro. (como "Suzana Flag")
-
 A mulher que amou demais, "Diário da Noite" - 1949. Inédito em livro. (Como Myrna)
-
 O homem proibido, "Última Hora" - 1951.  "Editora Nova Fronteira", Rio, 1981 (como Suzana Flag).
-
 A mentira, "Flan" - 1953. Inédito em livro. (Como Suzana Flag).
- Asfalto selvagem, "Ultima Hora" - 1959-60. J.Ozon Editor, Rio, 1960. Dois volumes. (Como Nelson Rodrigues)
- O casamento, Editora Guanabara, Rio, 1966 (como Nelson Rodrigues).
-
 Asfalto selvagem - Engraçadinha: seus amores e pecados, "Companhia das Letras", São Paulo.
- Núpcias de fogo, "Companhia das Letras", São Paulo. (como Suzana Flag).

Contos:
- Cem contos escolhidos - A vida como ela é..., J. Ozon Editor, Rio, 1961. Dois volumes.
- Elas gostam de apanhar, "Bloch Editores", Rio, 1974.
-
 A vida como ela é — O homem fiel e outros contos, "Companhia das Letras", São Paulo, 1992. Seleção: Ruy Castro.
-
 A dama do lotação e outros contos e crônicas, "Companhia das Letras", São Paulo.
- A coroa de orquídeas, "Companhia das Letras", São Paulo.

Crônicas:
- Memórias de Nelson Rodrigues, "Correio da Manhã" / "Edições Correio da Manhã", Rio, 1967.
-
 O óbvio ululante, "O Globo" / "Editora Eldorado", Rio, 1968.
-
 A cabra vadia, "O Globo" / "Editora Eldorado", Rio, 1970.
- O reacionário, "Correio da Manhã" e "O Globo" / "Editora Record", Rio, 1977.
-
 O óbvio ululante — Primeiras confissões, "Companhia das Letras", São Paulo, 1993. Seleção: Ruy Castro.
-
 O remador de Ben-Hur - Confissões culturais, "Companhia das Letras", São Paulo.
-
 A cabra vadia - Novas confissões, "Companhia das Letras", São Paulo.
-
 O reacionário - Memórias e Confissões, "Companhia das Letras", São Paulo.
- A pátria sem chuteiras - Novas crônicas de futebol, "Companhia das Letras", São Paulo.
- A menina sem estrela - Memórias, "Companhia das Letras", São Paulo.
- À sombra das chuteiras imortais - Crônicas de Futebol, "Companhia das Letras", São Paulo.
- A mulher do próximo, "Companhia das Letras", São Paulo.

FRASES:
- Flor de obsessão: as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues, "Companhia das Letras", São Paulo, 1997, seleção e organização: Ruy Castro.

Teatro:
- Teatro completo, "Editora Nova Fronteira", Rio, 1981-89. Quatro volumes. Organização e prefácios de Sábato Magaldi.

Peças:
- A mulher sem pecado, 1941 - Direção Rodolfo Mayer
- Vestido de noiva, 1943 - Direção: Ziembinski
- Álbum de família, 1946 - Direção: Kleber Santos
- Anjo negro, 1947 - Direção: Ziembinski
- Senhora dos afogados, 1947 - Direção: Bibi Ferreira
- Dorotéia, 1949 - Direção: Ziembinski
- Valsa nº.6, 1951 - Direção: Henriette Morineau
- A falecida, 1953 - Direção: José Maria Monteiro
- Perdoa-me por me traíres, 1957 - Direção: Léo Júsi.
- Viúva, porém honesta, 1957 - Direção: Willy Keller
- Os sete gatinhos, 1958 - Direção: Willy Keller
- Boca de Ouro, 1959 - Direção: José Renato.
- Beijo no asfalto, 1960 - Direção: Fernando Tôrres.
- Otto Lara Resende ou Bonitinha, mas ordinária, 1962 - Direção Martim Gonçalves.
- Toda nudez será castigada, 1965 - Direção: Ziembinski
- Anti-Nelson Rodrigues, 1973 - Direção: Paulo César Pereio
- A serpente, 1978 - Direção: Marcos Flaksman

Obs.- as peças de Nelson Rodrigues vêm sendo encenadas por diversas companhias teatrais em todo o Brasil. 

Novelas de TV:
- A morta no espelho, TV Rio, 1963
- Sonho de amor, TV Rio, 1964
- O desconhecido, TV Rio, 1964

Filmes:
- Somos dois, 1950
- Meu destino é pecar, 1952
- Mulheres e milhões, 1961
- Boca de Ouro, 1962
- Meu nome é Pelé, 1963
- Bonitinha, mas ordinária, 1963
- Asfalto selvagem, 1964
- A falecida, 1965
- O beijo, 1966
- Engraçadinha depois dos trinta, 1966
- Toda nudez será castigada, 1973
- O casamento, 1975
- A dama do lotação, 1978
- Os sete gatinhos, 1980
- O beijo no asfalto, 1980
- Bonitinha, mas ordinária, 1980
- Álbum de família, 1981
- Engraçadinha, 1981
- Perdoa-me por me traíres, 1983
- Boca de Ouro, 1990
------------------------------
27° Salão do Automóvel

Até amanhã, o 27º Salão Internacional do Automóvel em São Paulo - maior evento do gênero na América Latina – exibe as novidades de 49 marcas. São 500 carros expostos, 7% a mais que a edição anterior, em 2010.
Esta edição é marcada por lançamentos mundiais - ou seja, há carros no Anhembi que nunca tinham sido exibidos antes - e muitos modelos recém-chegados. Além dos luxuosos, há modelos bem inusitados. Até um ‘batmóvel’ está no evento.
Duas importadoras promovem testes de suas máquinas no salão. A Land Rover colocou uma estrutura que permite simular o comportamento off road de três de seus modelos: Range Rover Sport, Evoque e Freelander 2.
Já a Audi permite que 21 pessoas por dia dêem uma volta a bordo do superesportivo R8 GT Spyder.
O visitante tem à disposição transporte gratuito de ida e volta das estações do Metrô Tietê e Barra Funda. O serviço funcionará uma hora antes de abrir o evento e uma hora antes de fechar.

Serviço:
27º Salão Internacional do Automóvel em São Paulo
Data/horário: dia 3/11, das 13h às 22h (entrada até às 21h)
Dia 4/11, das 11h às 19h (entrada até às 17h)
Local: Pavilhão de Exposições Anhembi - Rua Olavo Fontoura, 1.209, Santana, São Paulo
Valor: R$ 25 (meia-entrada), até R$ 80 (inteira)
 Fonte: G1
------------------------------------
Há Momentos
Clarice Lispector

Há momentos na vida em que sentimos tanto
a falta de alguém que o que mais queremos
é tirar esta pessoa de nossos sonhos
e abraçá-la.

Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem
em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas.

O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.

A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar
porque um belo dia se morre.   



Nenhum comentário: