quinta-feira, 4 de outubro de 2012


Exposição Lixo sobre Tela
De Gina Trindade Bello

Gina Trindade Bello nasceu em Piatã, pequena cidade do interior da Bahia na Chapada Diamantina. Poetisa, compositora e artista plástica, criou de forma inusitada material encontrado na rua, como papéis amassados e pisoteados, sujos ou não, nas quais visualiza formas de flores, pessoas, bichos, casas etc, pintando essas peças e montando sua exposição. Seus trabalhos já foram mostrados pela TVE-SSA-BA, inclusive com a artista pintando ao vivo no Programa da TV Bahia, "Na Carona" e Mosaico e ESPN Brasil, no Caravana do Esporte e da Música.
A seguir, alguns lugares onde seus quadros foram expostos: Biblioteca Pública da Bahia; Galeria Pedro Archanjo (Pelourinho); Biblioteca Pública Thales de Azevedo; Biblioteca Infantil Monteiro Lobato; Tribunal de Justiça; Biblioteca Pública Juracy Magalhães Júnior e outras cidades do interior da Bahia.

Serviço:
Exposição Lixo sobre Tela
Visitação: de 3 a 31 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 9 às 19h, sábados e domingos das 9 às 13h
Local: Biblioteca Municipal Mário Faria  - Av. Bartolomeu de Gusmão, s/nº, Aparecida, Santos
--------------------------
Hoje o Google faz aniversário

No dia 4 de setembro de 1998, os ‘Google Guys’ criam aquele que viria a se tornar o maior motor de busca do mundo, o Google, que se transformou numa empresa multinacional de serviços online e software.
Com a missão de “organizar a informação mundial e torná-la universalmente acessível e útil", nasceu, a 4 de setembro de 1998, a Google Inc. O nome deriva de “Googol”, termo da matemática que designa um número 1 seguido de 100 zeros.
A empresa fundada por Larry Page e Sergey Brin, dois estudantes da Universidade Stanford, tinha como slogan “Don’t Be Evil” [Não Sejas Mau], criado pelo engenheiro Paul Buchheit. E a simplicidade do conceito contrasta com a multiplicidade de serviços e soluções que o gigante da Internet foi desenvolvendo, ao longo dos anos.
Os primeiros anos da Google foram marcados por um rápido crescimento, que transformou o simples motor de busca numa cadeia de produtos, desde software online, a serviços de e-mail (Gmail), plataformas de anúncios, ou a ferramentas de redes sociais, como a Google+ e o descontinuado Google Buzz, passando pelo navegador Google Chrome, o programa de edição de fotografias Picasa, entre muitos outros.
O gigante que Larry Page e Sergey Brin criaram colocou-se numa posição de liderança do sistema operativo para smartphones Android, o que representa uma peça importante neste puzzle de soluções de Internet.
Os números da Google – que tem sede em Mountain View, no estado da Califórnia – são impressionantes: é executado com um milhão de servidores em data centers de todo o mundo. O motor de busca processa mais de mil milhões de pedidos de pesquisa por dia e gera vinte petabytes de dados, também diariamente.
Esta posição de domínio no mercado suscita críticas, relacionadas com a privacidade, direitos autorais e censura. No entanto, a verdade é que o projeto que Page e Brin lançaram, em 1996, no doutoramento na Stanford University, Califórnia, e que nasceu a 4 de setembro de 1998, é hoje uma das maiores marcas do mundo - o Alexa classifica o Google como o website mais visitado do mundo, que vale cerca de 35 mil milhões de euros, segundo estimativas.
----------------------------
Hotel Transilvânia
O Hotel Transilvânia é um resort cinco estrelas que serve de refúgio para que os monstros possam descansar do árduo trabalho de perseguir e assustar os humanos. O local é comandado pelo Conde Drácula (Adam Sandler), que resolve convidar os amigos para comemorar, ao longo de um fim de semana, o 118º aniversário de sua filha Mavis (Selena Gomez).
O que ele não esperava era que Jonathan (Adam Samberg), um humano sem noção, fosse aparecer no local justo quando o hotel está repleto de convidados e, ainda por cima, se apaixonasse por Mavis.
Veja o trailler, acesse:
 ---------------------------

Não, não
Marcos Henrique Martins

O não, não me castra;

O não, não me magoa;
O não, não me maltrata;
O não, não me diz nada;

O não me fortalece;

O não me faz agir de forma cautelosa, quando piso em pontas de facas;

O não é um advérbio, mas é visto apenas como recusa;
O não deixa lágrimas em teus, meus, olhos;

O não me faz formular possibilidades e realidades alternativas;
O não é a luta do pecar contra o ser humano que realmente somos;
O não marca mais que sins frigidos;
O não. Como forma de negar verdades incautas.

O não, repetido de forma vertiginosa;
O doce não, saído dos lábios das mães zelosas.
Dois nãos e a certeza de uma possibilidade. 
Teu não me castra; me sega nesta estrada vaga; me sufoca; me azeda; me marca.

Teu não me mata.


Marcos Henrique é poeta e escritor, autor do livro “O Lado Avesso - Nornes, o Mago”.
Conheça o poeta, acesse:

Um comentário:

Marcos Escritor disse...

Miriam, muito obrigado pela força que você tem me dado. Abraços literários para você.
; -)