quarta-feira, 1 de agosto de 2012


Olá, bom dia amigos, para mim hoje o dia está um pouco triste, pois a Revista Eletrônica TerrorZine chegou ao fim. Eu publicava meus minicontos desde que foi lançada, em 2008, e participei de quase todas as edições. Vou sentir saudades dos amigos do Zine e dos organizadores da revista, Ademir Pascale e Elenir Alves.
Vejam as novidades de hoje:
Fim do TerrorZine, acesse e veja como baixar todas as edições, leia mais.
Lançamento do livro As 7 Leis Espirituais dos Super-Heróis.
Estreia neste sábado a peça 'Cadêle Meu Bolo de Roda?', no Teatro Guarani.
Os fãs da banda já podem se preparar, pois o grupo Titãs, vem a Santos no dia 31 de agosto para uma apresentação na Capital Disco.
Hoje é o Dia do Selo.
Bem, por hoje é só e não percam mais novidades amanhã.
Grande abraço,
Miriam




Fim do TerrorZine

Leia mais:

-------------------------------
Livro As 7 Leis Espirituais dos Super-Heróis
Deepak Chopra com Gotham Chopra

Os super-heróis dos quadrinhos e do cinema podem proporcionar muito mais que apenas diversão: quando bem compreendidos, eles apontam o caminho para o crescimento espiritual e para a conquista do equilíbrio interior.
Deepak Chopra, médico internacionalmente aclamado por seu trabalho sobre espiritualidade, e seu filho Gotham Chopra, roteirista e produtor de cinema, mostram que super-heróis são uma versão contemporânea dos grandes personagens das mitologias clássicas.
Transitando entre os mitos gregos e indianos e as histórias consumidas por legiões de jovens leitores ocidentais, este livro expõe didaticamente sete princípios básicos transformadores, ensinando exercícios simples para colocá-los em prática. Com leveza, humor e sabedoria, os autores oferecem os instrumentos adequados para que cada leitor encontre dentro de si as chaves para o sucesso, e torne-se o herói de sua própria história.

Saiba mais, acesse:

http://www.larousse.com.br/detalhes.asp?codigo=L-AS7LEISESPIRITUAISDOSSUPERHEROIS&categ=295

Colaboração: Ademir Pascale/Escritor, ativista cultural e crítico de cinema
-------------------------------

Cadêle Meu Bolo de Roda?

Peça acontece neste sábado

 

Estreia neste sábado a peça 'Cadêle Meu Bolo de Roda?', no Teatro Guarani (Praça dos Andradas, 100, Centro Histórico, Santos/SP).

O espetáculo mostra o cotidiano de moradores do Vale do Ribeira. Ao final do espetáculo é promovido um bate-papo com os diretores Paulo Brassachio e Julie Abe Faria, os atores e a plateia. 

Na peça, a vida de duas pessoas muito diferentes se juntam. Juju mora a beira do mar e tem uma vida típica caiçara. Já Pardal mora em uma cidade grande e vive correndo de um lado para o outro. Eles se encontram em uma rodoviária, pois as passagens de ambos foram adiadas em decorrência das fortes chuvas. Pardal se desespera, enquanto Juju permanece tranquila comendo seu bolo de roda, o qual oferece ao mais novo amigo. Nessa espera os dois acabam criando um laço amigável.

O espetáculo é gratuito e acontece no dia 4 às 20 horas e no dia 5 às 19 horas, no Teatro Guarani.

---------------------------------

Titãs se apresenta em Santos no 

final de agosto

Os fãs da banda já podem se preparar, pois o grupo Titãs, vem a Santos no dia 31 de agosto para uma apresentação na Capital Disco (Av. General Francisco Glicério, 206, Santos), às 23h30. 
A banda celebra os trinta anos de carreira e apresenta o repertório do álbum Cabeça Dinossauro (1986), que foi um marco na história dos Titãs e do rock brasileiro. O disco foi um fenômeno de vendas e levantou a banda ao pódio do rock que se fazia na época no Brasil.
Os ingressos do show custam de R$ 60 a R$ 140 e podem ser comprados na bilheteria da Capital Disco, ou na Renault Estoril (Av. Washington Luis, 21, Canal 3, Vila Mathias, Santos), Telefone: (13) 3229-1800.
Classificação: 18 anos.

Fonte: jornal A Tribuna
-------------------------
Hoje é o Dia do Selo

Série homenageia Filatelia

O Brasil celebra hoje o Dia do Selo. A data marca os 169 anos da entrada em circulação do Olho-de-Boi, primeiro selo brasileiro e segundo do mundo. A adoção de selos marcou a modernização dos sistemas postais em todo o mundo. Até então, quem pagava pelo envio de correspondências era o destinatário.
A modernidade postal do Império brasileiro explica-se, em parte, pela importância estratégica das comunicações para manter a integridade do território nacional após a independência, afirma a historiadora Mayra Guapindaya.
“Somente mais tarde, o selo foi usado como símbolo nacional”, diz Mayra, lembrando que os primeiros selos brasileiros não traziam a imagem do imperador ou de símbolos nacionais, como aconteceu na Inglaterra, pioneira na emissão de selos postais. 


Nenhum comentário: