segunda-feira, 27 de agosto de 2012


Olá, boa segunda-feira para todos nós.
Vejam o que tá rolando no meu blog hoje:
Lançamento do livro Brasil em Campo marca o centenário de Nelson Rodrigues.
Sereias de Salto, logo mais à noite, no Teatro Municipal Brás Cubas.
Se você aprecia ópera não pode perder La Bohème, às 20h30, dia 30/8, no Teatro Municipal.
Bem, por hoje é só, mas amanhã tem mais novidades.
Abraços,
Miriam

Lançamento de Brasil em Campo

Livro celebra o centenário de 

Nelson Rodrigues

 No centenário de nascimento do escritor Nelson Rodrigues, comemorado dia 23/8, a editora Nova Fronteira anunciou o lançamento de "Brasil em Campo", obra que, com organização de Sonia Rodrigues, filha do autor, reúne textos - muitos deles inéditos em livro - relacionados ao futebol.

Na crônica de abertura, Nelson afirma que, no Brasil, é o futebol que faz o papel da ficção. Até agosto de 2013, a Nova Fronteira recolocará nas livrarias, em novas edições, a obra completa de Nelson Rodrigues. Os primeiros relançamentos são as crônicas de "A Vida Como Ela É" e as peças "Vestido de Noiva", "A Mulher Sem Pecado", "Valsa n.º 6", "Doroteia" e "Anjo Negro".

 

Nelson Rodrigues

 

Jornalista, escritor, cronista e apaixonado por futebol. Apesar de nunca ter sido agraciado como Imortal da Academia de Letras, Nelson Rodrigues conquistou seu lugar na literatura nacional com seus textos, crônicas esportivas, pseudônimos produzidos em sua famosa máquina de escrever Remington Portable.

Nascido em agosto de 1912 em Recife, o autor completaria 100 anos de vida este ano. Apesar de centenário, seus textos não deixam de ser contemporâneos ao retratar a sociedade brasileira em suas paixões e pecados. 
"Todo o autor é autobiográfico e eu sou também. O que acontece na minha obra são variações infinitas do que aconteceu na minha vida", disse em entrevista ao JT em 1974.

Fontes: jornal O Estado de S. Paulo e Guia da Semana

---------------------------

Sereias de Salto

Hoje, no Teatro Brás Cubas


O Drag Queen Curso, iniciativa pioneira no Brasil para formar drag queens, apresenta gratuitamente no Teatro Municipal Braz Cubas, o espetáculo Sereias de Salto, que é o trabalho de conclusão da primeira turma de formandos.
Drag queen é um homem que se veste exageradamente de mulher e realiza performances.
Para construir as personagens que fazem parte do espetáculo, o elenco teve aulas de canto com Rosy Padron, dança com Fernanda Iannuzzi, maquiagem com Fernando Pompeu e teatro com Zecarlos Gomes, que é o idealizador do curso.
As aulas ocorreram no SESC Santos e na Universidade Santa Cecília.
O roteiro é inspirado nos grandes musicais do século XIX, nas divas do século XX e nos clubes gays atuais. Esquetes teatrais, musicais e dublagens compõem um espetáculo inusitado e eclético, que vai do ritmo dançante de Donna Summer aos batuques de Clara Nunes.
O curso foi realizado porque venceu o edital Proac - Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura do Governo do Estado de São Paulo. E ainda contou com o Apoio cultural do SESC Santos, Universidade Santa Cecília - Unisanta, Antiquário Castelinho, Casarão Santa Cruz, Cida Ferreira Figurinos, Dailus Color, EllisCosméticos, Instituto Joana Darc, Lully Hair, Perfumaria Sumirê, Simone Santos Produções, Stúdio A Eventos e Tiago Januário.


Serviço:

Sereias de Salto

Dia: 27/8, às 20h

Local: Teatro Municipal Brás Cubas – Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias, Santos

Telefone: (13) 3626-8000

Entrada franca

---------------------------

La Bohème – Ópera Contada 

e Cantada

Dia 30/8, no Teatro Brás Cubas

 

La Bohème – Ópera Contada e Cantada será apresentada no Teatro Municipal Brás Cubas, dia 30/8, às 20h30.

O espetáculo narra a história de artistas e pessoas comuns que conviviam nos subúrbios de Paris, França, no final do século XIX. A montagem é baseada em óperas famosas, com dramaturgia adaptada.

Tendo como inspiração a novela Scènes de la vie de bohème, de Henri Murger, a ópera La Bohème foi originalmente composta pelo italiano Giacomo Puccini. 

Na adaptação de Cleber Papa, a Cia. Ópera Curta buscou acentuar os aspectos musicais e dramatúrgicos da ópera sem perder a essência da obra. La Bohème é transposta num cenário múltiplo que se transforma com a recombinação dos seus elementos, mantendo um período indefinido. Tempo é a tônica do espetáculo, que reforça a maneira como as pessoas atropelam suas vidas e se contradizem nos seus relacionamentos, seja por medo, covardia, insegurança ou desrespeito a si próprios.

Direção e cenografia de Cleber Papa, direção artística de Rosana Caramaschi e direção musical do maestro Luís Gustavo Petri.

Classificação: 14 anos.

Entrada franca.

 

Serviço:

Ópera La Bohème

Dia: 30/8, às 20h30

Local: Teatro Municipal Brás Cubas – Av. senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias, Santos

Telefone: (13) 3626-8000

Entrada franca 

--------------------------


Nenhum comentário: