quarta-feira, 27 de junho de 2012


Tenham uma excelente quarta-feira.
Hoje tem duelo de pianos na Pinacoteca Benedicto Calixto. Não perca.
Quase 11 anos após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 em Nova York, Estados Unidos, a cidade concluiu, nesta segunda-feira, 25, a construção da primeira torre do novo World Trade Center.
Você sabia que o primeiro grande sucesso musical brasileiro aconteceu de forma inesperada? Trata-se de Dengoso, um maxixe simples, assinado por um desconhecido chamado Renaud.
Hoje é o dia de nascimento do famoso escritor brasileiro Guimarães Rosa.
Espero que vocês gostem dos assuntos.
Até amanhã.
Abraços,
Miriam

Duelo de pianos é destaque na 

Pinacoteca Benedicto Calixto

Mais um programa no seu calendário de eventos, o salão principal do casarão branco será cenário para um duelo entre pianistas. Nesta primeira edição, o desafio será entre os músicos Eduardo Paulino e Newton Zago, em um enfrentamento marcado para esta quarta-feira (27), a partir das 19h30.
A bordo do Steinway de meia cauda, os participantes irão iniciar o espetáculo apresentando duas composições próprias. Em seguida, Paulino e Zago sentarão ao piano alternadamente, executando temas clássicos. A proposta do desafio é a superação do virtuosismo técnico entre os músicos. Ao final, os dois irão executar juntos a Tocata e Fuga em Ré Menor, de Bach, um executando a obra ao piano acústico e o outro em um piano digital.
A programação é aberta ao público que terá a oportunidade de ouvir grandes sucessos e canções autorais em uma noite que tem entrada franca e duas horas de muita animação.

Serviço:
Pinacoteca Benedicto Calixto
Av. Bartolomeu Gusmão, 15 – Boqueirão
Telefone: (13) 3288-2857
-------------------------
Novo World Trade Center

Quase 11 anos após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 em Nova York, Estados Unidos, a cidade concluiu, nesta segunda-feira, 25, a construção da primeira torre do novo World Trade Center.
A última viga da Torre 4 foi alçada até o ponto mais alto do arranha-céu enquanto, ao fundo, o cantor de gospel BeBe Winans entoava “God bless America” (Deus abençoe a América).

Torre 1 já superou Empire State

A Torre 4, entretanto, só será inaugurada oficialmente no final de 2013. A maior das quatro torres do novo World Trade Center é a Torre 1, que só será finalizada entre o fim de 2013 e o início de 2014. Mas em abril deste ano a Torre 1 já se tornou o maior arranha-céu de Nova York ao superar a altura do Empire State Building.
A Torre 1 terá 541 metros de altura. No sistema de medida norte-americano são 1.776 pés, um simbolismo para o ano da independência dos EUA.
------------------------
Maxixe para inglês ouvir

O primeiro grande sucesso musical brasileiro aconteceu de forma inesperada. Trata-se de Dengoso, um maxixe simples, assinado por um desconhecido chamado Renaud, e publicado sem muito alarde pela Casa Vieira Machado, em 1907, no Rio de Janeiro, como mais um entre os vários do gênero que circulavam entre as casas de edição da época.
Graças a uma pesquisa do Instituto Moreira Salles em andamento há oito anos, descobriu-se agora que Renaud era, na verdade, pseudônimo de Ernesto Nazareth. Pelo que se sabe Dengoso foi o único maxixe do compositor e chegou até a fazer sucesso moderado no Brasil, tendo três gravações. Mas a história não para por aí: em pouco tempo, o maxixe atravessou o oceano e ganhou fama em Paris. Neste momento, o gênero musical estava se tornando popular na França, sendo inclusive aceita entre a burguesia francesa (depois de um período em que foi estigmatizado como “a mais baixa das danças”). Também se espalhou pela Itália, Alemanha, Espanha e até mesmo Rússia.

Em algumas edições, 'Dengozo' era chamado de 'parisian maxixe'

A fama foi crescendo até que atingiu seu auge em 1914, quando maxixes brasileiros e estrangeiros eram gravados por diversas bandas americanas e europeias. Entre estas composições, Dengoso era a mais importante: seu número de gravações e execuções ultrapassa qualquer outro maxixe da época, e possivelmente qualquer música brasileira da primeira metade do século 20 no exterior. Segundo o site do Instituto Moreira Salles dedicado aos 150 anos de Nazareth, quando se falava em maxixe em 1914, a melodia que vinha primeiro à mente era o Dengoso, fosse nos EUA ou em Paris.
Segundo a pesquisa, o maxixe Dengoso recebeu pelo menos 31 edições diferentes e 16 gravações entre os anos 1913 e 1917, um número extraordinariamente alto para quaisquer padrões. Chegou até a aparecer em um musical com Fred Astaire e Ginger Rogers (A História de Vernon e Irene Castle, de 1939). O que ainda não se sabe é se, numa época sem internet, Nazareth estava consciente da joia comercial que havia criado – e se chegou a receber royalties por sua composição.

Fonte: Opinião & Notícia
------------------------
Clássicos da Literatura Nacional
Hoje é dia do nascimento de Guimarães Rosa

João Guimarães Rosa nasceu em Cordisburgo, Minas Gerais, em 27 de junho de 1908. Foi médico, escritor e diplomata. O autor tornou-se reconhecido mundialmente devido a traços marcantes presentes em sua obra, como a linguagem inovadora, popular e regional e a criação de inúmeros vocábulos a partir de arcaísmos, invenções e intervenções semânticas e sintáticas. A maior parte da sua obra se passa no sertão brasileiro.
Primogênito de sete filhos, aos sete anos Guimarães Rosa começou a estudar diversos idiomas, como francês, alemão, inglês, espanhol, italiano e esperanto. Além de conceituado escritor, ele se formou na faculdade de Medicina e chegou a exercer a profissão até 1934.
Em entrevista concedida a uma prima ele falou sobre seu grande interesse no estudo de idiomas. “Eu falo: português, alemão, francês, inglês, espanhol, italiano, esperanto, um pouco de russo; leio: sueco, holandês, latim e grego (mas com o dicionário agarrado); entendo alguns dialetos alemães; estudei a gramática: do húngaro, do árabe, do sânscrito, do lituano, do polonês, do tupi, do hebraico, do japonês, do checo, do finlandês, do dinamarquês; bisbilhotei um pouco a respeito de outras. Mas tudo mal. E acho que estudar o espírito e o mecanismo de outras línguas ajuda muito à compreensão mais profunda do idioma nacional. Principalmente, porém, estudando-se por divertimento, gosto e distração”
Após passar no concurso do Itamaraty, Guimarães Rosa teve como primeira função no exterior, o cargo de Cônsul-adjunto do Brasil em Hamburgo, na Alemanha, de 1938 a 1942. Durante a Segunda Guerra Mundial, ele ajudou judeus a fugirem para o Brasil ao conceder, ao lado da segunda esposa Aracy de Carvalho Guimarães Rosa, mais vistos do que as cotas legalmente estipuladas. A ação humanitária lhe rendeu no pós-Guerra, o reconhecimento do Estado de Israel.
Guimarães Rosa morreu no dia 19 de novembro de 1967, no Rio de Janeiro, aos 59 anos. Três dias antes, ele havia tomado posse na Academia Brasileira de Letras, para a qual havia sido eleito em 1963 por unanimidade. O motivo da posse demorada foi o medo de que o autor sofreria uma forte emoção. No discurso que fez disse que “a gente morre é para provar que viveu”, quase como uma despedida.
Suas obras foram traduzidas para diversos idiomas.

Principais Obras:
Romance: Grande Sertão: Veredas (1956).
Contos: Sagarana (1946); Corpo de baile (1956); Primeiras estórias (1962); Tutaméia: terceiras estórias (1967); Estas estórias (1969); Ave, palavra (1970).  


Nenhum comentário: