sábado, 26 de maio de 2012


Olá leitores do Histórias Fantásticas, continuo viajando.
Vamos lá para o “Diário de Bordo” com mais fotos para vocês.
Como falei ontem, conheci alguns lugares maravilhosos em
Curitiba, no Paraná e estou compartilhando com vocês.
Hoje, deixo aqui fotos do Museu Paranaense, muito bonito e vale a pena.
Vamos conhecer o museu?
O museu já foi o Plácio do Governo e hoje abriga importante acervo histórico.

Museu Paranaense

Fundado em 1876, o Museu Paranaense foi o primeiro museu do Paraná e o terceiro do Brasil. Possui um acervo de cerca de 300 mil peças e documentos. São peças etnográficas de origem indígena de várias partes do Brasil, peças arqueológicas, mapas do Brasil-Colônia, peças históricas das antigas capitanias do sul do País e obras de arte.
O Museu Paranaense teve abrigo em várias sedes, desde a sua fundação. Sua primeira foi na Praça Zacarias, transferindo-se 25 anos depois para a rua Dr. Muricy, depois para a rua São Francisco, depois para o Batel, depois para a rua Treze de Maio e, em 1973, para o Paço Municipal, na Praça Generoso Marques, onde ficou até dezembro de 2002.
Em julho de 2003, o Museu Paranaense tomou o lugar do antigo Museu de Arte do Paraná, no Alto do São Francisco. O prédio, construído nos anos 1920, já foi, também, Palácio do Governo e sede do Tribunal Regional Eleitoral.

Serviço:
Museu Paranaense
Horário: de terça a sexta, das 9h às 17h; sábados e domingos, das 11h às 15h
Local: Rua Kellers, 289, São Francisco, Curitiba/Paraná
Telefone: (41) 3304-3300
Entrada franca

VEJA ALGUMAS FOTOS, TEM MAIS NA PÁGINA FOTOS, LOGO MAIS ACIMA











---------------------------------
LANÇAMENTO DE LIVROS

1943 – Roosevelt e Vargas em Natal
Evento conta com apresentação musical
Atenta aos principais lançamentos do meio editorial, a Realejo Livros tem presenteado a região com a vinda de autores reconhecidos nacional e até internacionalmente. Em 26 de maio, sábado, a partir das 18h30, será a vez do jornalista Roberto Muylaert, que lançou a revista Exame e foi publisher da Veja, entre outros veículos importantes, receber o público da Baixada para a sessão de autógrafos de seu mais recente livro: “1943 – Roosevelt e Vargas em Natal”. Durante o lançamento, acontece a apresentação musical de MPB, jazz e bossa, da dupla Edinho Godoy e Theo Cancello, na calçada em frente à livraria.  
Baseado numa extensa pesquisa histórica, Roberto Muylaert relata, num texto ágil e preciso, um dos mais importantes - e até então esquecidos - capítulos da história do Brasil moderno. A obra literária traz o encontro do ex-presidente norte-americano Franklin Delano Roosevelt com o ex-presidente brasileiro Getúlio Vargas, em 28 de janeiro de 1943, na Base Aérea de Parnamirim, em Natal. Tratada como segredo de Estado e assunto de segurança nacional, a Conferência de Potengi - como foi posteriormente chamada - selou a parceria entre Brasil e Estados Unidos, numa teia de relações políticas e econômicas que ecoam até a contemporaneidade.
“1943 – Roosevelt e Vargas em Natal” conquistou o público e tem recebido elogios da crítica. “Para nós, é uma honra receber um autor de peso como o Muylaert, ratificando a cidade de Santos como cidade pronta a receber os grandes lançamentos da literatura brasileira”, afirma o livreiro José Luiz Tahan.

Sobre o autor:
Roberto Muylaert é publisher, editor, e fundador da RMC Editora de São Paulo. Começou sua carreira como jornalista em 1964, na Editora Abril, onde lançou a revistaExame em 1967. Foi publisher de VejaExame, e depois editor da revista Visão (1975-1976), presidente da Fundação Bienal de São Paulo, onde organizou a exposição de arte brasileira Tradição e Ruptura em 1984 e a 18ª Bienal Internacional de São Paulo em 1985. Foi presidente da TV Cultura de São Paulo (1986-1995), além de ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da presidência da República, no primeiro mandato de Fernando Henrique Cardoso (1995). Tem cinco livros publicados: China, Chá e ChengMarketing Cultural &Comunicação DirigidaA Copa que Ninguém Viu (com Jô Soares e Armando Nogueira), Barbosa, um Gol faz Cinquenta Anos, e Paulinha (crônicas). É vice-presidente da ANER - Associação Nacional dos Editores de Revistas.
Ficha técnica:

1943 – Roosevelt e Vargas em Natal

Autor: Roberto Muylaert

ISBN: 9788562969126
Brochura
2012

Serviço:
Sessão de autógrafos com Roberto Muylaert
Quando: Sábado, 26 de maio, 18h30
Onde: Realejo Livros – Av. Marechal Deodoro, 2, Gonzaga, Santos
Haverá música ao vivo com Edinho Godoy e Theo Cancello


Entrada franca

-------------------------


Os benefícios do inexplicável

Marcos Henrique Martins




Se amo em demasia. O faço por saber que minhas pegadas logo, logo se apagaram. Não serão nem sobra do que já fui. Por isto, amo em demasia, choro em demasia, me alegro em demasia, entristeço-me em demasia, vivo em demasia.
A fugacidade da vida ensina a poucas pessoas a aproveitarem a viagem - Que pena -, e muitos se perdem em sua pequenez, em seus preconceitos, seus corações gélidos – Que triste -. Não ligo para os que só sabem se mal dizer da sorte. Não ligo para os que não sabem aproveitar o nascer do dia, um céu iluminado, um céu nublado, o cheiro da manhã, o nascer de mais uma vida, contemplar a poesia do dia a dia. Amar, amar, amar.


Se vivo, e viver é bom, mesmo quando choro;


 Se fico a andar ao leu e a sorrir de minhas limitações;


 Se caio e levanto, sem ter pena de mim;

Faço todas estas coisas, pois sei que um dia meu véu se rasgará, e então, poderei gritar, mesmo sem ser ouvido, gritar aos quatro cantos, para que todos os seres invisíveis do infinito possam se alegrar com meus gritos de: Vida! Vida! Carne Viva! Sangue vivo que me vez um bem, danado, por meu corpo, tolo, circular.            

Conheça mais sobre o escritor e poeta, autor do livro “O Lado Avesso”, acesse:

Um comentário:

Mirian Marclay Melo disse...

Uma feliz viagem pra vc Xará! O Paraná é mto bonito! Se vc puder vá ao VELHO MADALOSSO em Santa Felicidade -Curitiba! A Batel Grill tb é mto legal! No Alto da Glória tem uns barzinhos bacanas! Amanhã tem a Feira do Largo da Ordem! Se o tempo estiver bom, recomendo! Bjs!