segunda-feira, 14 de maio de 2012

Olá amigos, vamos ao começo de mais uma semana; que passe rápido!
Para quem gosta de fotografias, a Pinacoteca Benedicto Calixto traz para Santos a exposição “O Cavaleiro da Esperança”, que retrata a vida de Luiz Carlos Prestes. Veja também a biografia feita pelo escritor Jorge Amado sobre a vida de Prestes.
Se você gosta de contos de fadas, foram encontrados na cidade de Regensburg na Alemanha cerca de 500 contos de fadas inéditos que estavam guardados há cerca de 150 anos.
Será que exercícios podem aumentar a memória e o aprendizado? Leia mais sobre a pesquisa que está sendo realizada sobre isso.
Também tem lançamento do Livro O Baronato de Shoah e convite para o 28º Sarau dos Pensadores.
Por hoje é só. Até amanhã, e um grande beijo a vocês queridos leitores.
Aproveitem o dia.
Miriam

“O Cavaleiro da Esperança”
Exposição na Pinacoteca de Santos

A Pinacoteca Benedicto Calixto traz para Santos a exposição “O Cavaleiro da Esperança”, que retrata a vida de Luiz Carlos Prestes.
Fazem parte da mostra cerca de 40 fotografias sobre momentos da vida de Prestes que estarão expostas nos dias 18, 19 e 20 de maio, com apoio da Fams (Fundação Arquivo e Memória de Santos).
A exposição será aberta no dia 18, quando também haverá o relançamento do livro “Meu Companheiro – 40 anos ao lado de Luiz Carlos Prestes”, de Maria Prestes, viúva de prestes. O livro foi editado pela gráfica E-papers em português e espanhol.

Serviço:
Exposição O Cavaleiro da Esperança
Dias: 18, 19 e 20/5
Local: Pinacoteca Benedicto Calixto – Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, Boqueirão, Santos
Horário: de terça a domingo, das 9h às 18h
Telefone: (13) 3226-8000
Entrada franca

Livro: “Meu Companheiro – 40 anos ao lado de Luiz Carlos Prestes”
Relançamento: dia 18/5


Biografia de Prestes feita por Jorge Amado

O livro foi escrito pelo escritor Jorge Amado em 1942, durante a vigência da ditadura do Estado Novo, com o objetivo fundamental de servir à causa da anistia de presos (e exilados) políticos. O Cavaleiro da Esperança – Vida de Luiz Carlos Prestes circulou amplamente no Brasil, mesmo antes do lançamento de sua primeira edição em língua portuguesa, através da tradução em espanhol, publicada naquele mesmo ano.

O Cavaleiro da Esperança - a Vida de Luís Carlos Prestes
Autor: Amado, Jorge
Editora: Companhia das Letras
Categoria: Literatura Nacional / Biografias e Memórias

Sinopse:

Jorge Amado decidiu escrever a biografia de Prestes em 1941, como forma de pressionar pela libertação do líder revolucionário, preso desde 1936. Viajou então ao Uruguai e à Argentina, onde Prestes havia se exilado anos antes. Escrito em Buenos Aires, o livro foi publicado em 1942, em espanhol — e os primeiros exemplares eram negociados clandestinamente no Brasil. Até que a edição argentina também foi proibida e queimada por ordem do governo de Juan Domingo Perón. A primeira edição brasileira saiu em 1945. Com o golpe militar de 1964, o livro voltou a sumir das livrarias, e só reapareceu em 1979. Movido por esse espírito engajado, Jorge Amado narra os momentos mais dramáticos da trajetória de Prestes: a épica coluna que atravessou o Brasil entre 1924-27, o exílio, a tentativa frustrada de levante contra Getúlio Vargas em 1935, a prisão na solitária, a entrega de Olga Benário — grávida de Anita Leocadia, que escreve o posfácio desta edição — ao governo nazista, a campanha internacional de Leocadia, mãe de Prestes, pela libertação do filho e de Olga, e pela guarda da filhinha do casal.
---------------------
Contos de fadas inéditos

Foram encontrados na cidade de Regensburg na Alemanha cerca de 500 contos de fadas inéditos que estavam guardados há cerca de 150 anos. Os contos são parte de uma coleção de mitos, lendas e contos de fadas reunidas pelo historiador Franz Caver von Schönwerth (1810-1886) na região bávara de Oberpfalz na mesma época dos famosos irmãos Grimm.
Von Schönwerth passou décadas da sua vida entrevistando camponeses e trabalhadores rurais sobre hábitos, tradições, costume e história da região e transcrevendo tudo que lhe era contado. Seu trabalho foi tão meticuloso e impressionante que, em 1885, Jacob Grimm disse que não havia ninguém na Alemanha que fizesse esse trabalho de modo tão preciso e completo quanto von Schönwerth. Grimm chegou ao ponto de dizer ao Rei Maximilian II da Bavária que a única pessoa capaz de substituir o trabalho dele e de seu irmão era von Schönwerth.
O historiador reuniu toda a sua pesquisa em um livro chamado Aus der Oberpfalz – Sitten und Sagen, que foi publicado em três volumes em 1857, 1858 e 1859, caindo na obscuridade logo depois disso.
Dos 500 contos de fadas descobertos, alguns são totalmente inéditos. Outros são versões modificadas de contos famosos, como da Cinderela ou de Rumpelstiltskin.
--------------------
DE OLHO NA SAÚDE
Exercícios podem aumentar 
memória e aprendizado

Pesquisas apontam que tanto animais quanto pessoas se saem melhor em testes de cognição após várias semanas de exercício. Além disso, a longo prazo corrida e outros exercícios de resistência aumentam o número de neurônios em partes do cérebro ligadas à memória e ao aprendizado.
Ainda não se sabe, no entanto, como exatamente acontece esse processo. Cientistas do Laboratório de Nerociência do National Institute on Aging começaram recentemente a estudar esse mecanismo.
Segundo Henriette van Praag, pesquisadora que liderou o estudo, eles estavam interessados especificamente na hipótese de o gatilho do processo estar localizado em outra área que não o cérebro. Em entrevista ao New York Times, ela explicou que as células musculares respondem ao exercício liberando uma variedade de substâncias que resultam em músculos maiores e mais fortes. Algumas dessas substâncias poderiam entrar na corrente sanguínea e chegar ao cérebro, ela especula.
Para estudar o processo os pesquisadores tiveram que “falsificar” exercícios. Já que os autênticos são tão fisiologicamente complicados que é difícil isolar todos os componentes e verificar seus efeitos, a equipe utilizou drogas que induzem o mesmo efeito em músculos de animais sedentários. Uma das drogas utilizadas foi a Aicar, que aumenta a produção muscular da enzima AMPK, que afeta a energia celular e o metabolismo. Nos experimentos, camundongos sedentários que receberam a droga correram 44% mais em testes de esteira do que os que não a receberam. Já o GW1516, que também induz alterações bioquímicas nas células musculares, aumenta a resistência, essencialmente de animais que já fazem atividades físicas.
Utilizando as duas drogas em camundongos sedentários, os cientistas buscaram descobrir se as mudanças nos músculos iniciaram mudanças no cérebro. Eles concluíram que os animais se saíam melhor em testes de memória e aprendizado do que os animais de controle. Os camundongos que receberam Aicar obtiveram resultados mais acentuados. Os resultados da pesquisa foram publicados no periódico Learning and Memory. Devido ao fato de as duas drogas não atravessarem muito a barreira entre sangue e cérebro, Van Praag diz que “podemos ter uma boa confiança de que as mudanças que vemos estão relacionadas a reação muscular típica de exercícios e não a respostas cerebrais às drogas”.
---------------------
Lançamento de Livro

O Baronato de Shoah


O Baronato de Shoah – A Canção do Silêncio é o romance de estreia de José Roberto Vieira, uma emocionante aventura épica em um mundo fantástico e sombrio. Passado, presente e futuro se encontram com a cultura pop numa mistura de referências a animações, quadrinhos, RPG e videogames. 
Considerado o primeiro romance nacional pensado na estética steampunk, o mundo de O Baronato de Shoah une seres mitológicos como medusas e titãs a grandes inventos tecnológicos.

Saiba mais, acesse:
--------------------
28° SARAU DOS PENSADORES 
LANÇAMENTO E TARDE DE AUTÓGRAFOS






Nenhum comentário: