domingo, 22 de abril de 2012

Olá, hoje se comemora dois feriados, o Dia Mundial da Terra e o Dia do Descobrimento do Brasil, quando tudo começou... depois de 44 dias de viagem, no dia 22 de abril de 1500, a frota de Pedro Álvares Cabral vislumbrava terra firme. Os 13 navios ficaram reconhecendo a nova terra e seus habitantes, os índios. Era o início da história do Brasil. A carta de Pero Vaz de Caminha, enviada ao rei de Portugal, relatou detalhadamente o fato.
Pensando no Dia da Terra, eventos acontecem para marcar a data, com feira de orquídeas e atividade esportiva no Jardim Botânico Chico Mendes. Também um jornalista americano lançou um livro sobre o lixo.
Além disso, tem uma linda poesia de Mirian Melo no Cantinho da Poesia e eventos que acontecem em São Paulo – Feira Internacional de Arte -, e em Santos, na Baixada, com concerto gratuito na Pinacoteca Benedicto Calixto.
Você sonha com amores impossíveis? O nanoconto de hoje é sobre isso.
Bem, acho que é só. Amanhã tem mais.
Beijo grande,
Miriam


Nanoconto
Amor noturno
 
Toda noite a moça ficava à espera de seu grande amor noturno, que a qualquer momento despontaria em sua janela.
A vontade de sentir os lábios em seu pescoço durou até a última página do livro. 





------------------------
Evento em São Paulo
Feira Internacional de Arte

A 8ª edição da Feira Internacional de Arte acontece de 10 a 13 de maio no Pavilhão Ciccillo Matarazzo, em São Paulo, e bate seu recorde com 110 galerias, sendo 27 estrangeiras, ocupando três pisos do prédio da Bienal.
A edição deste ano inova com a criação de um projeto lançado em dezembro de 2011, chamado “Laboratório Curatorial”, que foi organizado pelo curador e ensaísta Adriano Pedrosa, co-curador da 27ª Bienal de São Paulo.
Outra novidade é o acordo feito com a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo. O Decreto isenta do ICMS as operações com obras de arte comercializadas na SP-Arte 2012, o que significa baixar aproximadamente de 43% para 15% os impostos sobre a importação. No Brasil, a taxação incide em cascata, o que faz com que a tributação chegue a mais de 50% sobre o valor das obras de arte. Evidentemente esses valores fazem com que galerias e colecionadores estrangeiros deixem de investir mais no mercado da arte brasileira.

Serviço
8ª Feira internacional de Arte
Local: Pavilhão Ciccillo Matarazzo 2222, Parque do Ibirapuera
Portão 3, São Paulo, Brasil
Dias e horários:
10 e 11 de maio / 14-22h
12 e 13 de maio / 12-20h
Ingressos:
Inteira R$ 30,00 – Meia entrada R$ 15,00
----------------------------
Lazer gratuito em Santos
Concerto na Pinacoteca 
Benedicto Calixto
Dois solistas da região são os destaques do concerto que o Quarteto Martins Fontes realiza hoje, às 17h, na Pinacoteca Benedicto Calixto. Éder Crispim (fagote) e André Farias (flauta) acompanham o grupo em composições escritas originalmente para esta formação. 
O programa começa com obras do autor italiano Antônio Vivaldi (1678 – 1741): concertos 8 e 11 ‘Lestro Armônico op. 3’. Em seguida, será a vez do grupo tocar ‘Quarteto nº 2 em Fá Maior para fagote e cordas’, do francês François Devienne (1759 – 1803), com solo de Éder Crispim. 
Ao fim da apresentação, o conjunto interpreta ‘Quinteto nº 1 e 6 op. 25 para flauta e cordas’, do artista italiano Luigi Boccherini (1743 – 1805), com participação de André Faria. 
Ambos são músicos da Orquestra Sinfônica Municipal de Santos e desenvolvem projetos artísticos paralelos, que promovem o repertório de instrumentos de sopro, além de atuarem como professores em cidades da região.
Serviço
Concerto na Pinacoteca Benedicto Calixto
Horário: 17 horas
Endereço: Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, Boqueirão, Santos
Telefone: (13) 3226-8000
Entrada franca

Fonte: Diário Oficial de Santos
-------------------------
CANTINHO DA POESIA

Noite das Flores VII
Mirian Marclay Lemos Melo


Muito antes que a noite termine,
Que a aurora nossos paços ilumine
A lua nua no céu me exalta.
Que sintas minha falta, ainda que o desejo nos pertença e
Que te amargue a saudade e que me queiras sentença
Arranca-me do peito e me replanta...
Recolhe minhas sementes como pérolas, pois sou finita!
Esmoreço!
De amar intenso padeço!
Levo contigo ao profundo de mim o teu perfume,
Roubei-o confesso...
E escrevi à flor da pele teu toque, teu cheiro 
Antes que a paixão se desfizesse
E desse encanto não fosses mais meu jardineiro...


Conheça a poetisa, acesse: www.lirismoflordapele.blogspot.com
------------------------
Hoje é o Dia Mundial da Terra
O Dia da Terra foi criado pelo senador norte-americano Gaylord Nelson em 1970, com o intuito de conscientizar a população sobre os malefícios da poluição do ar, da água e do solo.
Comemoração no Jardim Botânico de Santos
O dia é comemorado hoje no Jardim Botânico Chico Mendes, em Santos, com oficina de dança circular “Diversidade: expressão máxima da vida”, das 9h30 ás 11h30, sob coordenação de Sandra Regina Pardini Pivelli, bióloga do parque. Os interessados devem comparecer com roupas e sapatos confortáveis.
Feira de Orquídeas
Como parte do programa de comemoração ao Dia Mundial da Terra, no Jardim Botânico Chico Mendes, em Santos, acontece a Feira de Orquídeas, das 8h às 18h.
Estarão expostas várias espécies híbridas (nacionais e estrangeiras), entre as quais vanda azul e amarela, e com aroma de chocolate.
Além das flores, no local você encontra vasos plásticos, adubos orgânicos e químicos, caixetas e substrato adequado para as plantas.
Isso além de contar com o serviço SOS Orquídeas, que dá informações sobre plantio, cultivo, quantidade de água, exposição ao sol, prevenção e controle de pragas e manutenção geral de orquídeas.

Serviço
Jardim Botânico Chico Mendes
Local: Rua João Fraccaroli, s/nº, Zona Noroeste, Santos
Telefone: (13) 3299-7878
Horário: das 8h às 18h
Entrada gratuita

Livro
Nosso Caso de Amor com o Lixo

As sociedades industriais dos países desenvolvidos são as maiores geradoras de lixo do mundo; seus tentáculos de lixo alcançam todos os cantos da Terra. O lixo, quase que por definição, é algo que a maioria das pessoas escolhe não pensar muito a respeito. Mas Edward Humes, um jornalista americano, é fascinado pelo assunto. “Garbology” é a sua tentativa de atribuir sentido a nossa inédita disposição de jogar as coisas fora.
O livro começa no aterro de Puente Hills, uma montanha artificial nos arredores de Los Angeles. Com 30 anos de idade, 150 metros de altura e contendo 130 milhões de toneladas de lixo em uma área de 283 mil hectares, este é o maior lixão dos Estados Unidos. Caso fosse um prédio estaria entre os 20 prédios mais altos da cidade. A arte de construir uma montanha de lixo é supreendentemente high-tech. A montanha é um gigantesco bolo de camadas putrefato, com dezenas de camadas de lixo separadas por terra e lonas de plástico projetadas para conter a infusão de produtos químicos nocivos que do contrário contaminariam lençóis freáticos. O chorume produz metano, que é coletado através de uma rede de tubulação que transfixa a montanha e queimado para produzir eletricidade.
Uma leitura estimulante e diferente.





Nenhum comentário: