quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Fora do Paraíso, livro 

de Marcos Martins


Olá queridos amigos, final de semana se aproximando, muito bom hoje já ser quinta-feira!
Meu amigo jornalista Marcos Martins lança “Fora do Paraíso”, seu novo título. Interessados, tem capítulos gratuitos, basta acessar o link.

Sinopse:
Lázaro é um jovem de vinte e poucos anos, estudante de História, que tenta viver normalmente após um acidente de carro que matou seus pais quando ele ainda era criança.
Depois do acidente, o ainda garoto Lázaro passa a ser criado por seu tio Paulo, um homem bom e trabalhador, dono de uma loja de ferramentas que vende de serrotes à serras-elétricas e muitos parafusos.
Os anos passam, mas Lázaro não consegue esquecer a noite do acidente, pois estava dentro do carro e, milagrosamente, foi o único sobrevivente. Sua namorada, Ainá, uma doce e forte garota e seus amigos Thiago, um promissor matemático e cético que só confia nos números; Caio, um hipocondríaco incurável; Adriele, a intelectual da turma e Gabriel; estudante de Filosofia que acredita não estarmos sós no universo, preenchem a solidão de Lázaro. Eles têm uma conexão tão forte que ninguém consegue entender, se sentem mais que irmãos e não conseguem lembrar muito bem quando essa amizade tão profunda começou.
Lazaro tenta levar a vida de forma normal, mas estranhos fenômenos começam acontecer em sua casa, então Gabriel o apresenta ao senhor Gildo, um veterano de guerra que parece ter todas as respostas para o que está acontecendo, mas nem sempre estamos prontos para a verdade. Lázaro e seus amigos nem imaginam que estão prestes a iniciar uma odisseia, cheia de intrigas, rebeliões e descobertas que irão mudar, para sempre, a História da Humanidade, de todo o universo que os seres humanos acreditam conhecer, mas que na verdade nem na ponta do iceberg estão, porque, icebergs não existem.

Marcos Martins
Marcos Martins é poeta e escritor pernambucano, nasceu na cidade de Recife, formado em Jornalismo, começou sua carreira compondo para sua banda de Rock, foi aí que se descobriu poeta e mais tarde escritor.
Está com seu primeiro livro lançado pelo Clube de Autores, o Fora do Paraíso, uma ficção cientifica cheia de mistérios e surpresas inesquecíveis.


Acesse o Clube de Autores:

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Leia Mulheres - Marina Colasanti


Bom dia queridos amigos, evento interessante acontece hoje, e quem quiser participar, a entrada é gratuita.
Abraços,

O encontro do Clube de Leitura, organizado por Literatura News debate o livro de contos "Com certeza tenho amor", da escritora Marina Colasanti.
A atividade acontece nesta quarta-feira, dia 22/11, às 19h30, na Golden Square Shopping.


Serviço:
Leia Mulheres – Clube de Leitura
Quando: quarta-feira, dia 22/11, às 19h30
Local: Golden Square Shopping – Av. Kennedy, 700, São Bernardo do Campo
Mais informações: (11) 3135-4000

Marina Colasanti
Marina Colasanti nasceu em 1937 na cidade de Asmara, capital da Eritreia. Residiu posteriormente em Trípoli, na Líbia, mudou-se para Itália e, em 1948, transferiu-se com a família para o Brasil, onde vive até hoje na cidade do Rio de Janeiro. É casada com o também escritor Affonso Romano de Sant'Anna e tem duas filhas, Fabiana e Alessandra Colasanti.
De formação artista plástica, ingressou no Jornal do Brasil, dando início à sua carreira de jornalista. Desenvolveu atividades em televisão, editando e apresentando programas culturais. Foi publicitária. Traduziu importantes autores da literatura universal.
Seu primeiro livro data de 1968. Hoje são mais de cinquenta títulos publicados no Brasil e no exterior, entre os quais livros de poesia, contos, crônicas, livros para crianças e jovens e ensaios sobre os temas literatura, o feminino, a arte, os problemas sociais e o amor.
É uma das mais premiadas escritoras brasileiras, detentora de vários prêmios Jabutis, do Grande Prêmio da Crítica da APCA, do Melhor Livro do Ana da Câmara Brasileira do Livro, do prêmio da Biblioteca Nacional para poesia, de dois prêmios latino-americanos. Foi o terceiro prêmio no Portugal Telecom de Literatura 2011. Tornou-se hors-concours da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), após ter sido várias vezes premiada.


Fonte: Biografia

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Curso: Poesia Brasileira de Invenção: do Modernismo à Poesia Concreta

Bom dia queridos amigos,no Cantinho da Poesia destaco hoje curso sobre o tema na Casa das Rosas.

São Paulo e a Literatura na Casa das Rosas, curso gratuito: Poesia Brasileira de Invenção: do Modernismo à Poesia Concreta por Omar Khouri, nos dias 21, 22 e 24/11, às 19h.
Relacionados ao conteúdo da exposição Transformações, os três cursos abordarão diferentes períodos da história literária e cultural de São Paulo. 
Abordagem, a partir de considerações de Ezra Pound, Roman Jakobson e Haroldo de Campos, da poesia brasileira mais empenhada na pesquisa e na experimentação, do primeiro Modernismo à Poesia Concreta. O curso buscará compor uma antologia de criações norteadas pelo rigor, realizando análise dos poemas, e tratará do universo dos livros e revistas que veicularam esse tipo de produção textual. 

Inscrições:

Presencialmente na recepção da Casa das Rosas, até o preenchimento das vagas.
É necessário confirmar a inscrição frequentando a primeira aula de cada curso. Faltar na primeira aula implica o desligamento automático do aluno.

Serviço:
Poesia Brasileira de Invenção: do Modernismo à Poesia Concreta
Quando: dias 21, 22 e 24/11, às 19h
Local: Casa das Rosas: Av. Paulista, 37, Bela Vista, São Paulo
Mais informações: +55 (11) 3285-6986/3288-9447

Casa das Rosas

A Casa das Rosas promove o conhecimento, a difusão e a democratização da poesia e da literatura, incentivando a leitura e criação artística por meio de cursos, oficinas de criação e crítica literárias, palestras, saraus, peças de teatro, exposições ligadas à literatura etc. A Casa das Rosas é uma instituição da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo administrada pela Poiesis.




domingo, 19 de novembro de 2017

Curta Lunatique é gravado em Santos

Olá meus amigos, excelente domingo a todos nós.
Vejam que interessante, o curta-metragem Lunatique foi gravado no Porto de Santos.

O curta-metragem de ficção científica do paulistano Gabriel Kalim Mucci foi gravado na Cidade em 2012 e está disponível na internet, depois de rodar por 20 festivais nacionais e internacionais. 
Em quase 15 minutos de duração, a produção conta a história de uma sobrevivente (Lila Guimarães), que mora sozinha numa espécie de bunker. Sua única companhia é a de uma fuinha, presa em uma gaiola. 
A ação começa quando a personagem veste uma roupa que está mais para uma armadura, pega as armas e sai do bunker. Aí é que o diretor e roteirista Gabriel Mucci mostra toda a sua capacidade de recriar mundos por meio do cinema. Santos está quase irreconhecível, salvo algumas referências que são muito caras, como a torre da Bolsa Oficial do Café, na Rua XV de Novembro.


Prêmios
Feito de maneira independente, por meio de parcerias e colaborações, Lunatique foi finalizado em outubro de 2016 e convidado a participar do maior festival de cinema fantástico do mundo, em Sitges, Espanha.
Recebeu Menção Honrosa no Rio Fantastik Film Festival, realizado no começo de novembro; o prêmio de Melhor Curta Fantástico no Festival de Cinema Latino Americano de La Plata; e o prêmio de Melhor Fotografia de Curta pela ABC (Associação Brasileira de Cinematografia).

Trabalhos de Gabriel Kalin:



sábado, 18 de novembro de 2017

Lançamento da Baiacu com desenho ao vivo e autógrafos


Um livro, uma residência artística, uma experiência estética. A Baiacu marca o retorno de uma das mais lendárias parcerias do quadrinho brasileiro. Durante duas semanas, dez artistas selecionados por Angeli e Laerte Coutinho trabalharam juntos para conceber e criar este livro.
Um retrato, ainda que levemente desfocado e anárquico, do que há de melhor no quadrinho brasileiro.



Serviço:
Lançamento da Baiacu – entrada gratuita
Quando: neste sábado, dia 18/11, das 15h às 18h
Local: Sesc Ipiranga – Rua Bom Pastor, 822, São Paulo
Programação:
15h - Desenho ao vivo com Rafael Coutinho, Juliana Russo e DW Ribatski.
19h - Lançamento e sessão de autógrafos com Laerte, Rafael Coutinho e demais artistas

Mais sobre a revista:





quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Palestra na Realejo Livros
O exercício do filosofar e as questões cotidianas

A Editora FiloCzar, o Instituto Interseção e Realejo Livros convidam para a palestra “O exercício do filosofar e as questões cotidianas”, com Monica Aiub.

Diante dos incômodos da existência, muitas pessoas buscam soluções na farmácia ou no consultório médico, desejando respostas rápidas para seus problemas existenciais. Longe dos modismos que oferecem “pílulas de filosofia”, prometendo resolver os problemas, pode a filosofia nos auxiliar a repensar a existência, a nos apropriarmos de um conhecimento sobre nós mesmos e sobre o mundo em que vivemos, a fim de construirmos novos modos de viver?



A santista Monica Aiub, filósofa clínica, doutora em Filosofia pela PUC-SP, responsável pelo Interseção – Instituto de Filosofia Clínica de São Paulo, autora de livros e artigos em Filosofia, apresentará sua trajetória de estudos, pesquisas e trabalhos em Filosofia Clínica, atuando no consultório de Filosofia e desenvolvendo pesquisas em interface com a Filosofia da Mente e a Neurociência.

Como destaque de sua apresentação, sua publicação mais recente: Peirce e a neurociência do século XXI: Reflexões sobre filosofia e medicina, da Editora FiloCzar.

Serviço:
Palestra “O exercício do filosofar e as questões cotidianas”, com Monica Aiub
Quando: nesta sexta, dia 17/11,às 19h30

Local: Realejo Livros  - Av. Mal. Deodoro, 2, Gonzaga, Santos
Entrada Franca
Informações: (13) 3289-4935

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

15ª edição do Festival 
de Cinema Curta Santos

Olá meus amigos, excelente feriado a todos nós.
Para quem gosta do Curta Santos, vá se programando, pois a 15ª edição começa nesta sexta (17).
Abraços,
Míriam



A 15ª edição do festival de cinema Curta Santos começa a partir desta sexta-feira (17/11) e até o dia 23, diversos pontos de Santos e Cubatão serão ocupados com exibições de filmes, oficinas e apresentações musicais. 
A abertura do evento, com o tema "Tabu", acontece às 16h, no Parque Municipal Roberto Mário Santini, no Emissário Submarino, no José Menino, na orla da praia de Santos (canal 1).
Entre as atrações previstas para a abertura estão aulas abertas de yoga e parkour e feira com Encontro dos Criadores (16h); intervenção artística do coletivo de hip hop Dinamick Breaks, que comemora 25 anos de existência (17h); Show da Banda Querô, em homenagem aos 15 anos do Instituto Arte no Dique (18h); Mostra internacional de videodança com a Cia Etra (18h30); Bateria da Escola de Samba União Imperial (19h30) e Quarteto de Cordas Martins Fontes: Trilhas & Temas (20h).
Até o dia 23, o evento conta com ampla programação.

Acompanhe no site do evento:


Fonte: Curta Santos e jornal A Tribuna

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Bate-papo Liga da Justiça: 
Enfim, as lendas reunidas

Bom dia amigos, preparados para mais um feriado? Eu sim, embora fique com o celu do plantão imprensa, mas tudo bem, faz parte da profissão.
Recebi convite de meu amigo jornalista e crítico de cinema para participar deste evento e disponibilizo a quem tiver interesse, abraços,
Míriam


O bate-papo Liga da Justiça acontece nesta terça-feira, dia 14/11, das 19h30 às 20h45, no Roxy Premium Lounge by Cozinha Zero Treze, em Santos.
Tendo em vista a estreia da Liga da Justiça Filme no Roxy, o Roxy Premium Lounge by Cozinha Zero Treze realiza, no projeto Cinema Expresso, esse encontro.
O evento conta com Alexandre Fidélis Martuscelli e Rodrigo Piovezan, da Santos Comic Expo, Henrique Heo, um dos maiores colecionadores do país, e André Azenha, crítico de cinema e jornalista, que falam sobre o grupo de heróis da Terra.
A atividade conta ainda com sorteio de brindes, como álbuns de figurinhas da Liga, cortesia da HEO Design. O sorteio valerá para quem consumir no mínimo R$ 20 durante o debate. O Roxy Premium Lounge fica na Avenida Ana Costa, 465, primeiro piso do Pátio Iporanga.

A pré-estreia do filme acontece de terça pra quarta, à 0h01, no Roxy 5.

Ingressos à venda: 
http://cineroxy.com.br/filme/liga-da-justica-pre-estreia

Liga da Justiça, o filme:
Alimentado por sua fé restaurada na humanidade e inspirado pelo ato de altruísmo de Superman, Bruce Wayne busca a ajuda de sua nova aliada, Diana Prince, para encarar um inimigo ainda maior. Juntos,
Batman e Mulher-Maravilha trabalham rapidamente para encontrar e recrutar um time de meta-humanos para encarar essa ameaça recém-desperta. Mas apesar da formação dessa liga sem precedentes de heróis - Batman, Mulher-Maravilha, Aquaman, Ciborgue e Flash - talvez seja tarde demais para salvar o planeta de um ataque de proporções catastróficas. O filme tem estreia prevista para 15 de novembro de 2017 nos cinemas brasileiros. 


 Trailer:


Serviço:
Bate-papo Liga da Justiça - Enfim, as lendas reunidas
Quando: dia 14/11, das 19h30 às 20h45
Local: Roxy Premium by Cozinha Zero Treze- Avenida Ana Costa, 465, primeiro piso do Shopping Pátio Iporanga, Gonzaga, Santos (estacionamento pago no local)
Mais informações: (13) 3877-6742 

segunda-feira, 13 de novembro de 2017


Rústica, de Florbela Espanca

Bom dia e bom início de semana a todos nós, com direito a mais um feriado!
E nesta segunda, no Cantinho da Poesia, vamos recordar Florbela Espanca, autora que faz parte da coletânea de poesias portuguesas.


Ser a moça mais linda do povoado. 
Pisar, sempre contente, o mesmo trilho, 
Ver descer sobre o ninho aconchegado 
A bênção do Senhor em cada filho. 

Um vestido de chita bem lavado, 
Cheirando a alfazema e a tomilho... 
- Com o luar matar a sede ao gado, 
Dar às pombas o sol num grão de milho... 

Ser pura como a água da cisterna, 
Ter confiança numa vida eterna 
Quando descer à "terra da verdade"... 

Deus, dai-me esta calma, esta pobreza! 
Dou por elas meu trono de Princesa, 
E todos os meus Reinos de Ansiedade. 

Florbela Espanca

Florbela Espanca (1894-1930) foi poetisa portuguesa, autora de sonetos e contos importantes na literatura de Portugal. Foi uma das primeiras feministas de Portugal. Sua poesia é conhecida por um estilo peculiar, com forte teor emocional, onde o sofrimento, a solidão, e o desencanto estão aliados ao desejo de ser feliz.
Florbela Espanca (1894-1930) nasceu na vila de Viçosa, Alentejo Portugal, no dia 8 de dezembro de 1894. Filha de Antónia da Conceição Lobo, que faleceu em 1908. Florbela é então educada pela madrasta Mariana e pelo pai, João Maria, que só a reconheceu como filha depois de sua morte. Estudou no Liceu, em Évora, concluindo o curso de Letras. Seu primeiro poema é escrito em 1903 “A Vida e a Morte”. Atuou como jornalista na publicação Modas & Bordados e na Voz Pública, um jornal de Évora.

Florbela d'Alma da Conceição Espanca tem hoje seus versos admirados em todos os cantos do mundo, diferentemente do que aconteceu quando ainda viva, época em que foi praticamente ignorada pelos apreciadores da poesia e pelos críticos de então. Os dois livros que publicou, por sua conta, em vida, foram "O Livro das Mágoas" (1919) e "Livro de "Sóror Saudade" (1923). Às vésperas da publicação de seu livro "Charneca em Flor", em dezembro de 1930, Florbela pôs fim à sua vida. Tal ato de desespero fez com que o público se interessasse pelo livro e passasse a conhecer melhor a sua obra. Dizem os críticos que a polêmica e o encantamento de seus versos é devido à carga romântica e juvenil de seus poemas, que têm como interlocutor principal o universo masculino.